Quem se segue… nos restantes

Tendo em conta o que foram os resultados eleitorais de há quatro anos, demos uma vista de olhos nos números dois dos concorrentes às autárquicas. Tentámos fazer o mesmo em relação aos demais candidatos, mas, possivelmente por falha nossa, não conseguimos arranjar matéria para escrever sobre cada um de forma individual. Fazemos, por isso, tudo…

Veja mais

Quem se segue… no +C

Este ano com uma campanha a começar tarde, a número dois do +Concelho é já conhecida das lides politicas depois de quatro anos como deputada, apesar de não ter experiência na gestão autárquica. Professora de profissão, tem tido um mandato durante o qual não tem seguido sempre a mesma orientação que o vereador tem defendido.…

Veja mais

Quem se segue… no MpM

Integrando uma lista mais tecnocrata, a segunda da lista o MpM, a Ana, é repetente no lugar. Há quatro anos ocupou a mesma posição. Vinda da câmara de Ourém, onde é técnica administrativa, diz-se que é quem prepara as reuniões e as posições que são ditadas para as actas nas reuniões de câmara. Diz-se por…

Veja mais

Preocupante

Recebemos informação de um assunto que é sobejamente falado, mas que evidencia a incapacidade da câmara de resolver certos assuntos. Na informação que nos foi enviada, um munícipe queixou-se em Janeiro alegando que “deparo com a presença de dois cães em completo abandono no largo” e que “estes animais que claramente são vítimas da acção…

Veja mais

É concebível?

Amanhã vai ser aprovada, se o for, a acta da reunião de câmara de 4 de Maio. Desde essa reunião até hoje houve mais oito reuniões. Os munícipes que não assistem às reuniões têm assim que adivinhar o que é decidido desde há nove reuniões atrás já que não há disponibilização da informação.

Veja mais

Quem se segue… na CDU

Na ronda que estamos a fazer pelos números dois das diferentes listas, fomos dar uma espreitadela à lista da CDU. Com a cabeça-de lista independente, o partido teve necessidade de escolher alguém que seja militante. A Lara, bióloga, tem exercido funções de tesoureira na Junta e a sua candidatura surge como que de surpresa. Sem…

Veja mais

Porta fechada

Soluções e mais soluções foi o que se ouviu no debate da semana passada em relação ao turismo. Há pouco lemos um queixume de quem vive do turismo relativamente ao facto de o museu do Edifício da Resinagem, Esculpir o aço e Núcleo de Arte contemporânea terem estado fechados nos últimos quatro dias e hoje irem…

Veja mais

Quem vem a seguir

Apesar de haver um pouco a tendência para se falar nos cabeças-de-lista, há mais em quem se deve pensar. Quando houve algum tabu sobre quem iria ser o número dois de cada um dos candidatos, especulou-se sobre quem seriam, mas depois de se conhecer cada um deles, nunca mais se abordou o assunto.  Se há…

Veja mais

Azáfama

Com o prazo que foi dado a algumas candidaturas para entregarem o que faltava, ou corrigirem o que foi entregue, para que possa tudo ser finalmente validado a terminar hoje, foi ver os diversos elementos das candidaturas a entrarem e saírem do tribunal, como se aquele fosse um lugar de visita obrigatória. Foi um dia…

Veja mais

E dinheiro?

Quando, na sexta, ouvimos o debate entre alguns dos candidatos à câmara, ouviu-se muita coisa naquelas duas horas e meia de conversa. Ideias não faltam, mas não houve uma única referência ao que é mais importante: como pagar. Os candidatos desdobraram-se a tentar mostrar que são melhor que os outros, que têm mais soluções do…

Veja mais

Mandar o pau

Há uma diferença entre mandar o pau e ser pau mandado. Não precisamos explicar porque é algo que todos entendem. Depois do que ontem lemos, do que temos vindo a ler no mural do Pedrosa, ficámos a pensar no que será a governação do Álvaro. Não podendo fazer-se futurologia, não temos dúvidas que a vitória…

Veja mais

Vergonhoso

O combate politico faz-se de todas as formas, mas há limites que se atravessam que deixam uma imagem dos políticos que é vergonhosa. Ontem o Pedrosa escreveu sobre o facto de um candidato à câmara ter feito anos e, à semelhança do que fez antes, comparou-o ao louco da Coreia. Como se não bastasse o…

Veja mais

Enfadonho

Enfadonho é o adjectivo que encontramos para descrever o debate de ontem. Seis candidatos à câmara e um representante de uma das coligações que estiveram duas horas e meia a falar quase sempre do mesmo. Com muito tempo a falar de Fátima, como se fossemos um concelho vizinho, não se ouviram soluções para o problema…

Veja mais