Livros para todos

Este ano, à semelhança do que antes aconteceu, a câmara irá oferecer os livros às crianças do primeiro ciclo. De todas as medidas que foram tomadas pelo executivo camarário, esta é daquelas contra a qual temos muito pouca coisa a dizer. Numa primeira vista parece ser uma medida totalmente acertada. Há um ano criticamos o…

Veja mais

Ideias novas

Foi já anunciada a abertura na terra da Universidade Sénior já em Setembro. Não sabemos se irá dispensar licenciaturas à moda da Lusófona mas, independentemente disso, é bom que este tipo de iniciativas tenha lugar. Esta informação fez-nos lembrar o momento em que o PCP mandou para cá o Filipe, como que para por ordem…

Veja mais

Museu do Vidro

Num período como o que estamos a passar, há quem goste de ir para a praia mas há também quem procure conhecer coisas novas, tentar aprender e conhecer aquilo que é a história de cada terra. Quando ontem falávamos com uns amigos que cá vieram, tivemos a ideia de os aconselhar ir visitar o museu do vidro.…

Veja mais

PCP puxa tapete

Há uns dias o executivo entregou à oposição a proposta das comparticipações que pretendem atribuir aos clubes  com atletas federados. Esta semana o PCP reuniu com os diversos clubes e o resultado foi o que se esperava: todos rejeitaram a proposta. Muitas foram as criticas que os clubes fizeram àquilo que muitos consideram como sendo uma proposta inaceitável e inconcebível. O…

Veja mais

Sozinhos

No aniversário de um dos maiores cantores brasileiros, lembrámos de uma canção que reflecte, na maior parte das vezes, o que sentimos quando comentamos o que por aqui acontece e vemos que quem manda nada faz para que a vida melhore, sozinhos! Mas, como “quando a gente gosta, a gente cuida“, iremos continuar a querer…

Veja mais

Pena não ser cá

Agora que temos possibilidade de tirar uns dias para sair da terra, fomos dar um passeio por outras cidades onde, tínhamos esperança, poderíamos encontrar algum movimento uma vez que estamos cansados de nada acontecer. Estamos agora por Braga onde se vê movimento, crescimento e desenvolvimento. De entre as muitas coisas que gostámos de ver, uma…

Veja mais

Mais um tiro no pé

Há quem não saiba quando ficar calado ou, não querendo fazê-lo, saiba como falar bem. A propósito do que tem sido falado relativamente à retirada de confiança politica ao Santos, a comissão politica sentiu-se na necessidade de vir “esclarecer posição“. Quando se começa a ler o “esclarecimento” pensa-se que eles vêm afirmar que não foi…

Veja mais

Almoço com o presidente

Lemos hoje uma extensa entrevista do Logrado (tão extensa que já permite ver alguns dos apoios que tem) onde ele se anuncia como candidato. Não é novidade e já há muito que aqui sabemos disso. Esperávamos  mais e melhor! Sem que dê qualquer indicação de quem será a equipa, surge como o líder de uma…

Veja mais

O negócio nos bombeiros

Há uns dias falámos num carro de transporte de doentes que foi oferecido. Tivemos curiosidade de ir saber como funcionavam as coisas até agora em muitas corporações. Ficámos espantados! Pelo que conseguimos apurar, o transporte de doentes tem sido, para as associações de bombeiros, uma fonte de rendimentos interessante mas que, pelo que foi feito,…

Veja mais

Sem solução à vista

Algum tempo passado desde que a confusão teve início no seio do segundo partido da oposição, está-se ainda sem solução à vista. Aqueles que nada fizeram antes das eleições da concelhia, estão agora a tentar que as ideias do seu presidente não vão para a frente. Depois de ter sido colocado o lugar à disposição…

Veja mais

Os apoios ao desporto

Tivemos acesso à proposta de comparticipação da câmara à actividade desportiva dos diversos clubes do concelho. Depois de lermos e vermos que o valor que a câmara irá distribuir é menor do que o ano passado, ficámos com dúvidas quanto aos critérios usados. Nota-se uma redução acentuada no financiamento de todos os clubes no que…

Veja mais

Temos saudade

Temos deparado com algumas cenas que não podemos deixar de achar cómicas. Quem conhece o Álvaro sabe que ele, antes de ter ido para a câmara, era uma pessoa simples, acessível e afável. Algo mudou e todos se queixam! Agora, além de se ter tornado numa pessoa diferente, é vê-lo, nas obras junto à EPAMG, a barafustar…

Veja mais