E agora Álvaro?

Como era previsível e falámos aqui há uns dias, quando o barco começa a afundar de forma irreversível, o Bartolomeu abandonou-o e pediu a demissão. Agora o UDL está sem alguns jogadores e sem quem mandava no clube há anos. Poderia-se dizer que este é um problema deles mas não é assim. Quando há quinze dias foi…

Veja mais

Cobradores de fraque

Este fim-de-semana decorre por cá o rally. Goste-se ou não de ver carros em velocidade, é uma tradição que esperemos continue por muitos anos. O que não gostamos é de ver tratamentos diferenciados. Cá na terra alguns agentes da PSP parecem agir como cães atrás de um osso à procura de um incauto que se tenha…

Veja mais

A passos largos…

Os dias vão passando e cada vez mais as dores de barriga vão apertando. Ontem lemos que dois jogadores do UDL rescindiram o contrato por falta de pagamento de salários. Obradovic e Luís Leal saíram. Todos sabem que um clube de futebol tem como principal matéria prima os jogadores e quando um clube chega ao…

Veja mais

Fumar… acabou-se

Parece estar a existir alguma polémica por o governo querer multar quem fume no carro com crianças a bordo. Alguns defendem que se é o Estado o dono da tabaqueira, não tem fundamento qualquer proibição. Não entendemos os argumentos dos que fumam e menos ainda argumentos como estes. O Estado também é dono das estradas…

Veja mais

Em degradação

Hoje, quando passávamos na avenida, constatámos que mais um espaço estava fechado. Desta vez não foi uma loja ou espaço comercial mas uma agência bancária. Ali estava uma dependência do Santander. Ao que sabemos, também o BES, BPI e BCP se preparam para fechar agências aqui na terra. Todos sabemos que os bancos dizem que…

Veja mais

Mais um aumento!

Ontem a responsável pelas águas anunciou o aumento do preço. Se acreditássemos no que ela diz, acreditaríamos que o aumento apenas irá acontecer para o ano que vem. Como o crédito que lhe damos é nenhum, estamos já preparados para esse aumento entretanto. Numa altura que se fala na privatização das águas, este aumento não…

Veja mais

A mentira no ensino

De todos o ministros, o Crato é aquele que nos parece menos desonesto. De um modo ou outro, não se tem afastado do que defendia quando era um mero professor. Hoje que recomeçam as aulas há uma coisa que, apesar do que pensamos dele, não podemos deixar de discordar e até reprovar. Quando agora acabou…

Veja mais

A salvação do BE

Ontem Louçã veio falar, pela primeira vez, em eleições antecipadas. A ideia poderia até ser boa se não estivéssemos a atravessar uma crise no seio da oposição. O PS está cada vez mais desunido, sem líder com peso ou carisma. O PCP mantém-se no mesmo rumo de sempre. Do BE pouco se ouve falar. Com este cenário,…

Veja mais

Vai-se pirar?!

Fontes próximas ao presidente da câmara de Leiria asseguram-nos que dispõem de informações que permitem chegar à conclusão de qual é a intenção do actual dono do União, que se prepara para abandonar tudo e não pagar nada a ninguém. Em conversa com alguém bem posicionado e próximo do Castro, foi-nos assegurado que sabem, de…

Veja mais

Desafio

Ao longo das últimas semanas temos assistido a problemas que se sucedem, protagonizados pela câmara. De uma forma esporádica, temos lido algumas opiniões dos principais membros da oposição. De um modo ou outro, os eleitos têm conduzido a terra ao estado em que se encontra actualmente, com mais ou menos culpas de uns e outros.…

Veja mais

Páscoa

Na Páscoa celebra-se, para os que acreditam nisso, a ressurreição de Jesus. O momento em que ele volta à vida depois de ter sido crucificado. Para os católicos tem um significado religioso para os outros é só mais um dia para descansar. Depois de meses a penar, mais meses se avizinham e bem piores. A Páscoa…

Veja mais

À sombra do subsídio

De entre as muitas coisas que discordamos deste governo, e são quase todas, há uma que, se for como está anunciado, poderá ser boa. Rigor na atribuição e controle do subsidio social de inserção (e também de desemprego). Isto foi criado com o objectivo de ajudar aqueles que não tinham fonte de rendimento mas rapidamente…

Veja mais

Muito vagarosamente

Hoje, enquanto ouvíamos a discussão no parlamento sobre o orçamento rectificativo, além da dificuldade de conseguirmos estar acordados enquanto o ministro das finanças dava as suas explicações, houve um momento em que ficamos mesmo assustados. Para poder tentar convencer quem o ouvia – porque a maioria já dormia –  que ele não tinha mentido em relação à…

Veja mais