Lembrança

Há pouco passámos pelo velho Teatro Stephens e vimos que, apesar de ser feriado, estava fechado e sem ninguém. Nem mesmo os fantasmas agora lá conseguem viver! Lembrámos do tempo em que íamos ao cinema aqui na terra e víamos os filmes que nos faziam transportar para um mundo mágico. Hoje, se quisermos dar essa magia aos…

Veja mais

Palavras… leva-as o vento!

“Deixo sentimentos de coragem e de esperança aos nossos jovens, aos desempregados, aos doentes e a todos aqueles que, neste momento, vivem dias difíceis. Dirijo palavras de incentivo e elogio a todos aqueles que contribuem para que o Natal e a vida dos outros seja mais preenchida e menos dolorosa.“. São palavras bonitas, próprias da quadra que vamos atravessar. Quem…

Veja mais

Falta de dinheiro?

Quarta-feira vai ser discutido em Assembleia Municipal a autorização para um pedido de empréstimo para financiamento das obras da “casa da cultura” e da resinagem. Agora o transito está cortado e já são menos as vezes que por ali passamos mas é possível ver que ali tudo está parado. Quando agora sabemos da assembleia extraordinária com único ponto na…

Veja mais

Féteira… que não viveu cá

Com o  patrocínio da câmara e da junta de freguesia da Vieira, foi ontem lançado o livro sobre Lúcio Féteira. Não estivemos presentes e não sabemos quem compareceu mas demos já uma vista de olhos no livro. Como em qualquer outro livro biográfico, são feitas referências à vida daquele decidiu viver no Brasil. Não achamos, contudo, que seja…

Veja mais

A crise acabou

Não ligamos a futebol e os resultados são o que menos importa. São 22 jogadores a receberem por mês mais do que muita família ganha uma vida inteira e isso faz-nos não perder tempo a ver tais jogos. Mas não conseguimos deixar de ver como estava o estádio da Luz. Cheio, repleto. Depois de sabermos qual o…

Veja mais

Fado

Hoje haverá mais um clássico de futebol. Hoje também deverá ser considerado o Fado como património imaterial da humanidade. Tudo isso é o que o povo gosta. É disso que nos alimentamos. Para os políticos estes eventos são uma benesse porque enquanto pensamos nestes assuntos não pensamos no quanto vai mal a nossa vida. Mas como nem…

Veja mais

“Mea culpa”

Aqui não fizemos greve. Mantivemos o largo aberto. Também não tivemos ataques com cocktails molotov como às repartições de finanças em Lisboa. Mas se não fizemos greve, também não fomos dos que votaram no partido que está no governo. Se recuarmos uns meses, voltamos ao momento em que os portugueses votaram para colocar no governo quem agora…

Veja mais

Piquetes

Já aqui demos a nossa opinião quanto à utilidade ou não da greve que agora tem início. A necessidade de as centrais sindicais mostrarem que ainda existem leva a que a greve tenha lugar, mesmo que se saiba que a utilidade dela é discutível. Mas greve é greve e faz quem quer. Os verdadeiros números…

Veja mais