Promessa de escola

A Cidália promete ir fazer obras na escola da Moita. Referiu a candidata que isso não será para ser executado num “futuro longínquo” porque têm os “projectos de especialidades”, têm os “projectos de arquitectura”, que foram feitos na câmara, tendo já sido tudo conversado com o agrupamento e com a associação de pais. Ou seja,…

Veja mais

Assistência

Tem-se estranhado o facto de o + Concelho estar a fazer uma pré-campanha fraquinha. Não se encontram cartazes de qualidade espalhados pelas ruas; não há divulgação nas redes sociais do que fazem; não há os cortejos que há quatro anos se viam nas festas; não se vêm as pessoas a irem atrás do movimento. Exemplo…

Veja mais

Que se passa?

Há uns meses houve a intenção de comprar à pressa as instalações da antiga FEIS. O negócio não avançou e o dinheiro foi gasto noutros locais. Este ano já foi aprovada a verba destinada a comprar as instalações, mas, estranhamente, nada se sabe sobre a compra que, quando o assunto foi trazido, tinha que ser…

Veja mais

Encher a barriga

Antigamente dizia-se que uma das formas das mulheres conquistarem os seus futuros marido era pela barriga. Queriam dizer com isso que uma mulher deveria ser boa cozinheira para assim conseguir ‘agarrar’ o marido. Hoje já não é assim, mas parece que o que os antigos diziam está a ser usado pelas diferentes candidaturas. Onde quer…

Veja mais

Barraca

Esta a decorrer uma acção de campanha em frente à câmara. Não se pode dizer que sejam muitos os que por ali estão, o que pode ser justificado com o horário de trabalho e para desculpa da fraca adesão. As formas de fazer as campanha são variadas e dependem de cada partido ou movimento. Neste…

Veja mais

Copy – Paste

Há coisas estranhas! Sabe-se que numa qualquer candidatura é normal que se fale a uma só voz. As ideias que um partido ou movimento preconizam devem ser defendidas por todos os que integram a candidatura. Na coligação AD essa defesa faz-se de uma modo estranho! Há dias o Galo deu a conhecer a sua ideia…

Veja mais

Promessas

Estamos a dois meses das eleições e, apesar de termos já falado nisso, este parece ser o momento mas apropriado para que se faça o balanço da actividade do município, com especial incidência no que foram as promessas feitas há quatro anos pelo executivo permanente. Numa altura em que o Vicente se vangloria de ter…

Veja mais

Lido por aí CXVIII

«Quando se gere um município com forte carga de contribuições das empresas e dos rendimentos dos munícipes e não se tem capacidade para gerir essas verbas, retribuindo aos contribuintes em forma de investimento em infraestruturas tão primárias como uma rede de distribuição de água eficiente, saneamento básico, mercado, piscina para competição, lazer e terapia, um…

Veja mais

Anedota do dia

Temos optado por uma política financeira que, sem descurar o desenvolvimento da Marinha Grande e a adopção de políticas sociais, culturais e desportivas ambiciosas, salvaguarda a boa gestão dos meios financeiros. A existência de uma situação financeira equilibrada é essencial para o desenvolvimento futuro da Marinha Grande.

Veja mais

Lido por aí CXVII

«(…) Onde estava então essa rapaziada dos discursos (…), que Informações recebiam sobre o estado da COOP, que consumo faziam que nunca entes os tinha visto dentro da COOP, quando eu passava por lá quase todos os dias a qualquer hora, quando nos últimos mandatos os empregos na COOP estiveram sempre em risco? Para não…

Veja mais

Carro velho

Sem grandes surpresas, a última coligação a aparecer, depois de uma conturbada presença de um dos elementos na AD, que integra o CDS – PPM, parece não dar ainda sinal de vida. Não são conhecidos candidatos, com excepção do cabeça-de-lista e da ex-candidata de há quatro anos. Se no início se percebeu a necessidade de…

Veja mais

Quem se segue

Os principais candidatos (perdoem-nos aqueles que nos parecem ter menos possibilidade de conseguir a eleição) têm já escolhidos quem serão os que os substituirão em caso de impedimento. Os seus nomes até poderiam não ter grande relevância não fosse o facto de os últimos anos terem mostrado que os números dois passam a ocupar o…

Veja mais

Abram o jogo!

Na sexta o Logrado afirmou que já tem a equipa escolhida caso venha a ser eleito. Não duvidamos. Aliás, acreditamos que todos os que têm alguma possibilidade de virem a ser eleitos já decidiram quem irá com eles. Já são conhecidos os principais nomes das listas daqueles que têm alguma possibilidade de virem a ser…

Veja mais

Fazer ou não fazer…

Com as campanhas em andamento, encontram-se já por aí espalhados os cartazes. Uns maiores do que outros, há os que não deixam de surpreender. Somos defensores do que o povo diz de que “mais vale uma má decisão do que uma indecisão”. Em certa medida isso poderia adaptar-se ao ‘fazer’. O povo poderia ter adaptado…

Veja mais

E dinheiro?

