Chega!

Tudo o que é demais enjoa. Desde que nos conhecemos que vemos serem efectuadas transferências avultadas de dinheiro para a Madeira. Até entendemos que os coitados não têm outra fonte de rendimento que não seja as bananas e o turismo, mas estamos cansados de ver tanto dinheiro ir para lá. Agora somos presenteados com mais…

Veja mais

Primeiro incumprimento

Quando há uns dias tivemos conhecimento do acordo que tinha sido feito para o estádio com o União, desconfiámos do que iria ser feito. Mas como não quisemos ser os “velhos do Restelo”, demos o beneficio da dúvida. Hoje é o dia em que o primeiro relvado sintético deveria ser entregue. Seria a primeira prestação…

Veja mais

Domesticados?!

De volta ao que são as redes sociais, há formas e formas de dizer as coisas. A respeito do que são as intervenções das populações quanto aos estacionamentos, eis que vem a definição que poderá marcar a diferença entre nós cá na terra e os vizinhos de Leiria. Os de lá estão “domesticados”. Tínhamos a…

Veja mais

Sem diplomas

Surgiu nas noticias que alguns candidatos a GNR apresentaram diplomas falsos e, como é lógico, foi aberto um processo pelo Procurador Geral. Até aqui está tudo certo. Ao lermos a notícia não conseguimos é encontrar razão para a diferença de tratamentos. Todos se recordam da polémica que o diploma do ex-primeiro ministro causou. Se é…

Veja mais

Injustiças

Hoje é um dos homens mais procurados. Laden já não incomoda, morto ou não, e teve que se criar um novo inimigo público. Não somos dos que defendem a sua manutenção no poder mas também não somos dos que achamos que agora se deve fazer tudo o que for necessário para o eliminar. Então quando…

Veja mais

Ricos a pagar

Até agora não conseguimos fugir à ideia de que os pobres é que pagam a crise. Tem sido sempre a classe mais baixa quem tem suportado os custos do Estado e quem tem saído mais penalizado. Com a ideia já implementada em França, Passos parece inclinado a seguir o exemplo. Não sabemos ainda se a…

Veja mais

Pedras… guardamos todas

Com os problemas do dia-a-dia, com a situação económica a agravar, com os dirigentes a não resolverem os problemas, deixamos aqui um texto, que alguns atribuem a Fernando Pessoa, para pensar: “Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar algumas vezes irritado, mas não esqueço que a minha vida é a maior empresa do mundo. E posso evitar que ela…

Veja mais

Assim não, não mesmo!

Algumas vezes temos dificuldade em perceber algumas coisas. Todos sabemos que a Santa Casa aqui da terra recebe donativos de imóveis de utentes que querem lá ficar ou ser por ela servidos. O que não sabíamos era que havia imóveis que eram colocados em nome, não da misericórdia, mas em nome particular. Um frequentador aqui…

Veja mais

O que se pede

“Advoguei sempre que se fizesse a política da verdade, dizendo-se claramente ao povo a situação do País, para o habituar à ideia dos sacrifícios que haviam um dia de ser feitos, e tanto mais pesados quanto mais tardios.  Advoguei sempre a política do simples bom senso contra a dos gran­diosos planos, tão grandiosos e tão vastos que…

Veja mais

Fim da linha

Lemos no outro dia duas coisas que nos deixaram com a pulga atrás da orelha. Por um lado, lemos o presidente da câmara afirmar que a nossa terra era importante, até porque diariamente saem 600 camiões carregados de vidro. Por outro, lemos que a linha do oeste vai fechar. Isto pôs-nos a pensar no que…

Veja mais

Dias úteis da TUMG

“Os períodos de estacionamento de duração limitada e onerosa correspondem aos dias úteis, das 08h30 às 18h30, e aos sábados, das 08h30 às 12h30.”. Depois de vermos esta informação dada pela câmara quanto ao estacionamento – note-se que a informação vem da câmara e não da TUMG como à primeira vista poderia parecer lógico uma…

Veja mais

Grupos de classe

O Cardeal Patriarca de Lisboa terá hoje ido contra os “grupos de classe“, mais conhecidos por sindicatos, por defenderem o individual em vez do colectivo. Terá afirmado que “Está a fazer-me muita confusão ver neste anúncio das medidas difíceis que até nos foram impostas por quem nos emprestou dinheiro que os grupos estejam a fazer…

Veja mais

As 7 maravinhas

Está a concurso para ser uma das sete maravilhas. É, sem dúvida, um dos melhores pratos que se pode comer. Quem já teve esse privilégio sabe o que dizemos. Há, no entanto um senão… em período de crise grave, será de esperar que um prato rico como este consiga ganhar? Esperamos que sim, até para…

Veja mais

Férias

Na Marinha foi assim…nem moscas se viam. Até elas foram de ferias! Nas férias, apesar da crise, nao via vivalma! Quem, à semelhança de outros anos, tentou fazer alguma coisa, deu com as portas fechadas. A terra saiu para voltar daqui a uns dias. Será que é isto que quer dizer a crise… não haver…

Veja mais