Cansaço

É sempre com prazer que se vê os funcionários da câmara em tarefa árdua de fazer reparações. Estivemos parados nos semáforos… Deixámos que caísse o verde e ficámos à espera. Veio o vermelho e de novo o verde. Então não é que durante todo esse tempo não conseguimos ver nenhum funcionário a fazer alguma coisa! Andámos depois a tentar…

Veja mais

Autismo de Sócrates

Ontem assistimos, os que ainda têm paciência para o fazer, a mais um discurso do “Eng.” Sócrates. O ex mas candidato a Primeiro-Ministro. Ao mesmo tempo, assistimos ao que são os comentários dos analistas internacionais e alguns nacionais. Para nós, os leigos, parece ser evidente que um país que se endivida a cada segundo que passa precisa…

Veja mais

6 dias

Temos andado pela marinha a ver as obras. Já há muito que andamos por aí a ver o que se tem feito nas nossas vias. Em alguns locais as obras existem mas, por alguma razão, teimam em não ter fim. Passámos na Comeira e as obras duram e duram e duram… Passámos junto aos estaleiros e…

Veja mais

Cinema? Para quê?

A Marinha Grande necessita de um cinema, tal como todas as cidades. Mas perdoem-me a frontalidade: um cinema por cá dificilmente será rentável. E lá vão os contribuintes, mais uma vez, pagar os prejuízos. Senão vejamos: Temos salas no Cinema City e no Leiria Shopping, com os melhores filmes do momento. Estamos a 10 minutos…

Veja mais

São opções

Ainda pensámos falar disso no dia um de Abril. Era uma coisa gira de se falar mas achámos que iriam achar que era mesmo brincadeira do dia das mentiras. Por aqui temos o teatro Stephens sem funcionar. Ali achamos que nem as moscas vão. Queixamos-nos de desigualdades de tratamento entre freguesias. Uma parece ameaçar sair da…

Veja mais

Aborto

Veio ontem nas noticias que casos há de mulheres que fizeram já 10 abortos. A noticia em si não é grave apenas em termos de saúde publica. A situação económica que passamos leva a que isto possa acontecer. A maior preocupação, no entanto, não está ao nível dos cuidados de saúde. Numa época que começamos a ver os candidatos a…

Veja mais

Dia 1 de Abril

Ontem foi o dia 1 de Abril, também conhecido como o Dia das Mentiras. Como alguns adivinharam, outros nem tanto, o que dissemos em relação à demissão do vereador Paulo Vicente foi apenas uma brincadeira alusiva ao dia. Ainda não é verdade que tivesse sido demitido ou que o Álvaro tivesse dito querer pô-lo na rua…

Veja mais

Feira de Abril

Crescemos com a ideia de que em Abril podíamos ir brincar para a feira. Os matraquilhos; os carroceis; os carros de choque; as farturas; as adivinhações da bruxa… Tudo o que fazia parte das ilusões das crianças estava ali. À medida que vamos crescendo, as nossas ilusões de criança vão  desaparecendo e o imaginário dá lugar à…

Veja mais

Ridículo!

Temos dificuldade em compreender algumas realidades. Toda a gente bate na tecla da crise. A vinda da presidente do Brasil e do ex-presidente é algo que poderá ajudar o país da sair da fossa em que está. A mobilização dos nossos deputados para o bem do país era algo que esperávamos que acontecesse. Eis que o deputado que…

Veja mais

Sair de cena

Somos conhecidos por bem receber. Somos um país virado ao turismo. Por seu lado, o Brasil é um pais em crescimento, com um desenvolvimento invejável. Dizem as regras que se deve receber bem quem nos visita. Ora aqui está o busílis da questão. Lula veio do outro lado do oceano, cheio do que são as experiências que viveu, primeiro como…

Veja mais

Rotários, mas não muito!

Já algumas vezes ouvimos falar nos Rotários. Internacionalmente são uma organização com fins humanitários. Por cá também os temos. Ainda não conseguimos foi perceber qual a razão da sua existência aqui nem o que têm feito. À excepção da iniciativa de Natal, não conseguimos encontrar actividades que tenham sido desenvolvidas por este grupo. Podendo até ser…

Veja mais

Precipício

Sabemos que a vida de autarca nem sempre é fácil. As dores de cabeça devem ser algumas. Agradar a gregos e troianos não será simples. Mas não pensávamos que as dificuldades fossem tão grandes. Encontrámos o Álvaro à beira do precipício. Que estaria a passar-lhe pela cabeça para atitude tão radical e tresloucada? Nós sabemos que o trabalho mostrado não tem…

Veja mais