Não saem de casa

Desde há algum tempo que pouco ou nada se sabe do Vítor e do que é a sua acção de campanha. Depois da inauguração da sede de campanha parece que desapareceu. Apesar de não estarem em casa nova, pensámos que o facto de inaugurarem a sede iria fazer com que começassem a aparecer, a serem…

Veja mais

CDS com turbo ligado

Os recentes acontecimentos nacionais e o que o Portas conseguiu para o partido depois da crise política que atravessamos poderá ter sido uma das razões que levou a que aqui pela terra também o CDS tenha metido o turbo. Pelo que tivemos conhecimento, o Micael anda numa roda viva para conseguir formar a lista que…

Veja mais

Baile de máscaras

Quando o Aurélio decidiu avançar e lançou a ideia de que que queria que os apoiantes pensassem como queriam que a terra fosse em 2025 ficámos na expectativa de que em breve iríamos saber o que pensavam. As semanas foram passando e fomos lendo alguns escritos nos jornais sem que, no entanto, nos tenha sido…

Veja mais

Homem estátua

Depois da confusão que foi criada com a escolha dos que deverão acompanhar o Santos na corrida à câmara, pensámos que a campanha iria para a rua. Acreditámos que iríamos começar a ver alguma movimentação. Pensámos mal. A campanha, se já começou, não se vê! Quando agora passamos em frente à sede de campanha estamos…

Veja mais

Mercado onde?

Hoje irá ser discutido o assunto do mercado na perspectiva que o Constâncio tem vindo a defender, reavivando a ideia de que o mercado deverá ser instalado no edifício do Atrium. Não prevemos surpresas naquilo que o Constâncio irá defender. É, naturalmente, uma discussão necessária. Parece-nos, no entanto, que teria sido mais útil para todos…

Veja mais

185 dias depois

“A omissão de tal dever é uma opção inaceitável e irresponsável” dizia o Álvaro em Abril a propósito da inacção do Governo em relação à remoção e limpeza das árvores que estão ainda espalhadas pelas matas. Tinha toda a razão. Há deveres que são impostos a quem manda que, quando são omitidos, tornam-se numa opção…

Veja mais

Museu da floresta,

Ontem lembrámos de ir tentar saber como estava a evoluir a construção do Museu da Floresta. Pura perda de tempo! Nada conseguimos encontrar que dê indícios de que alguma coisa está a ser feita, ou sequer pensada! Fomos então ler o que o Pedrosa escreveu em 21/2/2010 e dizia ele que “Este executivo municipal iniciou…

Veja mais

Bailinho do Amândio

“O que se passou na Marinha Grande, nos últimos 35 anos, salvo raras e merecidas excepções, é mau de mais para ser verdade. Tem que se mudar a relação da população com os órgãos autárquicos, têm que nos ouvir, têm que saber que se espera tempo demais nos departamentos da Câmara, há pessoas à espera…

Veja mais

Atrasado, muito atrasado

Um dos filmes que permanecem na nossa lembrança de infância é o da Alice no País das Maravilhas. Um dos personagens que sempre achámos muita piada foi ao coelho que, olhando sempre para o relógio, andava sempre a queixar-se de estar atrasado. Este personagem da nossa infância veio-nos de novo à mente quando, depois de…

Veja mais

Estalou o verniz

Já tínhamos falado no problema que existe com a relva que foi colocada no campo do ACM. A falta do certificado que a empresa colocou o relvado deveria entregar está a criar problemas graves ao clube. Tudo isto porque a empresa não recebeu! Como a câmara quis sacudir a água de cima e empurrar os…

Veja mais