Propaganda

Há certas coisas que acontecem que podem ter várias interpretações. Cabe a cada um interpretar de acordo com a informação que tem e com a apreciação que faz do que vê. Quando agora se passa junto dos outdoors electrónicos que foram instalados pode ver-se que aparece a menção às obras no centro de saúde e…

Veja mais

Questões

Há algumas dúvidas que rodeiam as festas, como é óbvio. Não está ainda assinado contrato para a realização das festas. Não vamos voltar ao assunto até mais novidades. Há, no entanto, questões para as quais não conseguimos ainda encontrar resposta. Há grupos de artistas locais que estão a ser contratados e negociadas as suas condições…

Veja mais

Prece

Hoje pode ler-se o apelo que o Nelson faz para que se vote PS nas europeias. Na qualidade que tem de presidente da concelhia, é um apelo mais ou menos esperado. Cremos, no entanto, que, depois do que tem sido a governação da autarquia, o que deveria ter feito não seria um apelo, mas mais…

Veja mais

Zero!

“Querem-me caladinho… eu tenho estado caladinho…Querem que eu espere… eu tenho esperado…Querem que eu respeite os veículos de comunicação, eu tenho tentado… Mas BASTA… CHEGA…!!! Autarquia e Agrupamento e todos os envolvidos.Há meses e meses e meses que peço, que POR FAVOR, devolvam o que é “NOSSO” . É assim que se encontra a caixa…

Veja mais

Tanto…

Com isto comprávamos 15.425.944 sacos de arroz de um quilo. Não mais haveria fome 🙂 Claro que ter aquele número em moedas de euro não é fácil, mas gerir tanta moeda é ainda mais difícil. Que o digam as mentes pensadoras da Câmara. Qualquer gestor mediano com aquela quantia disponível teria já conseguido transformar a…

Veja mais

Ah ah ah ah

Nem sempre nos apetece escrever sobre coisas sérias. Desanuviar um pouco também é bom e nada melhor do que uma boa gargalhada. Ficámos foi indecisos em relação a qual o local onde deveríamos encaixar o ‘boneco’ e onde ficaria melhor. Este é um daqueles momentos em que sentimos vergonha alheia e não nos conseguimos ver a ser representados assim onde quer que seja.

Veja mais

Mudaram as regras

É já conhecida a ordem de trabalhos para a reunião da próxima semana. Ao longo dos últimos anos tem havido uma preocupação para que nas ordens de trabalhos não sejam colocados nomes dos munícipes em situações mais melindrosas. A salvaguarda do seu nome e imagem que podem ter leva a que tivesse havido essa preocupação.…

Veja mais

De novo o mesmo

Ainda sem que sejam conhecidas as razões da desistência da empresa que ganhou o concurso, a segunda classificada é do mesmo que tem organizado as festas nos outros anos, a do Sardet. Com uma proposta de 206.900,00, mais IVA, foi a segunda classificada com uma proposta 6900 euros superior à que ganhou. Quem acredita que…

Veja mais

Festas sem empresa

Confirma-se que a empresa a quem foi adjudicada a realização das Festas da Cidade desistiu. A menos de 15 dias do início das festas, a câmara tem que se virar agora para a segunda classificada do concurso e começar tudo de novo! Ou seja, estamos sem garantia de que as festas se possam realizar. Tudo…

Veja mais

Problemas à vista?

As festas podem não correr como se poderia esperar, esperamos que não! O concurso para que fosse adjudicado a uma empresa a realização das festas foi lançado já tarde. Havia empresas que concorreram e que mais ou menos se esperava que pudessem ser aquelas às quais iria ser feita a adjudicação. Isso levou até a…

Veja mais

Cancelado

O ano passado, por esta altura, já muito se sabia do estado do Orçamento Participativo para esse ano. Há umas semanas a Cidália afirmou que estiveram para não o realizar, mas, no final das contas, decidiram fazê-lo. Este ano não se sabe de nada. A conclusão que se pode chegar é a de que foi…

Veja mais

O vidro

Somos a cidade do vidro. Centenas de camiões entram e saem da terra todos os dias. As empresas que aqui laboram são uma das maiores fontes de receita da autarquia na vertente de impostos. Seria de prever que a autarquia desse atenção a tudo o que tem a ver com essa actividade. Não, não vamos…

Veja mais

Inconsolável

A senhora devera estar inconsolável. Há a noticia de que o seu grande amigo Rogério foi para o olho da rua. Foi tarde! A notícia da TSF dá conta de que ele terá sido demitido já que foi substituído e não se demitiu. Como vai fazer agora sem o grande amigo do pinhal de Leiria…

Veja mais

Cadê eles!? II

Sobre o texto que escrevemos ontem sobre a ausência dos bombeiros, recebemos um esclarecimento de uma pessoa ligada à corporação que é para ser mantido em anonimato, mas que diz o seguinte: “Por razões óbvias não devo comentar a publicação sobre a presença dos Bombeiros da Vieira, tanto na pista de gelo como nas festas…

Veja mais

Os sacrifícios

Devemos reconhecer que consideramos a Isabel como sendo um politico que não entra em folclore, designadamente o folclore que surge nas campanhas eleitorais. Não nos pronunciamos quanto à seriedade porque consideramos que, com mais ou menos competência, todos os nossos autarcas o são e, como tal, ela não é excepção. Dito isto, é com espanto…

Veja mais

Cadê eles?!

Há algo que não está a funcionar bem. No Natal a câmara mandou montar a pista de gelo para fazer reverter os lucros para três instituições. Os bombeiros da Vieira recusaram porque, diz-se, não tinham pessoal. Foi menos receita que arrecadaram. Agora quando se olha para a lista de associações que irão estar a explorar…

Veja mais