Lido por aí XLIX

“PROJETAR O PASSADO NA PROCURA DO FUTURO No final da década de 80, a Rádio Clube Marinhense organizou um debate sobre o papel das Autarquias no desenvolvimento económico dos territórios que tutelam. O espaço escolhido foi o Salão Nobre da Câmara Municipal da Marinha Grande e entre os convidados, para além dos autarcas do Concelho,…

Veja mais

Lido por aí XLVIII

“CENTROS EDUCATIVOS A RAZÃO DE UM DIVÓRCIO ANUNCIADO Num tempo em que não existia rede de transportes municipais, em que as crianças não tinham acesso a cantinas escolares, em que as famílias não dispunham das facilidades de transporte próprio como têm hoje, a Câmara da Marinha Grande, presidida por Emílio Rato, tinha, como vereador da…

Veja mais

Iniciativas dos outros

Na sexta, no Pavilhão Desportivo Municipal da Maceira, a câmara de Leiria promoveu a entrega de cadeiras de rodas para os atletas da Associação Portuguesa de Deficientes, cadeiras oferecidas por empresários de Leiria. Na cerimónia o “o presidente da Câmara Municipal de Leiria agradeceu a todos quantos contribuíram para a aquisição dos equipamentos, considerando que se tratou…

Veja mais

Turistas, venham!

Não temos quase nada aqui na terra que atraia turistas. Museus estão fechados; cinema ninguém sabe qual o cartaz; o centro está às moscas mas temos uma coisa que apenas algumas terras têm: lixo. Quem hoje for ao parque pode entreter-se a tentar encontrar rãs ou outros animais que gostam de viver no lodo e…

Veja mais

Incompetentes

Quão mau é estarmos a fazer zapping e aparecer o estádio aqui da terra a ser usado num jogo de final da “supertaça de futebol feminino de 2016” e ninguém saber de nada? Pois é, o jogo está no início da segunda parte e estão empatadas. Fomos dar uma vista de olhos pelo que foi…

Veja mais

Lido por aí XLVII

“O Sr. Presidente da Câmara da Marinha Grande Paulo Vicente, é por direito próprio o actual Presidente da Câmara, que muito honra e dignifica o Partido Socialista. A sua capacidade de trabalho, o seu exemplo de verticalidade, a sua dignidade e a sua preparação fazem dele o Presidente que a Marinha tanto precisa. Com certeza…

Veja mais

‘Black Friday’

Nos EUA há as ‘black friday‘ que mais não são do que dias de corrida aos saldos. O anúncio do Vicente de que não vai ser candidato, que acreditamos não seja como o ‘irrevogável’ do outro, como que abre a época de saldos à câmara no seio do PS. Claro que é ainda cedo para…

Veja mais

Vicente fora da corrida

“ESCLARECIMENTO PÚBLICO Perante uma notícia hoje publicada, a que sou totalmente alheio, entendo dever prestar os seguintes esclarecimentos: 1-Não fui candidato a Presidente da Câmara nas eleições autárquicas de 2009 e de 2013. 2-Desempenhei as funções de Vice-Presidente, desde 2009, e, mais recentemente, desempenho as funções de Presidente da Câmara Municipal da Marinha Grande, na…

Veja mais

PS falido

Não há muito a dizer. A notícia de hoje é a de que o PS está falido e está a pedir dinheiro aos militantes. Não admira que não queiram que deixem de ficar isentos de pagar o IMI que todos nós temos que pagar. Mas esta situação, que não é nova, leva de novo à…

Veja mais

Presente envenenado

Hoje os vereadores estiveram todo o dia reunidos. O que parecia ser simples tornou-se complicado muito por culpa da incompetência. Alguns dos assuntos que estavam em discussão tinham a ver com os apoios aos clubes, entre os quais estava o tão falado problema do relvado. Quando hoje escrevemos que estava tudo a ser aprovado não…

