A bola do Costa

Sabe-se hoje que o PS encontrou a fórmula mágica para dar a volta ao país. Sem que se saiba ainda de que bola mágica saíram os números que agora são indicados como sendo a salvação para o país, as propostas assentam, todas elas, num cenário de crescimento da economia. Já se ouviram comentários contra e…

Veja mais

Contas aprovadas

Apesar de ter havido reunião na passada semana, ontem os vereadores voltaram a reunir, desta vez à porta fechada. Pouco se sabe do que aconteceu lá dentro mas em causa estava a assinatura das contas para que possam ir ser apresentadas na Assembleia Municipal. Uma vez mais fica sem se entender a razão de não…

Veja mais

Esquecido

Falecido há dias, é já notícia o facto de em Lisboa quererem dar o seu nome ao Pavilhão do Conhecimento. Depois de lermos a notícia veio-nos à memória alguém que, tanto quanto recordamos, nunca foi lembrado por aqueles que mandam. Na semana em se celebra mais um aniversário da revolução de Abril é incontornável não…

Veja mais

Protecção das crianças

Quem ontem teve interesse em ver o programa que passou na televisão sobre as crianças, teve oportunidade de ver a Cidália. Não se pode dizer que tenha dito muita coisa ou de grande interesse mas, do que disse, podem destacar-se alguns aspectos. Ficou-se a perceber que as comissões de protecção de crianças “funcionam de um…

Veja mais

Por cima!

Desde que se soube da intenção da Alexandra de poder vir a ser a candidata às próximas eleições por parte do PCP que se tem notado que existe uma preocupação em ter maior visibilidade. Não há festa onde não esteja e apesar de não comparecer em todas as reuniões, não falta onde pode ser vista.…

Veja mais

“Já não é comigo”

Na reunião da semana passada o Aurélio voltou a afirmar que se o Vicente não fosse vereador, não o quereria como empregado. Dito assim pode parecer algo desprovido de sentido mas entende-se quando visto numa lógica empresarial. Claro que uma câmara não é uma empresa e não terá que ser gerida exactamente como se fosse…

Veja mais

Espaço do mercado

No final do ano o Álvaro deu a conhecer que depois do Natal o assunto do mercado iria a discussão pública. A ideia com que ficámos foi a de que iriam estar em aberto todas as possibilidades e que não seriam apresentadas soluções redutoras. Não será assim! O Álvaro deu há dias a conhecer que…

Veja mais

As crianças

A intenção do Governo de retirar apoio técnico das comissões de protecção de crianças e jovens tem gerado alguma indignação. Toda é pouca mas não é nada a que o Governo não nos tivesse já habituado. Aos poucos vão sendo retiradas valências essenciais, sem olhar a meios para atingir um fim. A esse propósito o…

Veja mais

Soninho

É provável que a reunião de hoje tenha ficado mais animada à medida que ia decorrendo para que o Álvaro não adormecesse de vez. Ainda começámos a contar as vezes que bocejava mas começámos a ficar cansados de tanto contar! Já é conhecido o cansaço que ele tem mostrado ultimamente e algum do desanimo que…

Veja mais

As festas

A pouco mais de um mês do início da segunda edição das Festas da Cidade, começam a ouvir-se alguns nomes que poderão integrar a lista dos que actuarão. Nomes como os D.A.M.A. ou o João Só são já falados como estando assegurados. Se assim será ou não, ainda não sabemos. Como ainda nada se sabe,…

Veja mais

Exclusividade

Não foi apenas uma as vezes que encontramos divulgação de eventos que nada têm a ver com a câmara por quem dela faz parte. Sendo algo que nos parece ir contra a lógica, tanto mais que é susceptível de poder levar a suspeições desnecessárias, fomos tentar saber se o que parece ser incorrecto o é.…

Veja mais

Candidato nos pastéis

Ontem ficou-se a saber que o Henrique, se for eleito, irá aos Pastéis de Belém! Dito assim parece não ter muito significado mas foi a afirmação que mais se destacou na entrevista que deu. Ontem, num programa de fraca qualidade e com um entrevistador medíocre, o Henrique foi protagonista de um espectáculo ao qual não…

