Polícia Municipal

Deverá estar agora a ter lugar a reunião entre um grupo de munícipes preocupados com a insegurança que se vive aqui na terra e o Álvaro. De entre os sorrisos e promessas, a par do descarregar para cima da PSP a ausência de policiamento, por falta de agentes, acreditamos que dali pouco saia de útil.…

Veja mais

1 km sem nada

A imagem de satélite pode ser, à primeira vista, de um qualquer sítio. Quem todos os dias ali passa é capaz de até reconhecer o local. Nós ajudamos a identificar. Quem vai do Casal Galego para o Casal dos Claros tem uns quilómetros de bom asfalto. Depois do cruzamento para um dos armazéns de uma…

Veja mais

Elevadores

Elevadores há-os de todos os tamanhos e feitios. Abertos, cabinados, em vidro ou com grades, eléctricos ou manuais. Há os que servem para transportar mercadorias e os que se destinam a pessoas. Há os que levam muito peso e aqueles que pouca coisa suportam. Basta escolher que consegue-se encontrar em qualquer lugar um. Pensando bem,…

Veja mais

Sonhámos que…

Hoje tivemos um sonho estranho mas bonito. Sonhámos que vivíamos num país onde tudo funciona bem; onde há médicos para todos; onde a escola tem professores competentes que não se importam nem têm medo de ser avaliados; onde a justiça é rápida e onde o dinheiro dos impostos é bem aplicado. Mas o sonho foi…

Veja mais

Parabéns

Desta vez não há razão para que possamos estar tristes ou desiludidos com a terra. Bom, não é propriamente a terra que está de parabéns mas um munícipe que, pelo esforço que sempre colocou no que fez, consegue agora levar o nome da terra além dos limites do concelho. Desde ontem o hóquei do Sporting…

Veja mais

40 anos e nada

Ouve-se já muita vez a frase “volta Salazar, estás perdoado“. O estado a que o país chegou está a criar algum saudosismo a muitas pessoas. Há quem culpe a revolução de há quarenta anos de muito do que agora estamos a viver. Parece ser evidente que poucos serão os que estão contentes com o que…

Veja mais

E se…

Ontem foi notícia o facto do Supremo ter condenado a câmara do Porto a pagar a meia centena de comerciantes mais de dois milhões e meio de euros pelo facto de as obras que foram feitas aquando da Capital Europeia da Cultura terem demorado mais do que o previsto. Deve ser a primeira vez que…

Veja mais

City Brand

De entre os 308 municípios, o ranking do “City Brand” colocou-nos em quinquagésimo nono lugar, atrás de Leiria e Pombal. Este indicador é feito com base na análise de vários factores e pode servir para que os autarcas vejam onde podem melhorar e onde estão a errar. Deixamos aqui o resultado do estudo. A consulta…

Veja mais

Boxe na câmara

Percebemos hoje a razão da câmara ter rejeitado a possibilidade de serem gravadas as reuniões. A câmara tem que poupar na compra do aparelho de gravação para que possa investir em luvas de boxe! Há uns meses atrás, apesar de ter sido desmentido, houve cadeiras que andaram pelo ar ali para os lados da câmara.…

Veja mais

Sou vice-presidente!

Há quatro anos, quando o MCI ainda respirava alguma saúde, era o Chanoca quem estava na AMAI a representar o concelho como movimento independente. Este ano, depois das eleições de Setembro, pensámos que os dois movimentos que conseguiram eleger vereadores pudessem querer ter assento nos órgãos dessa associação. Tendo em conta o que têm sido…

Veja mais

Sem resposta

Em Julho de 2011 a Alexandra “disse existirem muitos outros aspectos positivos à volta desta eventual vinda e acrescentou que se toda a centralidade do clube vier também para a cidade, ainda melhor“. O Vítor “congratulou-se com as negociações já encetadas e referiu ser muito positivo para o Concelho a vinda da U.D.L para o…

Veja mais

Calimero

Vamos começar por um principio. Os Tocándar são um projecto meritório e de valor para os jovens, para a escola, para a comunidade. Como diz o Paulo Tojeira, não há festa sem bombos e, neste caso, nada acontece na Marinha sem que os Tocándar não sejam convidados. Mas agora vamos a parte de calimero. O…

Veja mais

Dá que pensar!

“Não, não estou velho! Não sou é suficientemente novo para já saber tudo! Passaram 40 anos de um sonho chamado Abril. E lembro-me do texto de Jorge de Sena… Não quero morrer sem ver a cor da liberdade. Passaram quatro décadas e de súbito os portugueses ficam a saber, em espanto, que são responsáveis de…

Veja mais

Versão local

Há quem goste, há quem não consiga ver. Uma das séries que passa na televisão centra-se na existência de uns seres estranhos que mais não são do que mortos-vivos. Nada do que se lhes faça parece ter efeito. Não pensámos que por cá também existissem! A verdade é que existem e o que se nota…

Veja mais

Dito por não dito

Quando ouvimos falar os políticos damos o desconto para o que possa ser o que não corresponde à verdade. Em Outubro do ano passado o Álvaro dizia, em reunião de câmara que “Dado que todos concordaram em gravar as reuniões da Câmara, vai ser comprado o equipamento para esse fim, mas como é ele que…

Veja mais

É mentira!

