Alcatrão

Já várias vezes afirmámos que não se vê ser feita obra. Temos que dar a mão à palmatória e reconhecer que há uma coisa que tem sido feita. Vê-se em alguns locais ser espalhado o alcatrão e, com um pouco de jeito, poderemos considerar que isso é obra. Quando passamos por alguns locais onde está a…

Veja mais

Esforçado

Há momentos em que sentimos que por mais que se tentem preparar, alguns políticos não conseguem chegar lá. Muitas vezes nem se pode dizer que seja por não se esforçarem! Na generalidade das vezes é mesmo porque não conseguem. Nem todos são talhados para certas funções e isso depois vê-se nos resultados que não conseguem…

Veja mais

Os boatos

Ontem chegou-nos a informação que na freguesia da Moita corria o boato de que um dos vereadores tinha votado contra os apoios que foram decididos à associação S. Silvestre. Achámos estranho e decidimos andar um pouco por lá para ouvirmos o que se dizia. Confirmou-se a informação que nos tinha sido dada. Claramente que por…

Veja mais

Pontualidade à portuguesa

Na Assembleia Municipal da semana passada ficou claro o respeito que os serviços da câmara, e alguns autarcas, têm por aqueles que aqui querem investir. Sabe-se que há um problema com as alterações que têm que ser feitas no PDM para que algumas empresas possam conseguir ser legalizadas. Sabe-se também que há empresas que se…

Veja mais

Sem obras

Cada vez mais fica a certeza de que este ano não haverá obras. Poderá até haver projectos mas, se houver execução, ela será apenas concretizada no próximo ano. Ontem a chefe da área financeira, a Sandra, foi quem afirmou que o que está a ser discutido pelos vereadores não é possivel de ser posto no…

Veja mais

Abandono

A reunião de ontem mostrou que não vai ser possível chegarem a um entendimento. Depois de muitas horas a moer os assuntos, sem avançar, o Logrado, depois do Aurélio e o Vítor terem também ameaçado, abandonou a reunião. Abandonou não porque tivesse mais coisas que fazer mas porque se cansou de estarem ali horas a…

Veja mais

E dura…

A reunião dos eleitos para tentarem chegar a um entendimento quanto à revisão do orçamento continua. Mais uma tarde para que tentem chegar ao tão desejado entendimento. Mas será que é assim tão desejado?

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

Quem se segue?

Depois do anúncio do Vicente de que não irá ser candidato pelo PS nas próximas eleições como que se abriu um vazio no que diz respeito a quem se irá seguir. Apesar da Cidália e do Sales terem dito que ainda poderá ser ele o candidato, temos algumas dúvidas quanto a isso poder acontecer. Não…

Veja mais

Passaram 3 anos

Passaram três anos desde que os “sete” foram eleitos. Foi uma realidade nova aqui no concelho. Dois grupos independentes ao lado dos partidos tradicionais. Os que há três anos tinha acabado de ser eleitos tinham pela frente a possibilidade de mudar a terra. Tinham pela frente um desafio que poderia tê-los catapultado para a história…

Veja mais

O livro

“Soares sempre gostou de bons restaurantes. Enquanto com Eanes — e depois com Sampaio e Cavaco, quando eram Presidentes da República — os almoços tinham lugar no Palácio de Belém, com Soares a prática mudou. Ele detestava almoçar no palácio e preferia o restaurante. Lembro -me de uma vez termos ido almoçar ao Nobre, na…

Veja mais

Só aqui!

Esta é uma daquelas imagens que se encontram na internet que evidenciam o que se poderia qualificar como anedota. Não é, por isso, uma imagem tirada cá mas há coisas que por cá acontecem que se fossem tiradas fotos poderiam ser igualmente colocadas na mesma categoria. Tivemos conhecimento que há dias a estrada do Pilado…

Veja mais

Outra vez!

É sempre bom quando a terra tem chamada de primeira página em jornais. Neste caso a chamada leva-nos para uma realidade que parece aqui ser recorrente. Ou porque as taxas que são aplicadas são elevadíssimas, ou porque os processos são morosos ou ainda porque não há alargamento da zona industrial. O concelho que é a…

Veja mais

Lido por aí LIII

«”Na semana passada tive conhecimento duma comunicação da vereadora Cidalia aos trabalhadores da Camara pedindo urgentemente um esquentador para uma família necessitada. Não pude deixar de referir que considero este pedido inaceitável no contexto em que ele foi expresso. Não consigo entender como é que, no exercício das suas funções, detendo o pelouro da área…

Veja mais

Um exemplo exemplar

Em Pombal as reuniões de câmara são transmitidas em directo no site da autarquia. Quem tiver interesse pode assistir aqui. Por cá nem a gravação é aceite! Este é um exemplo que poderia ser cá seguido. Claro que isto funciona lá! Cá a realidade é diferente. Transmissão no YouTube 00 Comentar com conta do Facebook…

Veja mais

Projectos fora

Esta é uma imagem que provavelmente iremos ver em breve. Já nos tinham contado que iria haver obras no estabelecimento que está instalado no jardim e é já público que a câmara contratou a “elaboração de projetos de arquitetura e especialidades para reabilitação de estabelecimento de restauração e de bebidas do jardim Luís de Camões“.…

Veja mais

Não pagamos

Como há dias escrevemos, a câmara tem muito dinheiro parado mas também deve muito. Ontem, na reunião de vereadores, ficou-se a saber que, afinal, não se sabe quanto se deve! Em Abril deste ano, pode ler-se numa acta, que o valor que estava em dívida era de 1.816.687 €. Ontem ninguém sabia qual o valor exacto…

Veja mais