Taxa turística

Temos lido o que se tem escrito sobre a polémica taxa de turismo que o Costa quer fazer aprovar em Lisboa e, depois do muito se tem falado, ficámos curiosos para saber se por cá, sendo a câmara maioritariamente da mesma cor partidária, iria ser implementada uma taxa semelhante. Lemos o orçamento do princípio ao…

Veja mais

Patrocínios

Temos estado à espera para saber quais são as contas que irão ser apresentadas em relação ao evento do design. Estranhamente, as semanas vão passando e não se sabe ainda quanto custou. Também não será amanhã! Os benefícios já se sabem quais foram e são fáceis de contabilizar. Entre nada e coisa nenhuma, as contas…

Veja mais

Reunião atrasada!

Uma das maiores reclamações que se tem ouvido da parte de alguns vereadores tem a ver com o facto de a documentação ser-lhes enviada sempre em cima da hora. Apesar do argumento de que sempre foi assim, consegue-se entender que aqueles que não estão permanentemente na câmara, e são três, possam querer receber, com algum…

Veja mais

Estranho! (II)

Há uns dias escrevemos sobre o que tínhamos assistido quando necessitámos de uma ajuda dos bombeiros. Apesar da explicação que foi dada, fomos tentar saber mais sobre o que se passava. O que nos tinha sido contado não era exactamente o que tinha resultado da explicação. Fomos junto de outros membros da corporação tentar saber…

Veja mais

Defender o indefensável

Hoje ouvimos, como é hábito, a crónica humorística que passa na TSF. O que foi dito fez-nos ir ler o editorial do jornal oficial do PCP, “O Avante”. Nesse editorial as expressões “forças da reacção”, “potências imperialistas”, “imperialismo”, entre outras, faz-nos retornar a um passado que pensávamos que estava ultrapassado. De uma forma quase surrealista,…

Veja mais

Esticar o tempo

Depois de pensarmos nas faltas do Logrado às reuniões, fomos dar uma vista de olhos às reuniões deste ano e foi interessante ver a forma como, de artificio em artificio, foi sendo encontrada forma de tentar contornar a exigência de, sempre que há faltas superiores a 30 dias, ser suspenso o mandato de um vereador…

Veja mais

As faltas

Quem tem assistido às reuniões de câmara tem notado que, como era previsível, o Logrado nunca mais lá pôs os pés. Com pedidos de suspensão uns a seguir aos outros, tem sido a João quem tem assegurado a representação do movimento independente que prometia mudar o concelho. Não tem sido isso que se tem visto.…

Veja mais

On / Off

Ontem vimos parte do programa que discutiu o direito a morrer com dignidade. Já há uns dias tínhamos lido sobre uma doente que quis por termo à vida de forma digna e a hipocrisia que existe naqueles que por cá mandam e se dizem contra esse direito. Vivemos num estado onde a eutanásia não é permitida…

Veja mais

E decisão?

Ainda às voltas com o orçamento e o que foi aprovado, houve algo que nos chamou a atenção. sabe-se qual foi o resultado que foi publicado. Sabe-se que as obras que são feitas pela câmara têm que ser aprovadas em reunião onde o assunto seja debatido e aprovado. Pelo que se sabe, o assunto das…

Veja mais

O estado das tendas

Acabámos de chegar do mercado. Não porque tivéssemos que ir lá fazer compras mas fomos dar uma vista de olhos ao estado em que o mercado se encontra. Para uma “obra” temporária, não está mal. Recordamos as criticas que à data foram feitas à decisão do Barros mas a verdade é que não foi ainda…

Veja mais

Transparência ou opacidade

Hoje pode ler-se que a câmara ficou classificada no sétimo lugar no índice de transparência. Quem fez essa classificação foi uma organização não governamental que baseou a análise na “informação disponibilizada aos cidadãos nos seus web sites“. É sempre bom quando estas notícias surgem. Há que reconhecer que a informação que tem vindo a público…

Veja mais