Veja mais

Votem

Está a decorrer o período para que se vote numa das nove propostas para o orçamento participativo. Para que não haja dúvidas já votámos. Votámos em todas as propostas podendo assim nós estar equidistantes de todas as propostas. As nove propostas são: cobertura no poli-desportivo da escola da Praia da Vieira; estação de lavagem de bicicletas no…

Veja mais

Campanha à porta fechada

Estava agendada para hoje uma reunião de câmara extraordinária. 15 pontos na ordem de trabalhos, sendo que nenhum deles é polémico. Consegue-se, no entanto, perceber que estamos já em campanha eleitoral. O que poderia ser decidido num par de horas não o foi e está agora a reiniciar. Claro que é indiferente o tempo que…

Veja mais

Errata

Todas as opiniões contam e hoje pode ler-se uma tão válida como qualquer outra e não podemos dizer que discordamos dela. Tem toda a razão, em parte! O que vem escrito fez-nos ir saber como estava a situação da devolução do dinheiro. Como se previa, não houve ainda qualquer devolução! Há por isso que fazer…

Veja mais

Mãos a abanar

Da reunião de ontem com os clubes ficou-se a saber que eles vão ter que continuar a fazer o que têm feito: mendigar apoios. Todos sabem que aqueles que estão à frente dos clubes e colectividades o fazem por carolice e amor à camisola. O amadorismo e voluntarismo são o que mais marca a gestão…

Veja mais

PEM no lixo

Ontem houve reunião entre a Cidália e alguns clubes e colectividades. Poucos compareceram e sobre o que falaram depois falaremos. O que se ficou a saber foi o que mais ou menos era dito entre dentes mas nunca assumido: as propostas do PEM foram colocado no lixo. Todas as propostas relativas com a agenda de…

Veja mais

Orçamento desvirtuado

Sabe-se que o orçamento participativo nasceu sem que o PS o quisesse. Foram empurrados para dar-lhe início mas sentiu-se que foi sempre sem convicção. Ainda assim, parte-se do principio que as regras que foram estabelecidas são para serem cumpridas. Parte-se igualmente do principio que as obras que serão realizadas no âmbito do OP são aquelas…

Veja mais

Novo protocolo

No jornal da semana passada vinha, na capa, uma espécie de apelo do UDL para que lhe arranjem instalações. A câmara, que tão ‘boa experiência’ tem com aquele clube, poderia oferecer-se para lhe arranjar umas instalações! Assim como assim, já que estamos habituados a que sejam feitos protocolos ‘tão bons’ com aquele clube, era só…

Veja mais

Impeachment

Hoje decide-se o que vai acontecer no Brasil com a Presidente. Lá está ser julgada por ter, alegadamente, cometido irregularidades. Não sabemos quem tem razão mas parece que se trata de uma forma um tanto ou quanto enviesada de correrem com ela. Basta ter-se atenção aos argumentos que têm sido usados pelos que a querem…

Veja mais

Filme da Treta

Quando agora vemos o que se passa na política local não conseguimos deixar de achar que aquilo a que assistimos é um ‘Filme da Treta’. Os actuais dois protagonistas deste filme parecem estar mais preocupados no que irão ser as eleições do que no que se passa na terra. Por um lado o Vítor tenta…

Veja mais

Lido por aí XLVI

“Política sem decência A propósito de um comunicado da CDU A política sem decência não enobrece os políticos, pelo contrário. Na minha qualidade de Presidente da Câmara Municipal da Marinha Grande podia ser mais fácil responder diretamente às acusações que sem qualquer fundamento me são dirigidas, no entanto, o respeito que me merecem todos os…

Veja mais

Mercado?!

