Rigor!

Um dos momentos altos da reunião de ontem teve lugar quando a Cidália quis interromper a reunião. Apesar de ter mandado cortar a imagem, a reunião não foi interrompida porque houve quem se levantasse contra essa intenção. Tirando a incapacidade de gerir a reunião, assumido pela própria presidente, é interessante ver-se a ânsia com que…

Veja mais

Porque?

Desde há muito que se fala na ausência de regulamentos que permitam a atribuição sem dúvidas das verbas que as associações e colectividades necessitam. Ontem a Cidália finalmente reconheceu que têm que apresentar o tão falado regulamento. Ora se até já ela acha que o regulamento é necessário, porque não o apresentam?

Veja mais

Competências

Está ainda por decidir que competências irão passar, se algumas, para a câmara. Há 15 dias a Cidália foi questionada sobre esse facto e optou por nada dizer, relegando o assunto para mais tarde. Ontem, na reunião, ficou-se a perceber qual a posição que irá ter. Num dos assuntos que estava em discussão, a Cidália…

Veja mais

Pior é impossível

Sobre a reunião de ontem muito há a dizer, mas há algo que nos surpreendeu! O problema que está na ordem do dia, a incapacidade de contratar a empresa para a ocupação dos tempos livres das crianças, pensámos que tivesse tido causa no facto de a vereadora responsável pelo pelouro ter estado o verão na…

Veja mais

(In)COMPETENCIA

Quando alguém daqui a algum tempo e por qualquer motivo decidir ouvir as gravações das reuniões do executivo actual, vai “assustar-se”! Assustar-se porquê? Começa por haver tanta pergunta com resposta por dar! Os concursos públicos lançados por este executivo, são de uma incompetência…atroz! Não duvidamos, da boa vontade da Sr.ª Célia… mas não basta vontade!…

Veja mais

“Seguinte”

“Raramente venho a este serviço do GAM. Hoje precisei de comprar senhas de refeição para a minha filha. Quando cheguei o dispensador das senhas estava avariado e no seu lugar estava uma bobine de senhas de papel. Estavam à minha frente umas 15 pessoas. Entretanto começo a ouvir funcionárias a chamar “seguinte” ou “seguinte para…

Veja mais

O problema

Todos os executivos camarários são confrontados com diversos problemas. Uns de fácil e rápida solução, outros nem tanto. Este executivo não tem tido mais problemas do que o que é normal. Poderá dizer-se que houve o incêndio, mas isso nem é da responsabilidade ou competência da câmara. Serviu sim para ser desculpa para muita coisa!…

Veja mais

De novo, o lixo

A câmara entregou a recolha do lixo a uma entidade privada. Não se espera que tenha os meios para fazer a recolha do lixo, daí que seja lógico que tenha que o fazer por intermédio de empresas especializadas. Acontece que o que se vê, mais do questões de falta de civismo, é mesmo falta de…

Veja mais

A luz

Gastaram-se umas centenas para que em S. Pedro se começasse a poupar electricidade. Foi, como é óbvio, uma decisão acertada. Não há que gastar onde se pode poupar. Não se percebe é porque motivo as luzes no parque Mártires estão acesas durante o dia! Tem sido assim desde há dias. Será que é para compensar…

Veja mais

Menos um

Fala-se em aumento do número de pessoas nos centros de saúde e nas extensões, mas não é assim em todo o lado. Na extensão da Moita a Junta recebe mensalmente uma verba para que possa ter contratada uma funcionária para a limpeza, mas permitiu que o contrato terminasse sem que tivesse o cuidado de, junto…

Veja mais

Chega!

Algo nos diz que a reunião de amanhã vai ser quente! Irá ser interessante ver quais as justificações que irão ser dadas pelos que têm pelouros para tudo o que tem deixado de ser feito. Amanhã parece-nos que será o dia ideal para que os que estão na oposição deixem de lado as parabenizações e…

Veja mais

O comunicado

“O Partido Socialista lamenta sinceramente que não tenha sido possível garantir o início das Atividades de AAAF, CAF e Bibliotecas nas escolas do 1º Ciclo do Ensino Básico dos 3 Agrupamentos escolares do concelho. Infelizmente, as empresas vencedoras do concurso público municipal de adjudicação destas atividades não conseguiram cumprir o caderno de encargos atempadamente, o…

Veja mais

Vox populi

“É uma vergonha , todos os anos a mesma situação ! Será que não tiveram tempo mais que suficiente , ou as prioridades são sempre outras. Quem sofre com isto são as crianças e os seus pais que andam com o coração nas mãos a tentar arranjar solução a última da hora , pois os…

Veja mais

(in)Competência

Não há muitos adjectivos que podem ser usados para descrever o que se passa na câmara em muitos sectores. As actividades de animação e apoio à família, que deveriam começar na próxima segunda, com o início das aulas, não vão começar porque o concurso público foi lançado tarde e não houve tempo para que a…

Veja mais

Tecnocracia

Raros são os dias em que, quando se passa em frente à câmara, não se vê um carro a entrar na zona pedonal ou uma carrinha a descarregar mercadorias para os estabelecimentos comerciais que existem no centro tradicional. O motivo é simples: não há outra solução! O texto que lemos há um bocado e que…

Veja mais

O centro

“Creio que os problemas existentes na nossa terra (Marinha Grande) são tão gritantes que há os pequenos de que já ninguém fala. Um dia destes um amigo que por aqui passava ligou-me para bebermos um café. Achei boa ideia levá-lo a um novel empreendimento que tem dado que falar, ou seja um exemplo do que…

Veja mais

Comida por 3 meses

Segunda houve mais uma reunião de câmara extraordinária. Mais uma à porta fechada que se destinou a entregar a uma empresa a alimentação das crianças até Dezembro e aprovar a minuta do contrato de compra da antiga FEIS. Apesar de feito em cima do joelho, a Célia lá conseguiu que as crianças não fiquem sem…

Veja mais

Última da hora

Há quase 15 dias a Cidália foi questionada sobre a questão da lei das transferências, ou seja em relação à lei que prevê a possibilidade de o Governo passar para as autarquias responsabilidades. A Cidália optou por empurrar o assunto com a barriga com a justificação de que iria haver diplomas sectoriais e que só…

Veja mais

Como se esperava…

A obra no Jardim de Infância das Trutas ficou por concluir. Amanhã as crianças vão começar o ano lectivo sem que a obra tivesse sido concluída e com trabalhos ainda a decorrer. Passaram as férias e não houve tempo para fazer o que tinha que ser feito. A quase certeza de que isso iria acontecer, transformou-se agora em certeza.

Veja mais

Mais eucaliptos

Vem hoje no jornal que o Programa Regional de Ordenamento Florestal prevê o aumento da plantação de eucalipto. “Segundo a proposta de PROF, está contemplado um alargamento da área de eucalipto em seis dos dez concelhos da CIMRL: Alvaiázere, Ansião, Batalha, Leiria, Marinha Grande e Porto de Mós”. Temos imensa curiosidade em saber o que terá o executivo permanente a…

Veja mais

A obra e os defeitos

Na última reunião foi colocada, novamente, a questão dos defeitos existentes na Resinagem. Pelo que dá para perceber, a lista dos defeitos teima em não aparecer e foi afirmado pelos que têm pelouros que a responsabilidade de quem constrói termina apenas decorridos 10 anos após a conclusão da obra. Fomos ao site da Associação dos…

Veja mais

Para se ir fazendo!

Está em votação o orçamento participativo do concelho e está também em votação o nacional. As diferenças são grandes. Desde logo o valor que é muito diferente, mas também o tipo de propostas que são levadas a votação. O OP nacional aceita todo o tipo de propostas que se traduzem em investimento enquanto que aqui…

Veja mais

Mais uma!

Nem sempre acreditamos nas imagens que nos aparecem no Google porque as fotos tiradas pelos carros que permitem ver quase tudo são já antigas. Quando hoje fomos ver o estado em que estava o Jardim de Infância da Amieirinha no Google (imagem que está em cima) achámos que estava desactualizada. Não quisemos acreditar que a…

Veja mais

Continuação da novela

“Será até ao limite, será até não ter mais forças, e desta vez já não venho falar das obras, pois a só quem acredita em milagres poderá acreditar numa conclusão a 100% da obra ate quinta feira. Venho sim falar da acção que funcionários da autarquia tiveram hoje, a mando de alguém claro. Dirigiram se…

Veja mais

Fica por acabar!

A obra no Jardim de Infância das Trutas só por milagre ficará concluída antes do início das aulas. Para ontem estava prevista a vinda e colocação de caleiras por parte de uma empresa subcontratada. Não vieram e, como é óbvio, não foram colocadas. Sem acompanhamento por parte de técnicos da câmara, tiveram que ser os…

Veja mais

Rixa e os bares

Hoje é notícia que na Praia da Vieira houve feridos depois de uma rixa. Não se conhecem os detalhes do que aconteceu, mas este assunto leva-nos para um outro que tem andado sempre meio camuflado: os bares da praia. Ao longo dos anos tem havido muita reclamação por causa do ruído e da segurança na…

Veja mais

Prisão perpétua

O Caetano partilho no Facebook há minutos um artigo da Visão sobre o problema com os animais e com a lei que proíbe o seu abate. Não podemos discordar com a partilha nem com o teor do texto. Segundo “A Associação Nacional de Médicos Veterinários dos Municípios (ANVETEM) considerou “impossível” cumprir a lei que proíbe…

Veja mais

As férias

Sempre pensámos que as causas não têm férias, não têm descanso. Hoje foi dado a conhecer que o movimento ‘O Pinhal é Nosso’ vai voltar a promover o encontro em frente ao ICNF depois de três meses de ausência. Naturalmente que todos têm direito a férias, mas quando elas se sobrepõem às causas, estas perdem…

Veja mais

O lixo

Quando se passa em alguns locais aqui no concelho pode-se ver o que a imagem mostra. Em alguns casos terá a ver com falta de civismo, outros falta de informação já que a generalidade das pessoas não sabe que podem pedir à câmara que proceda à recolha de grandes volumes, sem qualquer custo já que…

Veja mais

Sem informação

Há oito dias, quando foi a reunião de câmara, colocou-se uma questão que, podendo ser de menor importância, vem dar razão aos que dizem que algo não está bem na câmara. Parte-se do princípio que os eleitos com pelouros estão mais ou menos dentro dos assuntos quando os vão discutir. Sobre a questão da comparticipação…

Veja mais

Big Band e as dúvidas

“Além de não ser verdade que a Orquestra Juvenil seja um projeto da JFMG é a Câmara Municipal que financia este projeto, confiando a sua gestão à JF através de protocolo próprio. Ainda na segunda feira passada foi aprovado o Plano de Atividades 2018 da OJ apresentado pela JFMG e não parece constar do mesmo…

Veja mais

Coerência!

Há uns dias o Caetano queixou-se na sua página do Facebook quanto ao facto de um camião ter danificado um passeio. Disse que iria pedir responsabilidades. Seria, por isso, de esperar que todas as situações semelhantes tivessem igual condenação por parte da autarquia. Não é assim. A foto é de um camião que estacionou bem…

Veja mais

O protesto

Liberdade de expressão é algo essencial em qualquer democracia. Neste momento está a ter lugar uma ‘manifestação’ em frente ao circo (não, não nos referimos à reunião de câmara) por causa dos animais serem usados o espectáculo.  Ali estão menos de uma dúzia de pessoas por causa de uma “ideia um bocadinho maluca” que alguém…

Veja mais

Salvar São Pedro de Moel

Tivemos conhecimento agora mesmo da existência de uma página no Facebook com o título “Salvar São Pedro Moel”. Esta página foi criada com o objetivo de denunciar às entidades responsáveis o estado lamentável de degradação a que chegou a praia que nos viu crescer – São Pedro de Moel. O complexo das piscinas, principal cartão…

Veja mais

E se…

Sempre que revemos as reuniões de câmara e as atitudes da Cidália, seja porque quer cumprir os tempos, seja porque corta a palavra ou porque começa ela própria a falar muito para além do tempo, estamos sempre à espera que a oposição tome alguma iniciativa. Na última ainda pareceu que a Alexandra iria fazer alguma…

Veja mais

Tipo caracol!

Há pouco, quando passámos em frente ao Jardim de Infância das Trutas, ainda este assunto, nos vários minutos que estivemos à espera de ver algum movimento, o que pudemos ver foi apenas dois homens a passar, sem que se visse qualquer sinal de que estariam a trabalhar. O telhado está como se pode ver e…

Veja mais