Álvaro amuado

Todas as culturas têm uma coisa: cumprimento. Seja com aperto de mão, com beijos, com inclinar da cabeça ou mesmo com abraço, pensamos que o cumprimento é algo que existe em todo o lado. No Japão, o cumprimento passa por um curvar da cabeça em sinal de respeito por quem se está a cumprimentar. Acreditamos…

Veja mais

Plateia vazia

Há uns dias tivemos conhecimento que a câmara de Leiria tinha organizado uma sessão de informação para os seus funcionários que abrangia a área fiscal. Nada como dar-se formação para que se possa pedir um bom trabalho e um bom desempenho. Quando falámos no assunto ainda tivemos a esperança que a câmara aqui da terra…

Veja mais

Crianças… só em Pombal

Recebemos ontem uma informação que nos deixou muito preocupados. Tem-se visto nas notícias que, um pouco por todo o lado, tem havido movimentação dos autarcas contra o que serão as mudanças nos tribunais. Tem havido até comunidades inter-municipais que têm recorrido ao tribunal para tentar impedir as mudanças que se anunciam. Têm-se lido que há…

Veja mais

Falta de atenção

Logo vai ter lugar a primeira tertúlia que vai debruçar-se sobre a mata nacional. O assunto é interessante mas estamos em crer que, mais uma vez, a assistência vai ser reduzida. Organizar uma tertúlia no mesmo dia em que se sabe que há dezenas de munícipes que aproveitam para fazer um convívio a pé, já…

Veja mais

Falta de visão

Existe já projecto do que irá ser feito no espaço onde estava a JF. Custódio. Quando a câmara falou que queria ali fazer um estacionamento pensámos que seria algo como se vê em cidades desenvolvidas, virado para o futuro. Um espaço que poderia levar uma dezena larga de carros mas que se afastasse da ideia…

Veja mais

Socorro!

Quando se fala em reuniões de partidos políticos imagina-se que as pessoas que nela estão comportam-se de uma forma que possa dar a ideia de que estão a fazer alguma coisa de útil. Estávamos a começar a fazer um boneco para tentar ilustrar o que se estava a passar na reunião do PS quando somos…

Veja mais

Pedido de ajuda

Há uns dias ouvimos o Álvaro afirmar, em reunião de câmara, que há assuntos que são “menores” e que, como tal, não merecem sequer ser tratadas na reunião porque “já deu a resposta ao jornal” (isto a propósito do incidente com o chefe do gabinete jurídico da câmara que, ao que se sabe, não motivou…

Veja mais