São gostos!

A partir de hoje deve ser possivel fazer-se uma vida quase normal no centro. Como era previsível, tudo acontece antes das eleições. O tempo que as obras estiveram paradas e a conclusão mesmo à beira das eleições não consegue afastar a ideia de que tudo foi planeado para assim ser. Claro que mal se compreenderia…

Veja mais

500 000

Chegámos à meta que tínhamos traçado. Meio milhão de acessos. Para um blog que tem sido alvo de críticas,  de pessoas que dizem que não presta mas que comentam, achamos que não está mal. Temos agora que agradecer àqueles que por aqui passaram e se identificaram,  àqueles que aqui vieram criticar mas que não deixaram…

Veja mais

Adeus Dâmaso

Durante muito tempo falou-se no futuro da Dâmaso. Durante anos e anos se colocou a possibilidade daquelas instalações poderem até vir a integrar o património da câmara, preservando uma das empresas emblemáticas do concelho. Desde a passada sexta-feira essa hipótese desapareceu e com ela a possibilidade de ali poder ser feito alguma coisa pela câmara.…

Veja mais

Revista de Campanha

Já é possível ter-se acesso à revista que a câmara decidiu publicar no mês de Agosto mas que apenas na segunda feira foi disponibilizada. Nela a “câmara” não dá outra informação senão aquilo que o Álvaro diz que fez. Se há quatro anos o Cascalho fez o mesmo e a reacção do PS foi no…

Veja mais

Nada existe!

Há dias lemos que o Álvaro disse a um jornal que a Resinagem e a Casa da Cultura iriam ser abertas, sem inauguração, antes do final do mês. Já há alguns dias que foram retirados os taipais que durante meses ali estavam colocados e, quem ali passa, pode até ter a ideia que tudo está…

Veja mais

Lojas a meio…

Quando hoje passávamos junto aos correios, aqueles que ainda não estão nas mãos de membros do PS, vimos um cartaz numa árvore que pensámos era de propaganda. Quando parámos para ver melhor apercebemos que não tinha a ver com propaganda mas com aquilo que muitos consideram ser uma “praga”. A proliferação de lojas chinesas na…

Veja mais

Como?

Esta pré-campanha tem trazido algo que não estávamos habituados. Com os movimentos independentes a quererem ocupar os lugares do poder, têm surgido ideias vagas do que querem por em prática. Se nos partidos tudo parece estar à espera do início da campanha para poder apresentar os seus projectos, os independentes vão na dianteira nesse aspecto.…

Veja mais