Lido por aí LIII

«”Na semana passada tive conhecimento duma comunicação da vereadora Cidalia aos trabalhadores da Camara pedindo urgentemente um esquentador para uma família necessitada. Não pude deixar de referir que considero este pedido inaceitável no contexto em que ele foi expresso. Não consigo entender como é que, no exercício das suas funções, detendo o pelouro da área…

Veja mais

Um exemplo exemplar

Em Pombal as reuniões de câmara são transmitidas em directo no site da autarquia. Quem tiver interesse pode assistir aqui. Por cá nem a gravação é aceite! Este é um exemplo que poderia ser cá seguido. Claro que isto funciona lá! Cá a realidade é diferente. Transmissão no YouTube 00 Seguir ( 0 Seguidores )…

Veja mais

Projectos fora

Esta é uma imagem que provavelmente iremos ver em breve. Já nos tinham contado que iria haver obras no estabelecimento que está instalado no jardim e é já público que a câmara contratou a “elaboração de projetos de arquitetura e especialidades para reabilitação de estabelecimento de restauração e de bebidas do jardim Luís de Camões“.…

Veja mais

Não pagamos

Como há dias escrevemos, a câmara tem muito dinheiro parado mas também deve muito. Ontem, na reunião de vereadores, ficou-se a saber que, afinal, não se sabe quanto se deve! Em Abril deste ano, pode ler-se numa acta, que o valor que estava em dívida era de 1.816.687 €. Ontem ninguém sabia qual o valor exacto…

Veja mais

O esquentador

O Governo anunciou que quer que passe para as câmaras as funções relativas “a análise e a atribuição de todos os programas de apoio social a nível nacional”. Assim à primeira vista parece ser uma medida ajustada já que deveriam ser as câmaras as entidades com maior conhecimento das realidades locais. Também deveriam ser as…

Veja mais

Assunto arrumado

Na reunião da passada semana ficou arrumado um assunto. O Atrium vai mesmo ser destinado à instalação das conservatórias. É assim posto um ponto final sobre o assunto e sobre as questões que ainda se poderiam colocar sobre o eventual aproveitamento daquele espaço para o mercado. Resta saber se irão mudar o nome do edifício…

Veja mais

Relaxing

É bom quando sentimos que os nossos autarcas andam descontraídos e relaxados. É sinal que estão bem, sem pressas e sem urgências. Depois da reunião de ontem dos vereadores, nas quatro horas que ali estiveram fechados, conseguiram avançar… (como é o exacto termo)… nada! Como não há urgência na resolução do assunto, o Vicente marcou…

Veja mais

Quando o telefone toca

Já várias vezes tínhamos recebido reclamações relativas à dificuldade que existe em contactar os serviços da câmara. Hoje tentámos! Tentámos reportar uma ocorrência na via, falar com o operador, falar com a acção social e educação, falar com alguém do urbanismo, das taxas e até da contabilidade. O resultado é o que se pode ouvir.…

Veja mais

Inveja

Inveja é um sentimento que nenhum de nós sabe o que é. Melhor dizendo, é um sentimento que nenhum de nós sabia o que era até hoje lermos num dos jornais diários que um dos concelhos aqui vizinhos “assinou um acordo de colaboração com o Governo no valor de 2,9 milhões de euros para levar…

Veja mais

Continua hoje

Mais logo os vereadores vão reunir novamente para tentarem limar as últimas arestas na revisão ao orçamento. Pelo que conseguimos saber, é neste momento possível chegar-se a um entendimento e até mesmo do lado do PCP não voltará a ser apresentada a proposta de revisão. A questão que poderia causar maiores dificuldades, o Centro Escolar,…

Veja mais

Finalmente

Três anos depois, a declaração de interesses do Logrado foi finalmente entregue onde deveria ter sido logo após as eleições. Agora já pode dizer que cumpriu tudo o que lhe era exigido. Fê-lo depois de ter sido obrigado pelo Tribunal Constitucional e dentro do prazo que lhe foi concedido para esse efeito. Quando surgem nas notícias…

Veja mais

Divisão do ‘bolo’

Um dos problemas que ainda não foi resolvido diz respeito à forma como os apoios aos clubes e associações são feitos. A ausência de critérios objectivos que permitam aos clubes e associações saberem aquilo com que podem contar é um dos problemas que diariamente ouvimos queixas. A forma como o ‘bolo’ é distribuído entre os…