Veja mais

Os popós

Aqueles que são empregados e que têm a possibilidade de ter carro da empresa à disposição para o seu transporte pessoal são pessoas com sorte. Não ter que usar o seu próprio carro para ir de casa para o trabalho e dali para casa é uma vantagem que algumas empresas dão. Traduz-se num encargo para…

Veja mais

As quotas e os votos

Quando tivemos conhecimento do número de votantes nas eleições da passada semana no PSD local, ficamos intrigados com o facto de o número de votos ser tão baixo. Pelo que tivemos conhecimento houve muitos militantes que, apesar de terem passado pelo local onde a votação estava a ter lugar, não votaram! Pior que isso, houve…

Veja mais

Estacionar com cheiro

Muitos e muitos meses depois de terem sido colocados os parquímetros no centro da terra, há coisas que ainda não mudaram. Além do talão que as máquinas fornecem a quem põe moedas, antes de se chegar à máquina deveria haver um fornecedor de máscaras para ajudar a lidar com o mau cheiro! Quem quiser estacionar…

Veja mais

Os votos

Quando na sexta se soube que o Pedro iria ser o novo dono do PSD local, o que pensámos foi que o o Santos deveria sentar-se e escrever a carta a colocar o lugar à disposição. Depois de se saber o resultado da votação, a ideia que temos é a contrária! Deverá ser o PSD…

Veja mais

A mudança

Ontem foi mais uma noite durante a qual a classe política da terra teve a oportunidade de se mostrar. No jantar do ACM estavam todos! Num altura em que se fala que o clube irá ser comandado e “patrocinado” pelos produtos de emagrecimento, o que mais chamou a atenção foi a forma como o Álvaro…

Veja mais

O novo dono

Depois da reunião de quarta-feira, hoje fica decidido quem passa a mandar no PSD local. Com uma lista única liderada pelo Pedro, o destino do partido muda hoje de mãos. Com ele seguem o André, o Verdingola, a Arlete e o Rui. Não deverá haver novidades nos próximos tempos apesar de ser de esperar que…

Veja mais

Assumir de responsabilidade

Demorou uns dias até que a obra que poderá custar muito dinheiro aos cofres da câmara fosse embargada. É uma decisão acertada, pecando possivelmente por tardia. O embargo leva, no entanto, a que se possa começar a prever qual irá ser a decisão final que irá ser tomada. A concretizar-se o que parece ser evidente,…

Veja mais

Procura, mas não encontra!

Num altura em que a terra parece ter parado no tempo, em que nada acontece, lembrámos de usar um motor de busca para encontrar novidades. O resultado foi nenhum. Procura mas não encontra! Quando há umas semanas escrevíamos sobre a colocação do outdoor na rotunda como forma de aquele espaço estar ocupado sem que fossem…

Veja mais

Sede vai abaixo

Nem sempre a câmara é culpada de todo o mal que acontece aqui na terra. Se há situações em que não se consegue encontrar uma justificação para algumas das decisões que são tomadas, outras há em que tem que se aceitar que existe alguma preocupação com o que acontece. Infelizmente há mais que se possa…

Veja mais

O dinheiro da TUMG

A semana passada ficou-se a saber que a TUMG tem dinheiro aos montes. Acreditamos que as reuniões da administração sejam passadas a contar as notas! Desde o início que se sabe que aquela empresa é subsidiada pela câmara. Concorde-se ou não, esse é um facto. Parte-se do principio que a empresa não é auto-suficiente. Não parece…

Veja mais

Ajustes directos

Quando damos uma vista de olhos pelos regulamentos pelos quais a câmara se rege ficamos com a ideia de que todos eles têm autoria naqueles que trabalham câmara. Não é assim! Apesar dos muitos técnicos que a câmara tem, a elaboração do regulamento para abastecimento de água foi entregue, por ajuste directo, a uma entidade externa.…

Veja mais

Custo da rapidez

Ontem foi notícia o facto de poder passar a pedir-se indemnização ao Estado por atraso nas decisões. Esta notícia fez-nos recordar assuntos que estão pendentes de decisão por parte da câmara. À mente vem a questão do jazigo, a conclusão das obras junto à Resinagem e tantas mais que têm andado ao sabor do tempo, sem…

Veja mais

Este ano há!

