Inéptos

“Dos pontos fortes que queremos realçar destacam-se: a modernização administrativa, com uma verba superior a 1 milhão de euros; a eficiência municipal, com uma verba próxima do meio milhão de euros; a sinalética e a comunicação outdoor com uma verba de 70 mil euros; a junção da Semana do Design e Empreendedorismo à Bienal de…

Veja mais

Boys

Ontem teve lugar o corta mato escolar. Não há muito a dizer sobre o evento. Houve, no entanto, algo que, uma vez mais, estranhamos. Parte-se do principio que as entregas de prémios deverá ser feita por eleitos. Os vereadores, os presidentes de Junta e até o presidente da AM ou das AF entregarem prémios é…

Veja mais

Que estratégia?

Temos que admitir que ainda não percebemos qual a ideia do actual líder do PSD local. Depois do que foi o desastre da governação do ex-presidente da concelhia, tudo o que possa ser feito é sempre melhor do que o que aconteceu. Não conseguimos, no entanto, perceber a estratégia que está a ser seguida. Num…

Veja mais

Não se compromete

Quando pensamos nos eleitos, esperamos que eles nos digam mais do que apenas conversa fiada. Bem sabemos que é normal os políticos nos impingirem as suas versões sobre os acontecimentos e fazerem promessas vãs, mas não dizer nada é igual ou pior. Quando sexta ouvimos o Caetano não conseguimos deixar de ficar com a sensação…

Veja mais

São incompetentes

Muitas vezes há dificuldade em atribuir os nomes às coisas. Seja porque têm medo da verdade, seja porque têm interesses a proteger, raras vezes se põem os nomes no sítio certo. A terra afundou em termos industriais. Não existe uma zona industrial condigna. Não há acessos condignos. Não há nenhuma, nem houve, preocupação com as…

Veja mais

Vá-se lá perceber!

Para muitos a matemática é um bico de obra. Lidar com ela não está ao alcance de todos. Ainda assim, parece-nos que será mais fácil do que entender alguns políticos! Depois do Jorge se ter demitido da função que tinha na Junta, havia a necessidade de o substituir. Isso teve que ir à assembleia de…

Veja mais

Quão difícil é?

Temos um executivo eleito há mais de um ano. Sabe-se que do mandato anterior poucas foram as coisas que ficaram feitas. Há quem diga que foi propositado, há quem diga que não, mas a verdade é que nada se viu ser feito. Mais de um ano depois de tomarem posse, com os cofres recheados, quão…

Veja mais

As dúvidas

Sobre pista de gelo câmara deu a conhecer os valores que terão sido recebidos. Quase seis mil e quinhentos. Uma vez mais a câmara coloca um eleito a ‘falar’ como se estivessem a pensar que alguém acredita nisso. Mas, façamos-lhes a vontade. A Célia terá dito “que representa um auxílio direto às três associações contempladas,…

Veja mais

Prova de vida

18 de Janeiro, dia em que revoltosos bateram o pé. Hoje, nas comemorações, ficámos sem perceber se se estava a comemorar a revolução ou se era uma acção de campanha da CGTP. Que tem o Arménio Carlos a ver com a revolução dos vidreiros? Que têm as tarjas que foram mostradas, as mesmas que são…

Veja mais

Para que não nos esqueçamos

Hoje a Cidália foi entrevistada pela TSF e houve duas coisas que nos chamaram a atenção. Quando questionada sobre a ocupação a dar às antigas instalações da FEIS a presidente disse que “temos esta democracia que nos advém de há muitos anos atrás neste sentido da liberdade“. Sem que consigamos perceber como poderia ser se…

Veja mais

Ou se têm…

“Ou se têm, ou não se têm… Li, por mero acaso, uma notícia completamente desnecessária, neste caso, por ter sido uma verdade absoluta, que se poderia ter evitado. Em resumo, uma vergonha para a democracia e para os democratas, para a Administração da TUMG e para os ‘chamados’ decisores privilegiados, vulgo o Senhor ex-Prior e…

Veja mais

18 de Janeiro

18 de Janeiro foi um momento que marcou a história do concelho. Não, não vamos dissertar sobre isso. Já houve quem o tivesse feito bem e não podemos nem queremos tentar colocar-nos ao nível desses que escrevem tão bem e tão melhor sobre este tema. Também não vamos falar sobre as comemorações. Há anos que…

Veja mais