Ontem podia ler-se qual a proposta do Galo para o mercado que envolve também os bombeiros. Segundo ele, a ideia passa por retirar o quartel dos bombeiros de onde está, colocando-o não se sabe bem onde, mas na periferia da cidade, e usar as instalações actuais para serem adaptadas para ali se instalar o mercado.…

Veja mais

Sala composta

Na freguesia que pode ser considerada como o ‘bastião’ do PS, a inauguração da sede, apesar de composta, não esteve tão completa quanto se poderia esperar para uma freguesia que tem sido sempre a tábua de salvação do PS. Os discursos não surpreenderam e, a menos que haja uma mudança rápida, há que esperar que…

Veja mais

Barómetro

As instalações da Resinagem têm sido usadas pelas candidaturas para ali apresentarem ideias e candidatos. Ontem foi a vez do MpM fazê-lo, numa apresentação que soou a ter um cunho profissional ou de quem está a isso habituado. Numa sala cheia, ainda que num formato diferente do que tem sido habitual e que pode, de…

Veja mais

Inauguração sem pompa

Ontem a sede da candidatura da CDU foi inaugurada. Não foi a multidão que alguns poderiam esperar. Numa ‘festa’ bem à moda do que o partido nos habituou, os candidatos discursaram sem que se tivesse notado o entusiasmo que se poderia esperar. Discursos muito pouco originais e virados para dentro do partido não conseguiram levar…

Veja mais

Câmara viola a lei

Há dia lemos uma entrevista de uma responsável da CNPD sobre a questão da exigência de fotocópia dos documentos de identificação. Pode ler-se que «é “interdita a reprodução do cartão de cidadão em fotocópia ou qualquer outro meio sem consentimento do titular salvo nos casos expressos na lei.” O “consentimento” é aqui uma palavra-chave. Terá…

Veja mais

Revitalização?

O BE e CDU apresentaram já propostas para que o centro tradicional deixe de ser o ponto morto da cidade. A Ilda avançou com vinte propostas, “algumas com grande relevo temporal ocupação do centro no espaço temporal e territorial, com eventos regulares”. Aposta também em “fazer uso dos instrumentos financeiros do quadro XX-XX que estão…

Veja mais

Desaparecido

Com as campanhas a aquecer, começam a ver-se os cartazes, alguns pela terra, mas a maioria ainda nas redes sociais. Já quase que começa a chatear! Como é normal, os partidos e movimentos aparecem com os cabeças de lista aos diversos órgãos autárquicos. Um dos argumentos usados para a escolha da Alexandra foi o de…

Veja mais

Imaginação

Sempre que há eleições, esperamos que haja ideias novas, coisas que possam dar uma esperança de que o futuro possa sorrir. Aos poucos vão começando a surgir algumas das ideias que algumas candidaturas têm para dar, mas há algo que não esperávamos ver! Algumas candidaturas parecem ter apostado em copiarem-se entre si no que são…

Veja mais

Vale tudo?

Sabe-se que em época de campanha eleitoral a terra fica mais feia. A propaganda que se vai vendo por todo o lado ê poluição visual que felizmente dura apenas uns meses. Sabe-se também que há algumas regras que os candidatos têm que cumprir e que há locais onde a propaganda não é permitida. Outros há…

Veja mais

Sede no centro

Sexta vai ter lugar a inauguração da sede de campanba da Alexandra. Bem no centro tradicional, a sede será inaugurada um pouco antes da hora do jantar. A escolha do local, não tendo a visibilidade de outras, poderá ser uma tentativa de chamar atenção para a desertificação que existe no centro tradicional. A aposta num…

Veja mais

Febre do Facebook

A campanha está em andamento e os candidatos acordaram para a vida. Quem visita o Facebook vê isso. Pessoas que nunca ou quase nunca escreviam ou partilhavam ideias ou o que quer que fosse estão agora activos. É como se acreditassem que convencem alguém que, de repente, passaram a estar preocupados com o que se…

Veja mais

Número dois

Sem surpresa, a Ana será apresentada sexta como a número dois do Aurélio. Muitos dizem que, mais do que ser o seu braço direito, vem dela parte do que é dito nas reuniões de câmara. Se assim é ou não, apenas eles saberão, mas o seu nome surge sem novidade já que há muito se…

Veja mais