(In)justiça

Não chegou a ser votada uma das propostas que hoje ia, pela quarta vez, a deliberação. A Cidália queira que fossem aprovado o aumento de 600 euros no salário de dois funcionários da câmara. O Aurélio e a Alexandra levantaram problemas com esse aumento, pelas razões que se puderam ouvir, e a Cidália não teve…

Veja mais

Esconder

Por vezes parece que alguns eleitos estão na câmara para se protegerem e não tanto para proteger os interesses dos munícipes. A Célia mostrou-se há pouco muito incomodada por uma informação ter sido tornada pública. A preocupação que têm em esconder certas informações leva a que tenha que se questionar porque motivo isso acontece. Não…

Veja mais

138 dias

138 dias foi quanto demorou para que fossem retirados os destroços da destruição do furacão. Hoje, dia em que há reunião de câmara, será de esperar que Caetano, com o seu sorrizinho, venha dizer que foi tudo retirado. E foi! Demorou, mas agora não há mais com o que reclamar. Mais de 4 meses para fazer algo que não custava nada.

Veja mais

Já estragado!

Passou pouco mais de um mês desde que os painéis electrónicos foram colocados. Ainda com três por serem ligados, o que está em frente aos bombeiros está já estragado. Agora será esperar que passem os meses até que seja reparado, ou não vivêssemos nós nesta terra. 00 Seguir ( 1 Seguidores ) X Seguir E-mail…

Veja mais

Eficiência

A eficiência da câmara vê-se de diversos modos. Uma das formas é ver a rapidez com que algumas coisas são reparadas. Quem passa pelo parque pode ainda ver o que restou da passagem do furacão. Muitos meses passados e não tiveram aí dá tempo de mandar retirar os tijolos que ficaram no chão e menos…

Veja mais

As modificações

O ano passado o orçamento final nada teve a ver com o orçamento que foi aprovado. A quantidade de modificações que foram feitas desvirtuou totalmente aquilo que os deputados aprovaram. Esta técnica de aprovar uma coisa e depois executar outra não é mais do que a demonstração que a governação é feita a olho, sem…

Veja mais

Apoios

A câmara divulgou ontem a evolução dos apoios a instituições. Não fomos verificar, mas acreditamos que os números estejam correctos. Não é motivo para que se vangloriem. Não fazem mais do que é a sua obrigação. Com tanto dinheiro nos cofres, até ficaria mal se assim não fizessem. A questão vai, no entanto, para além…

Veja mais

Visto à lupa

Quando foi a votação do orçamento, no final do ano, o PCP fez-se apenas representar pela Lara. A Alexandra não esteve nem se fez substituir. Graças a isso o orçamento passou. Muito se tem especulado sobre os verdadeiros motivos dessa ausência. O mais evidente é a discordância com o que são as decisões do partido.…

Veja mais

Fofinho

Quando hoje se lê o texto do Duarte fica-se com a sensação de que houve uma mudança. Entrou a matar, com pedidos de demissão e afirmando que iria fazer com que as eleições fosse disputadas entre o PS e PSD, e agora parece estar a fazer o papel de quem quer ser o ‘fofinho’ da…

Veja mais

Os cortes

A câmara parece estar a permitir um ‘esquema’ que nos soa mal. Sabe-se que a cobrança da água foi entregue a uma empresa privada. Têm-nos chegado relatos que dão conta que há pagamentos por débito directo que não estão a ser efectuados porque não estão a ser apresentados aos bancos. Isso está a fazer com…

Veja mais

E agora, que vai fazer?

O texto que a Alexandra escreveu onde a demissão da Cidália ou do Nelson poderá tê-la colocado num canto de onde poderá ter alguma dificuldade em sair. Voltemos um mês atrás. Quando se colocou a questão da aprovação do orçamento, a Alexandra decidiu não comparecer na votação para que não tivesse que votá-lo. Ainda que…

Veja mais