Há uns dias atrás escrevemos sobre o que lemos relativamente ao facto do Álvaro estar disponível para se recandidatar em 2017. Hoje lemos o desmentido e, como tal, não poderíamos deixar de fazer a isso referência. Hoje o Álvaro veio dizer que afinal não é ainda candidato e, concordemos ou não com a sua forma…

Veja mais

Cultura ao colo

Sexta ouvimos a opinião do Tojeira que, como era esperado, não trouxe nada de novo em relação ao que antes se sabia. Sem que se tivesse possibilidade de ouvir o que o Vítor poderá ter a dizer sobre o assunto – e ele sim era quem importava ouvir -, ficámos como estávamos! Mas, com maior…

Veja mais

Balanço provisório

Alguns acham que ainda é cedo para se poder fazer uma avaliação do trabalho que esta a ser feito pelos membros do actual executivo. Outros, como nós, acham que nunca é cedo demais para se começar a ter uma opinião sobre o que esperar. De certo modo, tem surgido a informação de que os actuais…

Veja mais

Nada acontece

Sentimos que por cá se anda ao sabor do lançamento de dados. Raras vezes sai um número bom e o resto são apenas números que pouco nos fazem avançar. Claro que o tempo não tem ajudado e acreditamos que a maioria das pessoas tem mais vontade de estar ao borralho do que estar a pensar…

Veja mais

0-1

Como já ontem escrevemos, a reunião da câmara teve que ser suspensa porque os serviços se esqueceram de mandar toda a documentação para que os vereadores sem pelouro pudessem analisar tudo e decidir. Quando de lá saímos, ainda sem decisão tomada, pensámos que os serviços da câmara, diligentes como são (!), emitissem um qualquer parecer…

Veja mais

Sem solução

Ontem lemos que a câmara tem “algumas soluções para o edifício Cristal Atrium“. Quando fomos ler a entrevista vimos que afinal era apenas título para chamar a atenção! Pelo que o Álvaro disse, a única solução que têm é uma que está “sem desenvolvimentos” o que significa que não há qualquer solução para aquele edifício.…

Veja mais

Reunião suspensa

Passámos há pouco para ver como estava a decorrer a reunião da câmara e apenas tivemos oportunidade de assistir ao Álvaro chutar para canto a resposta que lhe foi feita sobre a questão do orçamento participativo. Se o Santos espera uma resposta, acreditamos que deverá fazê-lo sentado! Mas mais uma vez o problema que o…

Veja mais

Quem?

As obras no velhinho Stephens decorrem há tanto tempo que poderá haver já quem não se lembre de como era antes do que agora ali existe e lembramos deixar uma imagem do que ali existia. Mas como o que tem início tem que ter um fim, começa a ver-se a luz ao fundo do túnel.…

Veja mais

Fim do mundo

Não somos dos que acreditam em profecias. Já passámos as datas em que as profecias diziam que o mundo ia acabar e nada aconteceu. Desde há pouco que passámos a acreditar que algo de muito estranho vai acontecer e que pode até mesmo ter a ver com o fim do mundo. Quando algo de muito…

Veja mais

Laissez faire…

A imagem não é de um desenho de uma criança. Os entendidos dizem que vale muito dinheiro e o Governo decidiu por em venda quadros valiosos. O tribunal deu luz verde e parte do que o Estado tem vai ser vendido. Nada de novo nisto. Já nada que o Governo faça nos espanta. Não se…

Veja mais

Ainda as matas

Há dias lemos no Facebook, a propósito de um comentário que foi feito acerca do estado em que ainda se encontram as matas nacionais, uma série de opiniões que, se não fosse este um assunto sério, daria para achar o tema divertido. Há um ano que há zonas da mata que se encontram intransitáveis. Quem…

Veja mais

Não mexer

O mar não tem dado tréguas. As asneiras que têm sido cometidas começam a ter que se pagar. Durante anos nunca ninguém se preocupou com o que poderia acontecer e hoje está aí o resultado. Hoje já se vêem os deputados terem interesse e pedirem ajuda ao Governo mas não os vimos fazer nada quando…

Veja mais

Valeu a pena

Depois de muitos anos a aqui vivermos, nada como ver o resultado da acção daqueles que nos têm governado. Se as pessoas que aqui vivem até são boas, se a terra tem potencialidades, se tem indústria que se tem conseguido manter viva, porque não consegue ter um nível de competência política que seja equiparada? Hoje…

Veja mais

2021

Ontem lemos que o Álvaro quer candidatar-se em 2017. Caso a oposição continue a fazer o que até agora tem feito é muito provável que consiga! Tem como aliados aqueles que poderiam fazer-lhe frente e, como é ele quem dá a cara pela câmara, será ele quem, em última análise, irá colher os frutos do…

Veja mais

Ovo de Colombo

A história do “ovo de Colombo” é muita vez usada para fazer referência àquelas coisas que são óbvias mas que nem todos se lembram. Acreditamos que, depois do que o Vicente disse, está encontrada a causa da prostituição e da toxicodependência e, como é óbvio, a forma da eliminar. A culpa é das árvores! Quando…

Veja mais