UDL, o balanço

Poucas deverão ser as pessoas que não se lembram do conhecido quadro do menino triste. Poucas deveriam ser as casas que há uns anos não tinham um destes na parede. Depois do que hoje soubemos, acreditamos que, se o quadro fosse feito hoje, utilizariam não a cara do menino mas a do Álvaro. Os que…

Veja mais

ACIMG não!

Com o passar dos dias e com cada vez menos movimento, fomos dar uma espreitadela ao que são as iniciativas da associação dos comerciantes. Não encontramos nada! Bom, não é bem assim! Encontrámos algo que não esperávamos. A ACIMG tem por fim apoiar os associados que pagam mensalmente para poderem estar inscritos. Ali encontrámos a…

Veja mais

O escolhido

Depois de ter sido lançada a ideia de que o PCP poderia avançar com um independente, soubemos que esse cenário não foi nunca equacionado. Quem neste momento está na corrida, parecendo ser o único, é mesmo o Cascalho. O apoio que o Barros lhe deu poderá ter sido determinante para que a escolha para a…

Veja mais

Cartão vermelho

Depois de tudo o que tem acontecido desde que o Cruz  terá dado a conhecer, ainda que indirectamente, a sua intenção de ser ele o candidato à câmara que as movimentações no interior do partido têm sido muitas e, pelo que soubemos, os militantes terão acordado. A intenção do Cruz não é muito bem vista…

Veja mais

Decidam-se!

Agora que está tudo ainda mais parado aqui na terra, podemos dar atenção a alguns detalhes. Aqui não escrevemos seguindo o novo acordo ortográfico. Ainda não é vinculativo e, por não concordarmos e por opção, vamos continuar a escrever em português tal como o aprendemos. Os organismos oficiais ainda não estão vinculados a adoptá-lo mas…

Veja mais

Pequenos gestos

Estamos em tempo de crise, não há dinheiro para nada, anda toda a gente triste por não poder fazer a vida que fazia… Tudo isto é já demasiado falado e, quanto mais se fala, mais tristes ficamos. Alguns de nós têm ainda a ideia que quem manda deveria fazer alguma coisa para nos dar uma…

Veja mais

Poluição visual

O única cartão de visita positivo que a terra ainda tem são os parques. Não temos eventos culturais que dêem movimento à terra; já não temos comércio; não se vê ninguém nas ruas; não há quase nada que motive as pessoas a sair de casa. Temos os parques que, apesar de começarem a revelar abandono,…

Veja mais

As diferenças

Enquanto em Espanha as ruas se enchem de manifestantes que protestam contra o que consideram ser uma violação dos seus direitos, por cá as manifestações organizam-se com várias filas de manifestantes espaçadas entre si por vários metros para dar a ideia, quem vê ao longe, que se trata de uma multidão e que a avenida…

Veja mais

O adeus anunciado

Tudo leva a crer que o Santos não irá mesmo ser candidato pelo PSD, por qualquer outro partido ou movimento. Acreditamos que algo de muito grave terá acontecido para que ele tenha decidido fazer assim um anúncio. A actual liderança da concelhia não deverá estar isenta de responsabilidade nesta decisão. Três anos depois de ter…

Veja mais

De fora para dentro

Depois do muito que se tem falado, o PCP veio ontem, em comunicado que poderão ler aqui, tentar por ordem na casa. Segundo o que pudemos ler, o PCP está ainda em processo de decisão sobre quem irão ser os nomes que serão avançados. Também não esperávamos outra coisa a este tempo das eleições. O…

Veja mais

Teimoso

Ontem lemos num jornal que a SAD do UDL quer continuar a jogar aqui na terra. Lemos também que o Álvaro terá dito que “só após uma reunião com a SAD da União de Leiria, em que se analisarão as condições estipuladas no protocolo de utilização do estádio da Marinha Grande, assinado o ano passado, é que…

Veja mais

IVA

Quando ontem lemos que iríamos poder descontar para o ano €250 nas despesas que tivéssemos com restauração e oficina ficámos contentes. Não é todos os dias que o Gaspar nos dá boas notícias. Quando hoje sabemos que temos que gastar por mês €2.228 para poder descontar os tais 250 percebemos que tudo vai continuar na…

Veja mais

Já só tem um ano

Com o calor e sem nada a acontecer na terra que nos leve a pensar noutras coisas, fomos reler o discurso do Álvaro quando, há três anos, tomou posse. Naquele acto solene, ele disse que iria implementar “medidas de impulso para a indústria e produção, não esquecendo os sectores primários de actividade“.  depois de tantos…

Veja mais