Veja mais

Situações estranhas

Há uns meses o Pedro afirmou publicamente que existe corrupção no seio da câmara. Como seria de esperar, esse foi um assunto que nunca mais deu em nada. Ontem lemos aqui dois comentários que, a propósito da obra de S. Pedro, fizerem uma referência grave sobre factos que poderão ou não ter acontecido. De um…

Veja mais

O inquérito

Na reunião da semana passada o assunto da obra de S. Pedro deu que falar. Não se percebeu porque motivo a Alexandra se declarou impedida para discutir o assunto quando antes não o fez. Apesar de poder ter agido como devia, fica por explicar porque motivo não o fez em deliberações anteriores! Mas o assunto…

Veja mais

Desgaste

Há pequenos sinais que vão dando conta do estado em que as pessoas estão. Ontem enquanto assistíamos à reunião de câmara começámos a ficar preocupados com o que íamos ouvindo. Não nos referimos aos assuntos que ontem foram discutidos. Esses são preocupantes mas referimos ao facto de o Vicente ter mostrado sinais de imenso desgaste.…

Veja mais

Não fica por aqui!

A questão do ex-vereador Artur ter ganho o processo à câmara não deverá ficar por aqui. A questão remonta há muitos anos e, resumindo, trata-se de ele afirmar que é dono de três lotes que a câmara ocupou. O tribunal terá dado razão em parte ao ex-vereador e reconheceu que ele seria dono de dois…

Veja mais

Xeque

Sabe-se que a política é, em muito, semelhante ao xadrez. Tem que se jogar pensando sempre qual irá ser a jogada do adversário e sempre com algumas jogadas de antecipação. Ontem foi isso que o Vítor fez. Para ontem estava prevista a discussão e votação da proposta de revisão do PCP. Já sobre ela se…

Veja mais

Perda de mandato

Ontem a câmara quase decidiu o que poderá levar à perda de mandato. Depois de um longo processo, ontem quase foi decidido anular a licença de obra que havia sido concedida para construção de uma moradia em S. Pedro. A tão falada obra foi licenciada em violação do PDM. Quem não se recorda da história…

Veja mais

Cada cavadela…

Há uma expressão popular que reflecte muito do que se passa na câmara: cada cavadela, cada minhoca. Ontem o inacreditável ficou a conhecer-se. Quantos foram aqueles que já foram obrigados a pagar estacionamentos para poderem ir aos CTT ou para irem à conservatória? Muitos por certo. Todos os que pagaram fizeram-no acreditando que estavam a…

Veja mais

Triste(s)

Não haverá quem não gostasse de ver o centro tradicional sempre activo, com gente nas ruas e muito movimento. Longe vão os tempos em que isso acontecia. Também não haverá quem não encoraje e incentive quem queira dinamizar aquela zona morta da terra. Mas surgem depois o exemplos que fazem repensar tudo. Meses já passaram…

Veja mais

O centro

O imbróglio que os vereadores têm ainda pela frente prende-se com o Centro Escolar. Este é o ponto sobre o qual ainda não se vislumbra consenso. A Cidália porque tem prazos a cumprir, o Logrado porque quer que se comprem terrenos e o PCP porque não quer que sejam criados. Este poderá ser o ponto…

Veja mais

A câmara perdeu!

Sabe-se desde há muito que o ex-vereador Artur entrou em litígio com a câmara por causa de uns terrenos que ele dizia serem seus e terem sido ocupados pela câmara. O assunto caiu em tribunal e, apesar de não haver grande informação sobre esse assunto, soubemos que o Artur ganhou. Não terá ganho na totalidade…

Veja mais

E contínua…

A reunião de ontem acabou já tarde e os vereadores parecem ter conseguido avançar um pouco mais. É provável que hoje continue, dependendo da hora a que a reunião de câmara termine. Hoje está de novo para ser discutida e votada a proposta de revisão do Vítor mas, tendo em conta as negociações que têm…

Veja mais

As prioridades

«Este texto é dirigido a quem ainda não votou por não sentir tendência de escolha por qualquer uma das nove propostas. A nossa proposta não é melhor nem pior que todas as outras, visa simplesmente colmatar uma necessidade básica. Talvez, nem deveria estar entre as nove propostas, porque o orçamento participativo deveria ser para obter…

Veja mais

Assim é difícil

Já há dias se falou na intenção da câmara comprar as antigas instalações da Mortensen. Hoje sabem-se mais detalhes sobre o que se passa. Por razões que devem ter a ver com o encerramento da vidreira, as instalações são hoje de um banco. Nada de novo nem nada que surpreenda. O que surpreende é a…

