PCP contra redução de IMI

Ontem foi discutida e votada a proposta de redução do valor do IMI a pagar pelos munícipes que têm um agregado familiar maior. Ainda que seja uma medida que não assenta em critérios relacionados com o rendimento que cada família tem, é uma que poderá trazer algumas vantagens a algumas famílias, apesar de poder trazer…

Veja mais

Interesse (n)da visita

A semana passada houve uma visita de uma representação diplomática de Moçambique. Ainda que possa não dar em grande coisa, é sempre bom que a terra mantenha contactos com países estrangeiros, ainda mais quando se trata de países de expressão portuguesa. O Vicente andou a fazer o papel que lhe cabe, representando a autarquia. Qual…

Veja mais

Olha que dois!

Quando ontem estávamos a preparar-nos para ver o futebol, eis que ao nosso lado se sentam o Álvaro e o Santos! Como é óbvio não estivemos a prestar atenção ao que diziam, apesar de ser perceptível que pouco falaram de política. Até poderia ser, à primeira vista, um encontra de velhos amigos não fosse o…

Veja mais

Baixa política

Desde que existe alguma democracia em Portugal que há um principio que se tem seguido: separar a política da justiça. Tem sido assim ao longo dos anos. Apesar de haver alguns que se quer igualar a presos políticos, essa tentativa de comparação é tão absurda como as tentativas de misturar as questões da justiça na…

Veja mais

Uns revelam, outros não!

O tempo passa mas há coisas que não são reveladas. Sabe-se que, por razões de transparência, os titulares de cargos públicos, tal como é o caso dos vereadores, têm obrigação de revelar os seus rendimentos. Estranhamente, dos sete eleitos apenas três deram a conhecer os seus rendimentos. O Vicente, o Vítor e a Alexandra permitiram…

Veja mais

Rei “morto”, rei posto!

Ainda a cadeira onde o Álvaro se sentava não arrefeceu e já aparece no site da câmara a indicação do “novo” presidente e da vice-presidente. Não há qualquer menção de que o Vicente está em regime de substituição. A expressão “rei morto, rei posto” tem aqui o melhor exemplo. Não tardou a ser feita a…

Veja mais

A moda pegou!

Depois de ontem o Vicente ter assumido a função de Presidente da Câmara, não resistimos ir buscar um texto de 24 de Outubro de de 2007 escrito pelo Pedrosa quando ele defendia eleições intercalares: “É uma atitude superior de respeito pela democracia. O PCP apresentou um candidato que ganhou e, menos de dois anos depois,…

Veja mais

Pelouros distribuídos

São já conhecidos os pelouros entregues à Cidália depois de na reunião de hoje o Vicente ter assumido as funções de Presidente da Câmara. À Cidália são atribuídos os pelouros do turismo, geminações, acção social, educação, desporto, saúde, cultura, património histórico e cultural, juventude e tempos livres e terceira idade. I  Vicente ficará com os…

Veja mais

Tudo num só!

Quando se esperava que hoje pudéssemos ficar já a saber qual iria ser a composição do executivo camarário, depois da saída do Álvaro, eis que se fica apenas a saber que o Vicente assume todos os pelouros. Claro que se espera que ele venha a atribuir funções à Cidália, que deverão ser semelhantes às que…

Veja mais

FAG e o cartaz

Está já disponível o programa para a FAG deste ano. Felizmente há ainda quem não a queira deixar morrer. Quando olhamos para o programa e para os que virão actuar na feira, é impossível não fazermos comparação com o que tem sido a programação da Casa da Cultura. A organização da FAG virá trazer nomes…

Veja mais

A decisão

Hoje é esperado que o Cavaco anuncie qual a sua decisão sobre o futuro Governo. Depois de ter estado imóvel durante vários dias, qual espantalho, e sem dar qualquer ajuda a que uma solução fosse encontrada, espera-se que anuncie a decisão que tomou. De um lado está a PàF que se quer manter no poder…

Veja mais

Coligação de esquerda

Pelo que ontem ouvimos o Costa dizer, haverá condições para a formação de um governo de esquerda. Sabendo-se que há ideias entre os três partidos que são diferentes e até mesmo opostas, como acha que irá ser a governação, caso o Cavaco dê posse? Quanto tempo irá aguentar uma coligação de esquerda? Existirão reais condições…

Veja mais

Intenção pouco clara

Há dias o Vítor afirmava numa reunião de câmara “que lhe parece que a situação politica da Marinha Grande se irá alterar dentro de pouco“. Continuou dizendo que “deverão estar atentos à situação e à sua evolução futura“. Em relação ao orçamento disse que “está a pensar se devem ou não apresentar propostas para o…

Veja mais

E agora como vai ser?

O Vicente tem agora postos em si os olhos dos munícipes. Depende da forma como irá resolver o problema criado com a saída do Álvaro. Parece ser evidente que ele não conseguirá sozinho, ainda que a Cidália possa ter alguns pelouros, orientar todos aqueles que estão sob a sua alçada. Ainda que lhe possa ser…

Veja mais