As moscas venceram!

Tem sido notícia de abertura dos jornais o problema que parece existir com os tribunais. Já se imaginava que a confusão fosse grande e acreditamos que, dentro de pouco tempo, todos começarão a sentir os efeitos do que se tem ouvido nas notícias no que diz respeito às reclamações. Já sabíamos que havia serviços que…

Veja mais

Ainda nada!

O prazo para reclamação das propostas que não foram aceites do OP está a decorrer (pela informação que consta no site do OP está desde a meia noite) e ainda não há quem tenha recebido o que quer que seja! Assim é fácil não haver quem reclame! Curiosamente, em Leiria tudo está disponível para consulta…

Veja mais

Bronca no ACM

Desde há muito que se sabe que as coisas não andam bem no ACM mas desta vez o limite foi ultrapassado. Apesar de amanhã o assunto não dever ser discutido em reunião das quintas-feiras, soubemos que o ACM pediu ajuda à câmara. A ajuda traduz-se na concessão de um apoio que deverá ser na ordem…

Veja mais

A decisão

Amanhã, de acordo com a informação que está no site do OP, começa o período de reclamação. Pareceu-nos apropriado transcrever o texto referente à decisão que aprovou o respectivo regulamento. “73 – PROJETO DE REGULAMENTO DO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO DE 2014 Quando se entrou neste ponto, o Sr. Presidente levantou a questão legal da proposta apresentada…

Veja mais

(e)Ventos de Mudança

Numa altura em que nada se vê acontecer, temos conhecimento que hoje irá ter lugar uma reunião com os comerciantes locais que pretende dar nova dinâmica à terra. Com o nome de “(e)Ventos de Mudança“, a ACIMG parece querer dar uma machadada no marasmo que tem existido, dando início a uma série de eventos, com…

Veja mais

Nada mudou

À medida que os dias vão passando e nos vamos apercebendo do que vai acontecendo na terra, a conclusão a que se chega é que os eleitos são pessoas com sorte. Não porque consigam ter grande rendimento do lugar que ocupam ou porque daí tirem vantagens pessoais – que acreditamos que nenhum esteja lá para…

Veja mais

Não bate certo!

Ainda a propósito do OP, depois de lermos a informação que está na página criada para o efeito, há um aspecto que nos parece não fazer sentido. O regulamento prevê a possibilidade de ser apresentada reclamação do que foi decidido pela comissão técnica mas nada diz sobre quem tem por função apreciar as reclamações. Na…

Veja mais

Onde anda a lista?

Fomos dar uma vista de olhos ao que diz o regulamento que define as regras referentes ao Orçamento participativo. De acordo com a informação que é avançada no site do OP, o período de análise pela tal comissão que ninguém sabe por quem é composta, terminou no dia 29 do mês passado (sexta-feira). Diz o…

Veja mais

As propostas do OP

Acabou a fase de apreciação, pela comissão nomeada pelo Álvaro – que os munícipes não sabem como é composta -, das propostas que foram apresentadas no âmbito do Orçamento Participativo. Não somos como alguns que, não fazendo parte do executivo, sabem quais as propostas que foram apresentadas – o que só por si revela uma…

Veja mais

Cartões de visita

Numa altura em que as notícias voltam à antiga vidreira pelas más memórias que tem para muitos e pelo que ali aconteceu, recordamo-nos do que há dias foi falado na reunião de câmara sobre o perigo que aquelas instalações representam para quem ali passa. Não sendo responsabilidade directa da câmara o abandono que ali se…

Veja mais

Só um sorriso…

Ainda um pouco em choque depois de lermos a Revista Municipal, tentámos imaginar o que seria se tivéssemos um Presidente de Câmara que não aparecesse na fotografia a olhar os munícipes como se estivesse num pedestal, olhando-os para baixo. É assim que aparece na fotografia e, apesar de não se poder ver nas caras o…

Veja mais

Mudança para onde?

Estamos no final do mês e saiu agora a Revista Municipal de Agosto. Ainda pensámos que a revista pudesse fazer uma compilação do que aconteceu durante o mês aqui na terra mas, como nada aconteceu, não é de estranhar que a capa tenha coisas passadas! A revista de Agosto vem com o que aconteceu noutros…

Veja mais

Regresso de férias

Regressados de férias, fomos dar uma volta pelo concelho para vermos o que, numa semana, tinha mudado. A resposta foi simples de obter. Não mudou nada. Tínhamos a esperança de que o tempo que estivemos fora nos pudesse dar uma visão diferente quando regressássemos mas rapidamente a perdemos. Bem lá no fundo a esperança que…

Veja mais

Porta fechada

Quando se quer passar um Domingo longe da praia, porque há mais gente ou apenas porque não apetece estar na areia, nada como ir visitar o que a terra tem para oferecer. Museus; exposições; construções novas; ver o cubo de vidro e o que nele está em exibição. É isto que quem habita na terra…

Veja mais

Design em S. Pedro

Ontem apareceram nos outdoors da terra os cartazes que anunciam o evento do design. Apesar do que foram as discordâncias dos empresários quanto à designação do evento e da própria marca, a câmara levou a sua avante e temos que reconhecer que tem razão. A terra é um marco do design a nível nacional! Onde…

Veja mais

Acessos às praias

Há dias tínhamos usado esta foto para convidar as pessoas a visitarem a Praia da Concha. Ouvimos há pouco nas notícias que hoje houve quem tenha tido problemas no mar. Estamos longe e não conseguimos ainda saber como decorreu o salvamento mas estamos a imaginar o que terá sido o trabalho dos socorristas ao terem…

Veja mais

São “Álvaro” Zeferino

Já muitas vezes lemos argumentos que não têm pés nem cabeça para justificar o que é difícil. Ainda que haja quem defenda a sua presença na terra, é generalizado o sentimento de que a presença de membros de etnia cigana aqui, sem que se tenham ajustado minimamente às regras normais de convivência em sociedade, é…

Veja mais

Algo não bate certo!