Veja mais

A explicação

Desde que foram as comemorações do 25 de Abril que houve uma coisa que sempre nos intrigou. Na varanda da câmara, na primeira fila das comemorações, estavam mais dos que os vereadores ou o Presidente da Assembleia. Tendo em conta que todos os deputados deveriam ter tratamento igual, estranhámos a razão de isso não ter…

Veja mais

Roer a corda

O líder do PSD roeu a corda e já não vai apresentar o livro sobre a vida sexual dos políticos. Não estranha que assim seja depois da quantidade de criticas de que foi alvo. Ainda assim não se livra delas por ter aceite dar a cara por algo que parece ser tudo menos pacífico. Este episódio…

Veja mais

E então, como é?

Amanhã os vereadores irão novamente reunir-se para que tentem chegar a um entendimento. Numa altura em que a incógnita ainda reina, fomos dar uma vista de olhos às propostas que foram feitas durante a campanha, em 2013. Um dos movimentos fez campanha com uma solução para a construção da piscina. Estamos quase no final do…

Veja mais

Assim não!

Em Junho tivemos conhecimento que que o deputado Sales tinha estado no almoço de aniversário de uma colectividade. Sendo deputado é normal que se sente na mesa ‘vip’ e não mereceu qualquer estranheza essa sua presença. À data não sabíamos era que ele tinha ido na qualidade de membro do partido e não como deputado!…

Veja mais

A memória da internet

A questão de haver quem procure esconder as participações que possa ser titular e os interesses que possa ter sempre nos causou alguma confusão. Não é que tenhamos alguma coisa a ver com a vida dos autarcas mas quando se sabe que a lei exige que isso seja feito, sob pena de perda de mandato,…

Veja mais

IRS devolvido

A polémica parece estar criada com a taxação de imóveis de elevado valor. À primeira vista parece-nos que poderia ser justa se, juntamente com ela, viesse a taxação de todos os rendimentos que hoje escapam ao fisco, seja porque há quem tenha dinheiro em contas que não lhes pertencem, porque vivem de empréstimos ou porque…

Veja mais

Pedra na engrenagem

A reunião de ontem, que contou com a ausência da Alexandra – que leva a questionar como poderá ser ainda um dos nomes que aparece como potencial candidata pelo PCP -, teve alguns avanços. Na prática o que têm andado a fazer é mexer umas verbas de um lado para o outro, tirando aqui para…

Veja mais

Os cartazes

A câmara, para além de encher o hall da câmara com as propostas, optou por uma forma diferente de dar a conhecer que está em curso a votação do orçamento. Estão espalhados pelos mupies os cartazes com propostas e os seus autores com o texto “eu já votei” e o número da proposta. Poderá dizer-se que…

Veja mais

A palavra

A vida no PS não está fácil. Se por um lado a Cidália diz desconhecer o que lhe foi transmitido e teima em não querer aceitar a demissão do adjunto das funções que tem no PS, por outro o Sales vem dizer que, em relação ao Vicente, o lugar de candidato ainda é dele se…

Veja mais

Continua!

A reunião de sexta dos vereadores para tentarem chegar a um entendimento quanto à revisão do orçamento terminou mas não acabou. Amanhã vai ter mais um episódio. Com o Vítor a dar a conhecer que vai voltar a apresentar a proposta que já antes apresentou e retirou, o Vicente apresentou uma proposta que, pelo que…

Veja mais

Tudo a fingir

A Cidália ontem meteu os pés pelas mãos quando fingiu que não conhecia o pedido de demissão que o Nelson apresentou. Não se compreende como nem porque agiu assim mas a sua reacção vem apenas confirmar o que já tínhamos conhecimento, sem que tivesse sido confirmado. A Cidália quando teve conhecimento da comunicação da demissão…

Veja mais

Tudo igual

Cinco horas foi o tempo que hoje os eleitos estiveram reunidos para tentarem chegar a um entendimento quanto à revisão do orçamento. Cinco horas foi o tempo que demoraram a concluir que não conseguem chegar a entendimento. Com o PCP a voltar a levar a proposta de revisão para cima da mesa, o PS não…

Veja mais

O segredo

Durante algum tempo a câmara tentou manter em segredo o facto de andar a negociar com o banco a compra das antigas instalações da Mortensen (como se fosse possível manter segredos). Naturalmente que é difícil discordar da intenção de colocar todo aquele património, que faz parte da nossa história, nas mãos do município. Apesar de…

Veja mais

Reality show da política

A notícia de que um mocinho da JSD é concorrente num dos programas de grande audiência, a nosso ver dos piores que existe, não é novidade. Em 2011 também um ex-concorrente de um programa igualmente degradante foi candidato aqui em Leiria pelo PS. Se no PSD é um elemento da estrutura do partido que decide…

Veja mais

Oops!

