Luzes da ribalta

Neste período pré-eleitoral, tudo o que possa servir para os candidatos aparecerem é por eles bem vindo. Agora é vê-los onde antes nem sequer em sonhos conseguíamos imaginar. A caça ao voto é algo que sempre existiu e este ano, com tanto a querer a cadeira de presidente, vai ser vê-los andar por aí à…

Veja mais

Não vale tudo

Este ano as eleições vão ser diferentes do que foram até agora. Não nos referimos ao facto de haver mais independentes do que habitualmente. Esse facto, só por si, não traria nada de novo. O que é diferente é o facto de muito do que pensam passar a estar nas redes sociais. Se aqui alguns optam…

Veja mais

Sem bandeira

Ontem ficámos a saber que, mais uma vez, as praias do concelho não irão ser presenteadas com a bandeira azul. Acreditamos mesmo que se alguma vez voltarmos a ter bandeira será porque a foram buscar a uma praia do concelho vizinho. É mais um ano no mandato do Álvaro em que não vamos ter nada…

Veja mais

Sem sede de campanha

O grupo do Logrado irá esta semana anunciar quem será o cabeça de lista. As apostas têm ido no sentido de ser ele quem irá continuar a dar a cara. Dos que integram o grupo “multipartidário”, parece-nos ser ele o único com condições de poder desempenhar tal papel. Pode ser que assim comece a controlar…

Veja mais

Ideias à baldada

Desde que o Logrado começou a dar sinais que queria conquistar a câmara que vimos nele alguma boa vontade e algumas ideias que até poderiam ter até alguma razão de ser. A partir de certa altura, quando sentimos que ele perdeu o controle do grupo, começámos a notar que passou a existir uma necessidade de…

Veja mais

O passado conta

Com o aproximar do início da campanha eleitoral e com a definição do que são os candidatos, lembrámo-nos de ir saber de onde vêem e o que fizeram. O passado de cada um permite mostrar parte do que são hoje. É indiscutível que é importante, para quem vai votar, saber o que cada candidato foi…

Veja mais

“Vomitei-os!”

Desde que há uns dias o Rui foi aqui falado que tem estado muito preocupado com o que escrevemos. Pelo que lemos, a sua preocupação centra-se agora no que aqui se passa. É o que dá ter-se uma actividade intensa e muito ocupada! Não sabemos ainda se é por nervosismo ou por alguma questão mal…

Veja mais