Relva só para brincar

Alguns meses depois de terem surgido os problemas com o relvado que foi colocado na Portela, ainda não se sabe como vai terminar o assunto. Ainda que o Álvaro afirme que não é da responsabilidade da câmara pagar o que está em falta, o assunto ainda não terminou. Aquele relvado não tem as certificações que…

Veja mais

L’etat, c’est moi

No século XVIII um rei de França ficou famoso por confundir o Estado com ele próprio e com o que era a sua vontade. Hoje em dia esse conceito é algo que apenas existe em regimes totalitários. Quando a semana passada lemos o anúncio de que no edifício da Resinagem a câmara quer instalar o…

Veja mais

Álvaro desiste

Depois de três anos e meio à frente da câmara, tivemos conhecimento que o Álvaro decidiu mudar o rumo da sua vida. Aproveitando o facto de ainda não ter existido anuncio formal de quem são os candidatos que o PS vai apresentar, soubemos que é sua intenção não se recandidatar. Apesar de ter sido dado…

Veja mais

Viver na rua

Muitas vezes entretemo-nos nas peripécias da política e não reparamos em coisas que acontecem mesmo debaixo dos nossos narizes. Enviaram-nos uma foto do que acontece aqui, bem no centro da terra. Sem que conheçamos as razões e, pelo que soubemos, sem seja de alguém ligado ao mundo da toxicodependência, temos já quem viva debaixo de um oleado.…

Veja mais

Estão picados

Na quinta fomos a mais uma conferência. Como não estávamos à espera que dali surgissem grandes novidades, não podemos dizer que tenhamos ficado desiludidos. Não entendemos a razão de terem apenas aparecido duas das freguesias mas acreditamos que tenha sido para facilitar a vida aos convidados! Ali estavam todos os que querem entrar na política…

Veja mais

Afinal, há circo

Há uns tempos lemos o Álvaro afirmar que enquanto fosse presidente da câmara não haveria circo. O medo de poder ser responsabilizado por alguma coisa que acontecesse juntamente com a ideia que tem que este tipo de espectáculos não se enquadram na estética da cidade levaram a que rejeitasse o pedido de instalação do circo bem como…

Veja mais

Súbito interesse

Todos os dias damos uma vista de olhos pelo que se passa nas redes sociais. A sua existência e a vontade de muitos quererem deixar de ser meros cidadãos anónimos leva a que por ali se encontre de tudo. De repente, começámos a ver aparecer quem não era hábito andar pelas redes sociais. Já sabíamos…

Veja mais

Sem tempo para a cultura

Já se conhece o lema da campanha do PS. Lembram-se agora que querem trabalhar “por uma marinha grande”! Devem ter reconhecido que a ideia das mangas arregaçadas lhes iria causar dissabores depois do que foi o seu mandato. Sem que tenhamos nada a dizer em relação à conferência que agora decidiram organizar, que são eventos…

Veja mais