(Des)ensino

De quando em vez recebemos algumas informações sobre o que se vai passando na terra a diversos níveis. Nem sempre a política é o que mais importa e há coisas que nos preocupam demasiado. Sabemos que um país onde o ensino não presta é um país condenado ao fracasso. A nível de ensino superior não…

Veja mais

Amarrado

A semana passada houve um jantar do PSD que tinha por objectivo tentar dar um rumo ao partido. Sabemos que o Santos foi convidado e que esteve no jantar. A indecisão que tem mostrado leva a que os do partido ainda achem que o conseguem convencer a poder dar mais uma vez a cara pelo…

Veja mais

Fim do mundo

Há quem esteja a fazer planos para o fim do mundo que os Maias previam poder ocorrer em 21 de Dezembro deste ano. Apesar de nada existir que possa prever que isso vá acontecer, estamos convencidos que há cá na terra quem acredite nisso. Pelo que temos visto ser a actividade da câmara, estamos convencidos…

Veja mais

O homem invisível

Já se sabe que o comércio está sem qualquer dinamismo na terra e que nada se vê acontecer. Da parte da câmara é como se esse fosse um assunto na agenda apenas depois da conclusão da resinagem, nada se fazendo nem importando fazer até lá. Da parte da associação que representa os comerciantes, também nada…

Veja mais

Há fome na terra

Ontem soubemos já muito tarde o que estava a acontecer numa escola cá na terra e não conseguimos dar disso conta antes. A realidade é triste e vai muito além das questões políticas que nos vão entretendo no dia-a-dia. Numa escola venderam, ontem, brinquedos a preços baixos, sendo as receitas usadas para a escola poder…

Veja mais

Shhhhh!

Pelo que ficámos a saber esta semana, nem o Álvaro nem o Vicente dão qualquer informações sobre o que se está a passar com as negociações entre a câmara e a Santana, que ganhou o processo da resinagem. Nem mesmo depois de terem sido feitos requerimentos, é dada qualquer informações. Por estranho que pareça, nem…

Veja mais

Árvore de Natal

Ontem tivemos que ir a uma conhecida empresa vidreira aqui da terra. Quando estávamos à espera, vemos entrar uma carrinha da câmara. Nada de anormal! Como somos curiosos, ficámos a coca para ver o que se tratava. É quando ouvimos comentários relativos a garrafas para a o Natal. Achámos estranho e, quando o carro saiu,…

Veja mais

Caixinha de surpresas

Logo ao jantar, aqueles que ainda tentam dar um rumo ao PSD, vão estar juntos ali para os lados das Trutas. Não sabemos se o Santos foi convidado e se, caso tenha sido, irá estar ou não presente. As indefinições que existem naquele partido são tantas que até acreditamos que, se foi convidado, a vontade…

Veja mais

A rainha do PCP local

Com o afastamento do Filipe do Comité Central, o PCP local ficou representado pela Etelvina. Desde que o Sérgio meteu os papeis para a reforma, tem sido ela quem tem mantido o sindicato dos vidreiros em funcionamento. Claro que com o fecho das vidreiras, o dia será passado sem ter nada que fazer daí que…

Veja mais

Todos de “trombas”

A semana passada estivemos nas comemorações do octogésimo aniversário da BIR, na Vieira. É sempre bom ver uma instituição que consegue manter-se durante tantos anos ao serviço dos que por lá passam. Além de ter sido um bom momento para vermos pessoas que já há muito não víamos, foi também o momento para ver como está a funcionar…

Veja mais

Acordar de um sonho

Ontem à noite passámos por uma das ruas onde ainda existe algum comércio e onde ainda se consegue passar. Quando deixámos para trás a rua que já foi a mais movimentada, antes de alguns iluminados a terem vedado ao transito, demos com uma rua bem enfeitada, com luzes, árvores de Natal grandes e, para nosso espanto, um…

Veja mais

Ser ou não ser

Sabe-se que as relações entre o Vicente e o Álvaro já foram melhores. Se antes andavam sempre um ao lado do outro, o afastamento é agora visível. Até nos eventos públicos deixaram de estar um ao lado do outro. A este mau clima não será alheio o facto de começar a haver dúvidas quanto a uma eventual…

Veja mais

Nem tudo é mau

Quem vive aqui na terra não pode deixar de ter dias de autentico desespero. Nada de bom se vê acontecer. Vivemos como se estivéssemos num buraco à espera que as obras do centro sejam a  nossa salvação. De quando em vez lá vão surgindo informações que nos voltam a dar a esperança que possamos voltar a ser…

Veja mais

Natal solidário

Com o Natal a chegar e em tempos de crise, apesar de por cá não se sentir que estamos a chegar a esse dia mágico, há aqueles que se vão preocupando com os que podem estar com mais dificuldades. Tivemos conhecimento de uma iniciativa que tem por objectivo proporcionar uma noite de Natal diferente para…

Veja mais

Receita de sucesso

A FAG aí está e já lá fomos dar uma vista de olhos. À semelhança do que tem acontecido nos outros anos, a organização está de parabéns. Vale a pena visitar e a esperança que temos é que possa haver muita gente a lá passar. Apesar de, finalmente, ter sido dado o apoio por parte…

Veja mais

Falta de ideias

Na quinta-feira, depois de ouvirmos o Álvaro, ficamos mais preocupados com o futuro da terra do que já estávamos! Desde o início das obras na resinagem que a câmara tem vindo a anunciar que ali está a salvação para o centro e que aquela obra vai ser o pólo dinamizador do que está moribundo. Apesar de um…

Veja mais

Toma lá dinheiro

Há algum tempo que tem sido usado o argumento que a câmara não tem dinheiro para que não se façam determinadas coisas. Na quinta-feira, na reunião de câmara, fizeram o que era esperado há muito e atribuíram dezassete subsídios a diferentes instituições e organizações. Desde o Clube Automóvel ao Tócandar, até aos apoios para os jantares de Natal, a câmara deu…

Veja mais

Um mãos largas

Logo não iremos estar na abertura da FAG. Sabemos que irão lá estar os políticos e todos aqueles que acham que são importantes e, como não nos enquadramos nessa categoria, vamos lá passar apenas amanhã. Quem logo lá estiver vai poder ouvir os discursos de circunstância e vai seguramente ouvir o Álvaro anunciar que a câmara…

Veja mais