Trânsito sem solução

Ontem foi para discussão o assunto que nos parece ser de difícil solução. Referimos ao facto de existir, na zona de Picassinos, um tráfego médio diário de 440 camiões. Uma das propostas que esteve em cima da mesa passava por criar dois corredores de transito, um para cada sentido, evitando assim que o transito se…

Veja mais

Zero estágios

Há dias foi dado a conhecer o mapa de municípios que, tendo concorrido, irão poder receber estagiários. O objectivo destes estágios é promover a integração dos estagiários no mercado de trabalho. A ideia não nos pareceu má e houve municípios e empresas municipais que aproveitaram essa oportunidade. É uma forma de ajudar aqueles que possam…

Veja mais

Quem manda?

Esta afirmação é da Alexandra. Quando a ouvimos afirmar isto ficámos curiosos para saber o que ela pensará quando se cruza nos corredores da câmara com algumas pessoas que, pelo que ainda se sabe, não deixaram de mandar! Que pensará se, como acontece algumas vezes, a reunião for interrompida para que alguns possam ir receber…

Veja mais

Em cima da hora

Em quase todas as reuniões de câmara um dos assuntos que é falado por parte da oposição é o facto de não lhes serem facultados os documentos a tempo. Começa a ser já uma história repetida. Hoje, na reunião, irão discutir, entre outros assuntos, as contas do primeiro semestre do ano passado. É um tema…

Veja mais

Quanto ganham

Numa altura em que o salário mínimo está pouco acima dos quinhentos euros, tivemos curiosidade de ir ver quanto ganham aqueles que, não tendo habilitações especiais senão o facto de terem cartão do partido, ganham. Há, desde logo, algo que não deixa de ser estranho! Quem trabalha, a menos que haja outras razões que podem…

Veja mais

Falta de dinamismo

O Carnaval são três dias, a vida são dois mas a gestão desta câmara já dura há uma eternidade! Há dias ouvimos uma expressão com a qual concordamos: ninguém sofre mais nem é mais infeliz do que o invejoso. Quem a disse deveria acrescentar uma coisa: sofreria ainda mais se aqui vivesse! Apesar de concordarmos…

Veja mais

Reunião sem agenda

Temos um assunto pendente de ser decidido pela câmara e fomos ver se ele estava agendado para a reunião de quinta. Ficámos na mesma! Não há agenda disponível para os munícipes. Não é algo que devêssemos estranhar já que as preocupações que existem com o dar a conhecer o que acontece na câmara são poucas…

Veja mais

Lamentamos!

Há os que sabem viver com as criticas. Há quem não saiba. Depois do que escrevemos há pouco, passámos a não ter mais acesso ao perfil no Facebook do Nelson. Lamentamos! Curiosamente tem vindo a acontecer isso com todos aqueles que, pertencendo ao PS, nos vão bloqueando o acesso ao que escrevem. Todos os outros que…

Veja mais

Criatura

Há algum tempo que não éramos surpreendidos com aquelas frases a que o deputado Pedrosa nos habituou. Desta vez o deputado, a propósito de um texto de opinião que um munícipe, eleitor e contribuinte escreveu acerca do adjunto do Álvaro, decidiu chamar a esse munícipe “criatura“. O tom depreciativo com que o comentário é feito…

Veja mais

Cidadãos arredados

No relatório sobre o orçamento participativo há uma frase que resume o que é a relação entre os munícipes e a câmara. “Os cidadãos encontram-se arredados de tudo o que diga respeito a questões públicas“. Não podemos estar mais de acordo. A questão que se coloca tem a ver com o facto de poder este alheamento…

Veja mais

Enganam quem?

Temos que reconhecer o mérito de quem tem o engenho para tentar passar a perna aos munícipes. É pena que não o usem para fazer coisas bem feitas! No final da semana os responsáveis pela comunicação da câmara decidiram mandar tirar o cartaz do que aconteceu o mês passado. Não era sem tempo! Ainda pensámos…

Veja mais

As diferenças

Será necessário escrever alguma coisa? Pode até ser que seja apenas uma questão de gosto. Pode ser porque apenas se viu gente na rua quando foram as Festas da Cidade ou o evento organizado pelos comerciantes e tenhamos saudades de ver a terra com movimento. Pode ser muita coisa mas parece-nos que as imagens falam…

Veja mais

Tolerância de ponto

Há decisões que não se entendem! “Por despacho do Presidente da Câmara Municipal da Marinha Grande, Álvaro Pereira, foi concedida tolerância de ponto a todos os trabalhadores da autarquia, no próximo dia 17 de Fevereiro de 2015 (terça-feira de Carnaval), ficando, no entanto, obrigatoriamente, assegurados todos os serviços mínimos essenciais. A medida foi tomada à semelhança de anos…

Veja mais

A sério?

op_fragilidadesAinda sobre o Orçamento Participativo, uma das conclusões a que chegaram foi a de “não ser possivel evitar que utilizadores registados e não validados votassem”. A sério? E alguém ligou a isso quando apresentou os resultados da votação? Nós avisámos com tempo!

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook