O acordar

Raro é agora o dia em que não somos surpreendidos com o anúncio de alguma coisa que vai acontecer aqui na terra. Este mês vai ser recheado de acontecimentos. Ontem o dia esteve repleto de actividades para as crianças. Apesar da manifestação contra a troika, o dia não ficou ensombrado pelos protestos e as crianças…

Veja mais

Montanha pariu um rato

Há uns dias tivemos conhecimento que no seio do PCP houve quem tivesse reagido de forma indignada a comentários que foram feitos por um destacado membro do PS numa rede social em relação ao Vítor, entre outros. Soubemos que foi manifestada a intenção  de “fazer sangue” e não deixar que o assunto ficasse sem que…

Veja mais

Mortalhas de asfalto

Quando agora passamos em algumas estradas na terra, faz-nos lembrar quando estivemos em Cuba! Não nos referimos às dificuldades em que vivem devido a anos de embargo, às condições de saúde aos locais de férias, ou ao facto de de termos passado pelo Esperança e vir-nos à ideia os charutos! Os charutos vieram-nos à mente…

Veja mais

Critérios que não se entendem!

Este fim-de-semana vai ser preenchido. Se durante quase quatro anos nada aconteceu, nestes dois dias vamos poder tirar a barriga de misérias! Vai ser o Sábado destinado às crianças e o Domingo destinado aos animais. Não nos referimos a quem possam estar a pensar! É mesmo um Domingo destinado aos cavalos e a quem gosta…

Veja mais

Um namoro difícil

Há algum tempo falou-se na possibilidade de se fazer uma junção dos movimentos independentes, incluindo nisso o Santos. Pelo que soubemos o jantar chegou a estar marcado mas, à ultima da hora, o Aurélio recuou na intenção de o levar para a frente. Tivemos agora conhecimento que o Aurélio e o Logrado, com membros dos…

Veja mais

Arranha-céus da Cultura

Desde que começamos a ver no que se estava a transformar o velho Stephens que ficámos com muitas dúvidas em relação integração que irá existir daquela obra naquele local. Parece-nos desajustada e desproporcionada. Não vamos aqui falar na data de abertura daquele espaço porque começamos a acreditar que já não interessará ao Álvaro a sua…

Veja mais

Este ano há… eleições!

Estamos até hoje para conseguir entender a razão de não ter sido organizado nada o ano passado no dia da criança. Houve quem se tivesse desculpado com o facto de não haver dinheiro. Houve quem dissesse que tudo tinha a ver com a Lei dos Compromissos. Não houve explicação por parte da câmara. Sem surpresas,…

Veja mais

O adeus

Já há alguns dias tínhamos ouvido uns zum-zuns acerca de uma saída de peso do MpM. Um dos que foi quem mais pareceu ter tido um papel activo no aparecimento do Aurélio não está mais com ele. Ainda sem que saibamos as verdadeiras razões deste abandono, já que todos se têm remetido a um silêncio…

Veja mais

Programa eleitoral

Com o aproximar das eleições, apesar do atraso que existe, acreditamos que irão ainda ser inauguradas algumas coisas. A lógica que normalmente está por trás da necessidade de se ganharem eleições leva a isso. Como habitualmente todos se esquecem do que foram as promessas eleitorais, é fácil dizer-se que tudo foi feito e que o…

Veja mais

Assinaturas, porta a porta

Com os dois movimentos independentes no terreno a tentar não perderem os apoiantes, as formas de actuação que vão tendo são diferentes. Se da parte do Logrado existe um maior envolvimento mediático, com iniciativas com as quais tentam obter as assinaturas necessárias a poderem chegar a eleições, da parte do Aurélio a acção de recolha…

Veja mais

É o que temos!

“O pior que nos pode acontecer é um Beppe Grillo, um Sidónio Pais. Mas não por via militar. (…) Nós já temos um palhaço. Chama-se Cavaco Silva, Muito pior do que isso, é difícil.”. Foi assim que o Miguel Tavares classificou o Cavaco. Claro que agora está a contas com a justiça e apesar de…

Veja mais

Ajardinando uns votos

Sem que possamos dizer que ficámos surpreendidos, quando esta semana passamos em vários locais aqui na terra, encontrámos quem estivesse a arranjar os jardins. Se durante quase quatro anos nada foi feito, o aproximar das eleições está a fazer com que alguma coisa comece a ser feita. Sem que seja coincidência, está-se a mexer naquilo…

Veja mais

Cala-te

Há alguns personagens da nossa vida politica local que perderam a noção do bom senso há algum tempo. Não percebem que a teimosia de tentarem manter-se activos causa mais danos do que benefícios. Ontem lemos, com esforço, o texto que o Cruz, ex-presidente da concelhia do PSD, nos quis oferecer. Além do azar que o…

Veja mais

Heroína ou nem por isso!

Quando ontem dávamos uma leitura no jornal cá da terra, voltámos a depararmo-nos com mais um texto do Pedrosa. Já não nos admiramos que agora, até às eleições, tenhamos que dar de caras com o que é a sua opinião. Num texto claramente eleitoralista, notámos que o Pedrosa colocou a Cidália como sendo quase uma…

Veja mais

As coisas boas

Quase desde o início que somos acusados de criticar este executivo, de nada encontrarmos que tenha sido bem feito e de apenas apontarmos para o que está mal. É provável que olhemos apenas para o que nos incomoda e deixemos de lado o que possa ter sido feito. Como não entendemos ser donos da razão e de…

Veja mais

Esquecido

A importância que qualquer um tem não se afere pelo que cada um julga de si mas pela importância que os outros dão. É assim em tudo e com todos. Lemos hoje que a Ministra da Agricultura veio ou virá cá ver o estado das matas mas irá fazê-lo sem que o Álvaro tenha sido convidado a estar presente.…

Veja mais