Uma vez mais!

“O órgão executivo apresenta ao órgão deliberativo, até 31 de Outubro de cada ano, a proposta de orçamento municipal para o ano económico seguinte” é o que se pode ler na lei que define as regras pelas quais as câmaras se devem reger. Este ano, para não variar, o orçamento municipal ainda não está aprovado…

Veja mais

Moção rejeitada

A moção que a Alexandra quis ver apreciada na última reunião só hoje foi votada, depois do apelo do PCP para que os munícipes comparecessem na reunião. A moção não passou, como era previsível. Com apenas os votos do PCP, a moção foi rejeitada com os votos contra dos restantes vereadores. A moção era, aliás,…

Veja mais

O Gabinete

Sem novidades, hoje o Vicente anunciou quem irá fazer parte do gabinete da presidência. A Tereza e o Nelson irão continuar com as funções que tinham quando o Álvaro estava naquele lugar. Não há assim nada de novo ou alguma coisa que não se esperasse. Também não foi de estranhar a reacção que alguns vereadores…

Veja mais

“Peaners” no PS

Há uns tempos o agora treinador do Sporting tornou famosa a expressão “peaners”. A forma dele dizer “peanuts” no sentido que lhe é dado como “coisa sem importância” ainda hoje é usada por muitos. Essa expressão poderia ser a que melhor descrevia o que aconteceu na última reunião da concelhia do PS. Em vez de…

Veja mais

Riam-se

Já há muito que se sabe que a câmara, no tempo da Cidália, entregou dinheiro à ANO II que agora tem que ser devolvido. Amanhã, na reunião de câmara, irá ser apreciada a proposta que a associação fez para devolução do dinheiro. A proposta que os vereadores terão que apreciar e votar é a de…

Veja mais

O carrasco

A propósito do que ontem foi dado a conhecer pelo PCP e do que amanhã irá ser votado, a moção, lemos dois textos do adjunto do GAP que vem lançar mais lenha na fogueira. Não resistimos transcrevê-los: “O PCP da Marinha Grande fez uma campanha para as eleições legislativas vergonhosa e lastimável instrumentalizando as questões…

Veja mais

Assim é batota

Esta foi a proposta que venceu o Orçamento Participativo para 2015. Esta proposta visa a “requalificação do pavilhão desportivo, com vista a dotar o edifício de condições adequadas à prática de diversas modalidades desportivas, incluindo a instalação de um sistema de climatização, que retire a humidade do pavilhão, e a remodelação de vãos e de…

Veja mais

OP 2015

op_2015São já conhecidos os resultados do Orçamento Participativo para 2015. Em primeiro lugar ficou a proposta 1: Requalificação do pavilhão desportivo no edifício da FAE – Freguesia da Marinha Grande.

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

Coerência!

Há dias, numa Assembleia Municipal, a bancada do PSD defendeu coisa diferente do que o Governo defende. A propósito do reconhecimento de interesse municipal às empresas, a posição foi semelhante à que o Aurélio tem defendido. Ontem, por razões de coerência, esperava-se que viessem assumir a mesma posição que antes defenderam. Se nada mudou, os…

Veja mais

Nem uma linha escrita!

O PCP continua na sua batalha pelas escolas. Depois de ter sido o fundamento que usaram para rebentar com a coligação, vêm agora convidar os munícipes para que compareçam na próxima reunião de câmara. Até aqui nada de anormal. É um direito como qualquer outro. O que é estranho é o facto de fazerem deste…

Veja mais

PCP contra redução de IMI

Ontem foi discutida e votada a proposta de redução do valor do IMI a pagar pelos munícipes que têm um agregado familiar maior. Ainda que seja uma medida que não assenta em critérios relacionados com o rendimento que cada família tem, é uma que poderá trazer algumas vantagens a algumas famílias, apesar de poder trazer…

Veja mais

Interesse (n)da visita

A semana passada houve uma visita de uma representação diplomática de Moçambique. Ainda que possa não dar em grande coisa, é sempre bom que a terra mantenha contactos com países estrangeiros, ainda mais quando se trata de países de expressão portuguesa. O Vicente andou a fazer o papel que lhe cabe, representando a autarquia. Qual…

Veja mais

Olha que dois!

Quando ontem estávamos a preparar-nos para ver o futebol, eis que ao nosso lado se sentam o Álvaro e o Santos! Como é óbvio não estivemos a prestar atenção ao que diziam, apesar de ser perceptível que pouco falaram de política. Até poderia ser, à primeira vista, um encontra de velhos amigos não fosse o…

Veja mais

Baixa política

Desde que existe alguma democracia em Portugal que há um principio que se tem seguido: separar a política da justiça. Tem sido assim ao longo dos anos. Apesar de haver alguns que se quer igualar a presos políticos, essa tentativa de comparação é tão absurda como as tentativas de misturar as questões da justiça na…

Veja mais

Uns revelam, outros não!

O tempo passa mas há coisas que não são reveladas. Sabe-se que, por razões de transparência, os titulares de cargos públicos, tal como é o caso dos vereadores, têm obrigação de revelar os seus rendimentos. Estranhamente, dos sete eleitos apenas três deram a conhecer os seus rendimentos. O Vicente, o Vítor e a Alexandra permitiram…

Veja mais

Rei “morto”, rei posto!

Ainda a cadeira onde o Álvaro se sentava não arrefeceu e já aparece no site da câmara a indicação do “novo” presidente e da vice-presidente. Não há qualquer menção de que o Vicente está em regime de substituição. A expressão “rei morto, rei posto” tem aqui o melhor exemplo. Não tardou a ser feita a…

Veja mais

A moda pegou!

Depois de ontem o Vicente ter assumido a função de Presidente da Câmara, não resistimos ir buscar um texto de 24 de Outubro de de 2007 escrito pelo Pedrosa quando ele defendia eleições intercalares: “É uma atitude superior de respeito pela democracia. O PCP apresentou um candidato que ganhou e, menos de dois anos depois,…

Veja mais