Seres inúteis

Hoje que se comemora o dia em que os que trabalhavam se revoltaram, não conseguimos deixar de pensar naqueles que  estão à frente de partidos ou de cargos políticos mas que nunca fizeram nada na vida.  São os famosos “boys”. Seres inúteis e sem utilidade que vivem à custa de terem conseguido lugares em partidos…

Veja mais

18 de Janeiro

Comemora-se amanhã mais um aniversário da revolta operária de 1934. Apesar de não ser um assunto que se estude nas escolas, não nos parece que seja um eu deva entrar no esquecimento. Representa muito do que o povo Marinhense já foi. Sabe-se que a câmara contribui sempre com dinheiro para a organização e parece-nos que…

Veja mais

As fontes

Há coisas que se entendem, outras há que são de difícil compreensão. Ontem foi noticiada uma eminente ruptura da coligação que governa a terra. Já há muito que se sabia de alguns problemas e é normal que a oposição possa querer usar alguma coisa de que tenha conhecimento para tentar desestabilizar. Quando isso vem nos…

Veja mais

A que título?

Nem sempre se consegue entrender a forma como os nossos políticos agem! Claro que isso não é novidade! Lemos uma reclamação da direcção de uma colectividade queixando-se de não ter contado com a presença do Álvaro no almoço de aniversário. Entende-se que ele possa não conseguir estar em todo o lado e deveria ter enviado…

Veja mais

Quanto tempo?

A coligação entre PS / PCP dura já há mais de um ano. Apesar de terem defendido ideias diferentes durante a campanha, após a coligação tem-se notado existir uma identidade de ideias e procedimentos entre todos. A coligação é, ainda assim, contrária a tudo o que seria esperado. O PS e PCP pouco ou nada…

Veja mais

Silêncio, não!

Hoje deverá sair a primeira edição após o atentado em Paris. Não a iremos ler e sabemos que haverá quem não deixará de falar no que aconteceu na Nigéria e em muitos outros países onde há loucos que não deveriam sequer ter nascido. Haverá também quem fale na hipocrisia dos que mandam e que patrocinam,…

Veja mais

Assim, sim!

Somos às vezes criticados por apenas apontarmos para o que está mal. A razão é simples: poucas são as coisas boas que acontecem. Desta vez temos que dar conta de algo que nos surpreendeu, pela positiva. Dez é um número como qualquer outro mas neste caso representa o número de minutos que a nova directora…

Veja mais

Incontactável

A semana passada lemos num dos jornais um texto que fez referência ao papel dos inpedendentes na politica local. Quando eles apareceram, desde o tempo do Artur, que tentaram mostrar-se mais próximos dos munícipes. Esse foi, aliás, um dos argumentos que foi usado nas diferentes acções de campanha que tiveram lugar. Não nos pronunciando sobre…

Veja mais

Servir de bandeja

Todos sabem que “não é com vinagre que se apanham moscas”. A mudança de postura do Logrado assenta nessa ideia. Se até há pouco não conseguíamos entender a razão da mudança, tivemos informação que vem, de algum modo, explicar a razão da alteração se comportamento. O Logrado percebeu que não seria mantendo uma posição de…

Veja mais