Este ano não nos podemos queixar de não existir a Feira de Abril. Ela está aí. Não se pode dizer que seja o que esperávamos. Depois de vermos o pouco que ali está não acreditamos que aqueles que decidiram ali instalar-se fiquem até ao final do mês uma vez que não parece que possam ter…

Veja mais

Coelho da Páscoa

Hoje a reunião não teve pontos altos que merecessem destaque. Se havia quem pensasse que poderiam surgir algumas explicações sobre o assunto que pode dar chatices, a expectativa saiu lograda. Nem uma palavra. Pode assim dizer-se que o que de mais anormal houve na reunião foi o facto do Santos poder ter-se parecido com o…

Veja mais

Ruptura

Depois de um ano e muito de governação, o buraco na câmara aumenta. Não nos referimos a qualquer cataclismo que tenha deitado abaixo alguma obra! Referimos ao facto de, por não terem cumprido com o que estava no acordo, o PSD ter já comunicado ao PS que não deviam contar com eles como parceiros. Se…

Veja mais

A petição e o gozo

Desde sempre houve uma mistura entre o clero e a política. Raras foram as vezes em que isso não se traduziu numa tentativa, quantas vezes conseguida, de uma vontade se impor sobre a outra. Raras também foram as vezes em que isso não deu confusão. Um dos exemplos mais conhecidos da história é o de Richelieu.…

Veja mais

A discussão

Ainda nem eleições houve e já os problemas no seio do PSD começaram! Depois de uma reunião acalorada que teve lugar ontem à noite, o candidato a líder da concelhia local deu a conhecer a quem estava que, caso seja eleito, irá retirar a confiança política ao Santos. Na base da discussão terá estado o facto…

Veja mais

Os discursos

Por uma vez que fosse, gostávamos de ouvir o Álvaro tem a dizer sobre um qualquer assunto sem que esteja a ler. De todas as vezes que o ouvimos discursar, e foram já algumas, nunca o ouvimos discursar de improviso. Há sempre um papel, uma cábula que lhe diz o que dizer. Não pomos em…

Veja mais

Palpites

A frase não teria grande importância caso não tivesse origem num candidato à Assembleia Municipal pelo PCP. Há frases que, podendo ser curtas, contêm em si muito do que às vezes fica por dizer. Quando um ex-candidato pelo partido sente necessidade de usar uma rede social para expor uma ideia porque “na vida política algumas…

Veja mais

Rasgar o acordo

Já há algum tempo que se vem ouvindo algumas afirmações que dão conta do mau-estar que existe pelo facto de o Santos ser apenas chamado quando é necessário, como se vissem nele um porto seguro que lhes dá a garantia de que o poder não “cai na rua”. O aparecimento do Pedro e a anunciada…

Veja mais

Sala vazia

Há dias teve lugar aqui na terra o primeiro de um ciclo de debates promovidos pelo PCP. Até poderia achar-se que era uma iniciativa de pouca importância não fosse o facto de ter estado presente um dos mais conhecidos deputados do partido. Ainda assim, a quantidade de pessoas que esteve presente não foi a suficiente…

Veja mais

Um dia pela vida

Há causas e causas. Sendo quase todas meritórias, há aquelas que merecem uma atenção especial. Poucos são aqueles que não têm um ente querido ou uma pessoa especial que não sofra da doença que não diferencia ricos de pobres, dos que são de esquerda ou de direita. Sentimos profunda tristeza quando vemos que existe uma tentativa…

Veja mais

Sentir importante

A presunção é como a água benta, cada um toma a que quer! Viemos há pouco da Resinagem onde decorre um seminário sobre competências profissionais. Não conseguimos perceber muito bem o que esteve a fazer o adjunto como orador mas conseguimos perceber que isso o fez sentir importante! É isso que se pode ler no Facebook. Tudo…

Veja mais