Isaltino… preso!

Eles começam a tremer. O Isaltino está atrás das grades. Não se sabe durante quanto tempo mas está lá! O tempo em que alguns passavam impunes parece ter passado. Pela primeira vez alguém que esteve no poder, ainda que autárquico, responde pelo que fez. Poderá até vir a ser uma mudança de ciclo em que a justiça comece…

Veja mais

Já não há respeito!

Há umas semanas foi montado um aparato policial na zona da Embra quando foi necessário expulsar um grupo de pessoas que ocuparam uma casa que não lhes pertencia. Ao que sabemos, pouco tempo depois, ocuparam nova casa. Pelos vistos, aqueles que são os defensores das etnias minoritárias não lhes terão dado guarida nas suas casas…

Veja mais

Publicidade ou lixo?

Ontem o dia correu especialmente mal. Quisemos ir ao centro da Marinha para tratar de um assunto e, como agora tem que ser, estacionámos em zona de parque pago. Lá fomos por a moedinha e pelo caminho encontrámos uma pessoa e demos dois dedos de conversa. Quando chegámos ao carro estava já no pára brisas…

Veja mais

Lixo e mais lixo

Tanto quanto sabemos, o serviço de recolha de lixo e gestão de contentores é da responsabilidade da câmara, podendo ter passado a parte da recolha para a empresa de Leiria. Hoje ao passarmos em algumas ruas deparámos-nos com um cenário que é mais próprio de países do terceiro mundo. Não há contentores e quem quer…

Veja mais

Soberania? onde?

A chanceler Alemã sugeriu ontem que os países que não cumpram, percam a soberania. Já nada nos espanta. Espanta-nos é alguém ainda ficar espantado com alguma coisa que dali venha. Não entendemos qual é a surpresa que muitos agora sentem ao ouvir tais afirmações! Então mas não é tudo isto que está a acontecer resultado…

Veja mais

É só inteligentes

Hoje deparámos-nos com uma nova realidade, deveras curiosa e merecedora de ser tida em consideração. Já há alguns dias que quando circulamos na Arala Pinto (a rua da PSP) no sentido da Av. 1º de Maio paramos nos semáforos para cortar à esquerda, para descer a avenida ao lado do cemitério. Como só existem semáforos…

Veja mais

Prepotência

E tempos fomos severamente criticados por uns auto-intitulados líderes num grupo que gira no Facebook. A prepotência dos administradores desse grupo e de alguns que por lá passam tem mostrado o que de pior existe na terra. Agora assistimos a mais umas trocas de palavras que aqui deixamos. Já antes aqui deixámos os links para…

Veja mais

Mais criminosos!

É hoje manchete em alguns jornais a tentativa de cobrança por parte da segurança social de 662 milhões de euros de dívida de empresas que não entregaram o que era devido. Diz a noticia que 30 mil empresas e empresários poderão, se não pagarem, ser acusados do crime de abuso de confiança. Não temos conhecimento…

Veja mais

Pena de morte

Há alguns que defendem os EUA como sendo o país exemplar. Admitimos que de vez em quanto um hambúrguer não sabe mal. O que sabe mal é sentir que daquele lado do oceano se está ainda na idade média. O país onde algumas das novas tecnologias continuam a ser desenvolvidas, mataram ontem um suposto criminoso sobre o…

Veja mais

Calões!

Ontem tivemos, em primeira mão, comprovação do que é o estado do país, em especial, dos que aqui vivem na terra. Precisamos de uma pessoa para trabalhar e, como sabemos que há desemprego, contactámos o centro de emprego aqui da terra. Foram prestáveis e mandaram aqui vir algumas pessoas. Para espanto nosso, ninguém quis ficar…

Veja mais

Onde pára ele?

O Presidente da República é, pelo que sabemos, quem “garante o regular funcionamento das instituições”. Ele é a pessoa que tem a funções de por ordem nesta bagunça. Mas agora ninguém vê o “Sr. Silva” dizer nem fazer nada sobre tudo o que tem estado a acontecer! Não diz nada sobre a Madeira! Não diz…

Veja mais

Jogar à borla

Temos a nítida sensação que tudo está parado. Há vinte dias que ali já se deveria estar a ver um relvado. Há vinte dias que esperamos que haja uma qualquer informação por parte da câmara ou do clube que explique o que se passa. Há vinte dias que não sabemos se a culpa é do União ou…

Veja mais

A vergonha continua

Hoje precisámos de uma consulta no posto médico. Não quisemos ir de madrugada e chegámos já perto das sete da manhã. Não estava muito gente. Apenas a senhora de preto que estava lá desde o dia anterior com uma séria de marcações. Quando chegou perto da hora de atendimento, lá apareceram aqueles que estiveram a dormir até…

Veja mais

Rua!

Seremos só nós quem tem a sensação que este senhor há anos que goza connosco? Já imaginávamos que as coisas por aqueles lados não eram transparentes. Há muito que se fala em deficit democrático, em ausência de liberdade, atropelos à lei, arrogância e tudo o mais que se possa imaginar. Sabíamos que éramos nos quem contribuía para o esbanjamentos que ali havia. Mas…

Veja mais

Caça à multa

Se há coisas que detestamos é sentir que quando andamos na estrada estão lá os caçadores de multas escondidos como que se estivessem a fazer emboscada. Aqui na terra não havia policia que se visse em lado nenhum. Quando agora começou a cheirar a multas, é vê-los de livrinho na mão, prontos a apanhar os…

Veja mais

Início das aulas

Hoje começa a dor de cabeça dos nossos miúdos e dos professores. Ainda com a polémica das avaliações não resolvida, lá vão eles começar a ensinar o que sabem. Mas não será apenas dentro dos recintos escolares que as dores de cabeça começam. O custo dos livros e material será uma forte dor de cabeça para os…

Veja mais

E a luz? Já há?

