Coincidência

Quando há uns dias houve actos de vandalismo aqui na terra, escrevemos que “e se por detrás poderá estar uma estratégia que permitirá (…) recorrerem à vitimização (…)?”. Na última reunião o Vicente fez exactamente isso! Repudiou, e bem, os actos de vandalismo mas não deixou de achar estranho que logo a seguir a eles…

Veja mais

Por lenha na fogueira

Há dias, na reunião, o Aurélio pediu uma relação discriminada das despesas que foram feitas na deslocação aos Açores. A isso o Nelson respondeu com um texto na sua página do Facebook. Pelo que ouvimos, o texto não terá caído bem junto do vereador e parece que terá havido já contactos entre o vereador e…

Veja mais

Até que o chamem

Quando hoje vimos a primeira página do jornal cá da terra pensámos que iríamos ter revelações bombásticas sobre o “silêncio” do vereador. A desilusão instalou-se quando lemos o texto. Há, no entanto, alguns aspectos que merecem que se tenha alguma atenção. Quando se lê o texto fica-se a saber que o vereador passou de uma…

Veja mais

Propaganda paga por nós

Recebemos ontem, à semelhança de muitos munícipes, aquilo que a semana passada foi pago pela câmara aparecer na capa e contra capa do jornal. Se antes se poderia afirmar que se tratava apenas de publicidade ao trabalho da câmara, no momento em que isso surge num email de propaganda do PS, enviado pelo PS e…

Veja mais

Mais uma!

A propósito da questão que ontem detectámos, quisemos ir um pouco mais longe e fomos dar uma vista de olhos a algumas das deliberações que foram sendo tomadas durante este mandato. Sabe-se que os vereadores estão impedidos de votar qualquer assunto que possa ter a ver com questões pessoais ou que tenham a ver com…

Veja mais

Nada foi entregue!

Em Novembro do ano passado o Logrado afirmava que “o índice de transparência da Câmara não aumenta com a divulgação dos dados pessoais de cada um. Faz aquilo que a lei exige e mais nada. Estes seus dados a Câmara nunca os terá. Isto não é transparência, é coscuvilhice e não alinha nisso” referindo-se ao…

Veja mais

Plataforma

Nem sempre a política é chata nem os políticos são sempre aborrecidos. Sabe-se que o gabinete que era ocupado pelo Vítor está hoje entregue ao Logrado. Apesar de ser um vereador sem pelouros atribuídos, ele actua como se efectivamente tivessem funções específicas e próprias de quem tem funções distribuídas. Até aqui nada de novo! O…

Veja mais

Passou por cá

Numa altura em que a popularidade do Passos não é das melhores e em que as sondagens o colocam em baixa, eis que ele esteve por cá hoje. Não se soube com antecedência muito provavelmente para que não fosse alvo de criticas por parte daqueles que não olham para ele com grande simpatia. Na visita…

Veja mais

Patrocínios

Na semana passada foram decididos quais os que irão patrocinar as Festas da Cidade. Um hipermercado, uma marca de cervejas e duas empresas de venda de automóveis irão ajudar nas despesas das festas. Tendo em conta o consumo do ano passado, o patrocínio da cervejeira deverá ser de 2500 euros enquanto as outras três entidades…

Veja mais

Que outros?

Estamos a 15 dias do início das Festas da Cidade e sabe-se quem são aqueles que vêm cá actuar. Apesar de não se ver grande divulgação, os nomes são conhecidos há meia dúzia de dias. Mas há outros! Há dias, numa reunião de câmara, depois de lhe ser pedido o programa das festas a Cidália…

Veja mais

Cópia pouco fiel

Na reunião de quinta o Vicente sentiu-se injustiçado quando foi questionado sobre o facto de ter sido feita publicidade (que deveria ser chamada de propaganda) nas páginas mais caras do jornal cá da terra ao facto de irem espalhar betão por algumas ruas da terra. Disse que “se é preso por ter cão e preso…

Veja mais

“Não sei”

As festas estão quase aí e já se sabe quem irão ser os patrocinadores do evento. Na última reunião de câmara ficou decidido o que havia a decidir quanto a isso. É normal que estes eventos tenham patrocínios mas também seria normal que pudesse haver um melhor esclarecimento quanto aos locais que cada um dos…

Veja mais

Falta de iniciativa

Saber gerir uma câmara não depende apenas do que se vê existir no banco. Para que se possa dar aos munícipes o que eles podem querer é necessário imaginação e capacidade de por em prática projectos, ainda que simples, mas que possam contribuir para o desenvolvimento e felicidade de quem aqui vive. Está em curso…

Veja mais

E dura, e dura…

No dia em que aparece publicidade em relação ao asfalto que a câmara diz que vai colocar, passámos na rua junto às tendas do mercado e notámos que as obras estão ainda para durar. No dia 16 de Fevereiro, às 18:25, deste ano era tirada esta foto e colocada no site da câmara, estando naquela…

Veja mais

Matadora

Há um ano o ex-presidente afirmava que “foi um sucesso, reflete o que é a educação na Marinha Grande e é para manter” quando se fazia o rescaldo ao que tinha sido a Semana da Educação. Pode hoje ler-se que aquele “é para manter” foi sol que rapidamente foi encoberto! Pelo que se pode ler,…

Veja mais

Começou a campanha!

Já antes o escrevemos e repetimos: seria bom que houvesse eleições autárquicas todos os anos. Não nos referimos ao facto de podermos ter um dia para expressarmos o que achamos dos políticos – isso fazemos todos os dias – mas porque se nota sempre um maior empenho dos políticos na busca do voto e que…

Veja mais

Ensino por cá

A questão da escola pública e escola privada que está neste momento na ordem do dia leva-nos a um assunto em relação ao qual temos recebidos diversos relatos e que se prende com a forma como aqui na terra parece ser a forma de ensino. Referimos “aqui na terra” porque já fomos saber como funciona…

Veja mais

Dilema!

Às vezes chegamos quase a ter pena dos que andam na política. Os dilemas perante os quais são confrontados leva a que tentemos colocar-nos no seu lugar e entendemos que haverá situações que não são fáceis de gerir. A Cidália tem, como se sabe, o pelouro da cultura. Daqui a menos de um mês são…

Veja mais