A proposta de revisão do orçamento ontem tornada pública pelo PCP prevê que se possam gastar este ano mais de dois milhões de euros no mercado e espaço envolvente. É indiscutível que é um assunto que continua na ordem do dia mas há algumas dúvidas que ficam no ar. Não temos dúvidas que a colocação…

Veja mais

Conferência do PCP

“PROPOSTA DE REVISÃO ORÇAMENTAL APRESENTADA PELOS VEREADORES DA CDU MERCADO MUNICIPAL DA MARINHA GRANDE E REQUALIFICAÇÃO DO ESPAÇO ENVOLVENTE 2.250.000,00, (2017) 1.000.000,00; PISCINA MUNICIPAL DA MARINHA GRANDE – PROCEDIMENTOS INICIAIS 1.700.000,00, (2017) A definir; REQUALIFICAÇÕES URGENTES EM HABITAÇÃO SOCIAL 200.000,00; REQUALIFICAÇÃO DA RUA E TRAVESSA DAS ANDORINHAS 400.000,00; REQUALIFICAÇÃO DA REDE VIÁRIA DAS TRUTAS 250.000,00; ELABORAÇÃO PROJECTOS PEDU 180.000,00;…

Veja mais

Dormir sobre o assunto

A reunião de quinta é extraordinária e foi o motivo que o Vicente encontrou para não agendar a proposta do PCP de revisão do orçamento. De entre as rubricas que constam na proposta de revisão estão a construção do mercado e da piscina (com 2.250.000,00 – mais 1.000.000,00 para 2017 – e 1.700.000,00 euros respectivamente).…

Veja mais

Nada!

Todos falaram no quão grave é o facto de não haver revisão do orçamento. Agora que se conhece o que irá ser discutido na próxima quinta-feira, pode constatar-se que não está lá nada relacionado com a revisão. Nem mesmo a proposta de revisão que foi apresentada pelo PCP lá está! Vão-se discutir os apoios financeiros…

Veja mais

Carta branca?

Por vezes gostávamos que os que foram eleitos colocassem nos seus motores de busca algo que permitisse dar-lhes ideias para que a terra pudesse passar a ser uma que fosse desenvolvida. Lamentavelmente isso não se verifica. Estamos a poucos dias de mais uma reunião de câmara e não há ainda informação sobre uma eventual aprovação…

Veja mais

Opss…

A última campanha da líder da oposição parece ter cometido um erro e ter-lhe-á feito fugir a boca para a verdade. Agora decidiu, no último video que está a usar para campanha, recorrer a um gráfico para mostrar a evolução da dívida pública. E não é que ela, segundo a Cristas, está a descer! 00…

Veja mais

PEM morreu

Para os que não vão às reuniões de câmara torna-se difícil perceber o que se passou na última. Em vez de fazer uma alteração ao orçamento de forma isolada, o Vicente levou a votação uma modificação, a 17ª, que teve por objectivo movimentar verbas de umas rubricas para outras. Se as dezasseis alterações anteriores foram…

Veja mais

PIM

Desde que o Logrado rompeu a ‘coligação’ que tinha feito com o PS que nunca mais se ouviu falar do PEM. Acreditamos mesmo que esteja por lá perdido entre os caixotes destinados a irem para o arquivo morto. Das muitas reuniões que houve, a única coisa que se viu ter surgido foi apenas a questão dos…

Veja mais

As negociações

Sabe-se que o Vicente deu início a uma nova ronda de negociações com alguns vereadores da oposição. Depois de ter anunciado que não se demitia, a única hipótese que tem é mesmo começando a negociar. Tem que tentar encontrar uma solução de modo a ultrapassar a intenção do PCP de aprovar a sua revisão que,…

Veja mais

Carta ou email?

Com o aparecimento do fax e depois do email, escrever cartas passou a ser uma coisa fora de moda. Quem se lembra de quando escreveu a última carta? Na câmara também deverá haver apenas uma lembranças de quando escreveram a última. Em meados do mês passado a Cidália afirmou que “a carta educativa deve estar disponível…

Veja mais

Obras para quê?

Somos uma terra onde há edifícios que não se entendem para que existem ou porque foram feitos como foram. O Atrium é o elefante branco que se sabe; a Resinagem está às moscas e fechada quando deveria estar aberta; o estádio é usado quando o rei faz anos e mais existem que têm uma utilização…

Veja mais