No comunicado que o PCP ontem divulgou afirmou que “A isto soma-se a instabilidade permanente no seio dos eleitos do PS, marcada pela saída do Presidente eleito e pela demissão do anterior e do actual adjunto da presidência“. É razão para que se diga ‘oops’… Se é verdade que o anterior adjunto saiu, o actual…

Veja mais

Como se verá?

Temos muitas vezes a curiosidade de saber que imagem aparece ao Vicente quando se vê ao espelho! Verá um político corajoso ou alguém que tem receio de tomar decisões? Inclinamo-nos para esta última! Na última reunião de câmara um dos assuntos que estava para se votado dizia respeito uma modificação ao orçamento que previa a…

Veja mais

Lido por aí LII

«Marinha em primeiro. Basta de demagogia! A incompetência e inabilidade governativa manifestada pelo PS na Câmara Municipal da Marinha Grande (CMMG) está à vista de todos. Os sucessivos chumbos à proposta de revisão ao orçamento da sua gestão são disso exemplo. A isto soma-se a instabilidade permanente no seio dos eleitos do PS, marcada pela…

Veja mais

Anda tudo louco?

Há coisas que temos alguma dificuldade em entender. A revisão do orçamento está, como se sabe, ainda por aprovar. Na semana passada o PCP retirou a proposta (depois do Vítor ter estado com o Logrado e com o Santos, e daqui tirem-se as conclusões que se quiserem) e até ao momento não há conhecimento de…

Veja mais

Atirou-se ao chão

Pode dizer-se que ontem o Nelson atirou-se literalmente para o chão. Não se limitou a deitar a toalha, tendo ido mais além do que isso. Para além do que já se sabia, fez questão de dar a conhecer publicamente a decisão que bem cedo havia comunicado aos seus ‘superiores’ na estrutura do partido, ainda que de uma forma…

Veja mais

Baixa no PS

​Pelo que tivemos conhecimento, existe uma baixa nas hostes do PS. Sem que sejam conhecidos os reais motivos que levarem a essa baixa, um dos militantes mais activos do partido terá apresentado a sua demissão. Acreditamos que a demissão terá, no entanto, a ver com os evidentes problemas que existem na concelhia. A incapacidade de…

Veja mais

As diferenças

DIFERENÇA ENTRE PECLISE E COMPUTADOR OBSOLETO Estávamos em plena década de 70 quando nesta cidade os trabalhadores da indústria de moldes, orgulhosamente faziam questão de ter à sua disposição ferramentas de uso pessoal que lhe transmitiam mais confiança e segurança nas tarefas que tinham de desenvolver para bem do seu próprio posto de trabalho e…

Veja mais

Falta de manutenção

Esta é uma imagem que poderia ter sido tirada em qualquer rua aqui na terra. Esta é uma das coisas que, quando saímos, quase sentimos saudades, o ar selvagem que quase nos faz sentir como se vivêssemos no meio da natureza, envoltos em vegetação. O problema é que esta deveria ser uma cidade que deveria…

Veja mais

DDT

Há coincidências engraçadas. No mesmo dia sabe-se que a terra vai ser desinfestada com veneno e que o Vicente vai de férias. A Cidália vai ser DDT por alguns dias. Claro que não nos referimos ao facto de ela ir ser usada como veneno (DDT) mas ir ser ela quem, por uns dias, vai ter…

Veja mais

Pragas

Depois de sabermos que vai haver uma desinfestação em locais que ainda não se conhece – e acreditamos que não irá chegar ao edifício da câmara – fomos alertados para um facto que não conhecíamos. Pelo que nos foi relatado, junto ao lago do Parque da Cerca a quantidade de ratazana que por ali existem…

Veja mais

Novo Presidente

Acaba de ser dado a conhecer que a Cidália passará a ser a Presidente da Câmara. Claro que será apenas entre os dias 12 e 15, dias durante os quais o Vicente irá estar ausente. Esta informação leva-nos ao ‘estado’ em que ontem o Vicente mostrou estar, abatido, quase fazendo lembrar o que há um…

Veja mais