Foi ontem anunciado que, pelo quinto ano, a câmara vai fornecer os livros às crianças do primeiro ciclo. Uma vez mais se coloca a questão de saber se a medida é justa uma vez que não distingue os que precisam dos que não necessitam de apoio e que poderia permitir aumentar a ajuda a quem…

Veja mais

Estrada Arco Iris

Na reunião da semana passada o Santos foi um dos que também falou pelos cotovelos. Uma das situações que chamou a atenção foi para o estado em que se encontra a estrada para S. Pedro. As raízes fazem com que andar por ali tenha que ser feito com imenso cuidado. Sugeriu, pareceu-nos que em tom…

Veja mais

Porque no te callas!

A semana passada, na reunião de câmara, um munícipe foi alertar para o facto de existir um terreno que, sendo propriedade da câmara, foi vedado por um particular que deve achar que o terreno é seu. A reacção foi a esperada: não foi dada atenção. Mania que alguns munícipes têm de ir chamar a atenção…

Veja mais

Levantar do muro

A imagem faz parte dos arquivos da nossa história, daquela que não queremos lembrar mas que nunca deveremos esquecer. A construção do muro da vergonha, aquele que separou um povo. Hoje há-os a serem construídos em Gaza. Vergonha atrás de vergonha. Estas separações mostram que não estamos minimamente ajustados a viver com a diversidade. Se…

Veja mais

Um brinde

Estamos de férias. Merecidas ou não, estamos longe do que se passa na nossa terra. Pusemo-nos a pensar no que têm sido estes anos. Discordamos do que achamos errado e, sem olhar a quem, dizemo-lo. Estamos a saborear um excelente por do sol, a comer uns biqueirões e conquilhas e a pensar que há, no…

Veja mais

A importância das receitas

Quando se vê o que é o aproveitamento que algumas câmaras fazem das potencialidades do turismo, não podemos deixar de fazer algumas comparações com o que temos na terra. Por onde andamos, as empresas que se dedicam ao desenvolvimento do turismo têm apoios das câmaras. Os próprios turistas são beneficiados em termos de impostos quando…

Veja mais

Homem bala

Quando se fala dos políticos comete-se às vezes o erro de pensar que eles são pessoas bem instruídas e com conhecimentos. Erro enorme! Talvez porque na terra está um circo – no mesmo sítio onde há meses o Álvaro achava que era impróprio para estar um em funcionamento – que tem como atracção um “homem…

Veja mais

Destino

Os Portugueses até são boas pessoas. Não reclamam; trabalham (em especial quando emigram); pagam impostos (quando não arranjam forma de fugir); elegem incompetentes para os governar; quando têm oportunidade; reelegem os mesmos ou outros da mesma laia; gostam de fado e futebol; endividam-se para passar férias e ter um carro de grande cilindrada é sinal…

Veja mais

Adivinharam!

Há uns meses lemos isto. Meses depois, quando já se sabe qual a intervenção que tem tido, a quantidade de ausências, o facto de nada mais ter surgido por sua iniciativa e do papel apagado e pouco consequente que tem tido, nas poucas vezes que aparece, temos que concluir que afinal há quem saiba adivinhar…

Veja mais

Queixa e o óbvio

Hoje o PCP saiu com uma previsão que deixou todos surpreendidos. Prevêem que o BPN nos vai custar mais dinheiro! Depois do muito que já se sabe, fazer uma previsão destas, depois do que foi o relatório do TC, é, sem dúvida, algo que nem a Alexandra Solnado conseguiria fazer. Até entendemos que possam querer…

Veja mais

Bom e mau

Com o que se passou, e está a passar, no BES, não há quem não fale no “banco bom” e “banco mau”. A ideia de mau ficou associada à parte sombria que envolveu aquela instituição. Isso levou-nos a pensar se na câmara não haverá também uma parte boa e uma parte má! Quem serão os…

Veja mais

Turista por acaso.

Hoje tentámos por-nos na pele do Vítor. Responsável como é pelo entretenimento aqui na terra, tentámos fazer o que ele faria num dia de domingo, em pleno mês de Agosto. Tal como ele, começamos a manhã a dar uma volta pelos parques. Num, ainda em obras, fomos fazer a contagem das árvores que sobreviveram ao…

Veja mais

Banco mau

Com o Espírito Santo na ordem do dia, fomos ver até que ponto isso poderia estar a afectar aqui a terra. Demos, por isso, uma volta pelos parques e apercebemo-nos que as ramificações do que está a acontecer a nível nacional tem reflexos por cá. Aqui começa, desde logo, pelo que se consegue ver nos…

Veja mais

Tristeza

Quando hoje passámos pelo centro tradicional e vimos o estado em que estão alguns dos edifícios, começamos a imaginar como seria se também o edifício da câmara estivesse à imagem do que se vê em redor. Claro que exagerámos na imaginação porque árvores seria algo que nunca ali existiria mas não deixa de continuar a…

Veja mais

Apoio a animais

Tivemos conhecimento que os animais em risco têm mais um local para os proteger. Apesar de não ter sido divulgado o seu aparecimento, desde Março que um grupo de pessoas está a encabeçar um novo projecto. Depois de se terem afastado da APAMG, pelo que soubemos por não estarem de acordo com muito do que…

Veja mais