Ao vasculharmos os arquivos recentes, encontrámos uma alusão a nossa terra feita por um dos mais notáveis caricaturistas. Ao vermos este cartoon recordámos-nos que ainda ninguém deu uma explicação definitiva para o que aconteceu no estádio. Também não conseguimos ver se alguma coisa está a ser feita para corrigir o problema. Uma coisa sabemos, quando o UDL jogar…

Veja mais

Tócandar para o parque

Ainda sem sede, a câmara anuncia, desta vez, com alguma antecedência um evento cultural. No próximo sábado os Tócandar vão bombar no parque. Quando foi da orquestra, foi anunciado no dia anterior. Desta vez, vem o anuncio com cinco dias de antecedência. A Câmara está a aprender com os próprios erros. Ainda não sabemos o que foi prometido ao…

Veja mais

Meia haste

Durante as guerras, os judeus eram assinalados com uma estrela. Quem a usasse era pior que a peste. A Alemanha marcou assim os indesejados. Os tempos mudaram mas as ideias nem por isso. Vem agora uma sugestão dos donos da Europa de marcar os indesejados, uma vez mais. Desta vez não é com estrela mas…

Veja mais

À sombra do arroz

O arroz de marisco, já aqui o dissemos, é uma das maravilhas. Desde sempre nos lembramos dele existir e de a Praia da Vieira ser referenciada em todo o lado pela sua existência. Os que têm conseguido manter vivo aquele prato estão, sem dúvida, de parabéns. Não temos conhecimento como foi promovida a candidatura mas sabemos…

Veja mais

Orquestra sem público

Este fim de semana não se viu quase ninguém. A orquestra da Amierinha quase não teve publico a ouvi-los. Lá encontrámos apenas uma pessoa da câmara mas, neste evento cultural, não esteve o Álvaro. Estranhámos a sua ausência mas depois recordámos que podia ter estado ocupado em Santarém e que é mais bonito e importante…

Veja mais

11-9

Faz hoje anos que milhares morreram. Foi, sem dúvida, um momento que quem viu não conseguirá mais esquecer. A imagem das torres a cair, dos que se lançaram pelas janelas é algo que nunca desaparecerá das nossas lembranças. Há, no entanto, muito ainda por explicar. A forma como as torres caíram; a forma como o edifício onde serviços…

Veja mais

O acordo da escrita

O fim do ano aproxima-se a passos largos. Nós somos dos que não concorda com o passarmos a escrever em brasileiro. Sabemos que somos menos que os “irmãos” do lado de lá do oceano mas ter que passar a escrever mal apenas para nos aproximar-mos deles é algo que temos muita dificuldade em aceitar. Muito…

Veja mais

Sempre é Maravilha

O esforço da candidatura valeu a pena. A câmara e todos os que se envolveram na candidatura estão de parabéns. O discurso do Álvaro não foi brilhante, como já esperávamos, mas a ideia foi transmitida. Isto prova que quando se quer, consegue-se. Porque não usar este empenho em tentar tornar a terra mais apetecível? Se bem que…

Veja mais

Morte lenta?

Tem o povo o costume de dizer que o que nasce torto… Mas nem tudo é culpa do que para ali foi projectado. Já aqui comentários foram feitos de que há quem seja visto nos centro comerciais da terra. Neste poderão ser vistos mas só com alguma sorte poderão fazer compras. A morte lenta de…

Veja mais

Empresas

A câmara promove visitas a empresas de vidro e dos moldes. Achamos uma iniciativa interessante. Numa época de crise grave, conseguir visitar empresas que ainda se conseguem manter em laboração é algo que não pudemos deixar de considerar como sendo uma iniciativa boa. Não deixa. no entanto, de haver um erro. As visitas são para…

Veja mais

Sair de cena

Tendo sido critico do que aqui se escreve, não podemos deixar de comentar. Que leva alguém a sair de cena? Terão as aspirações a alguma coisa caído por terra? Terão as águas sobre a qual os narcisos se vêem ficado turvas? Ou não saberá aceitar as criticas? Seja qual for a razão, acreditamos que o grupo ficará melhor.…

Veja mais

Mais políticos

O governo deve estar com falta de políticos. Não sabemos bem a razão desse decréscimo de políticos mas a última medida que foi tomada evidencia essa realidade. O Estado vai deixar de comparticipar algumas vacinas e as pílulas anticoncepcionais. Num claro esforço de reduzir custos, a saúde vai sair prejudicada. É evidente que essa não comparticipação vai dar origem a mais…

Veja mais

Apagão

Afinal, com o decorrer dos dias, há situações que demonstram que afinal estávamos a ser demasiadamente cépticos. Quando pensámos que a nossa terra não ia ficar a ser falada e conhecida com a vinda no União para cá e que tudo aquilo que está por explicar, desde as condições do protocolo aos custos que a adaptação do…

Veja mais