Vicente fora da corrida

“ESCLARECIMENTO PÚBLICO Perante uma notícia hoje publicada, a que sou totalmente alheio, entendo dever prestar os seguintes esclarecimentos: 1-Não fui candidato a Presidente da Câmara nas eleições autárquicas de 2009 e de 2013. 2-Desempenhei as funções de Vice-Presidente, desde 2009, e, mais recentemente, desempenho as funções de Presidente da Câmara Municipal da Marinha Grande, na…

PS falido

Não há muito a dizer. A notícia de hoje é a de que o PS está falido e está a pedir dinheiro aos militantes. Não admira que não queiram que deixem de ficar isentos de pagar o IMI que todos nós temos que pagar. Mas esta situação, que não é nova, leva de novo à…

Orçamento desvirtuado

Sabe-se que o orçamento participativo nasceu sem que o PS o quisesse. Foram empurrados para dar-lhe início mas sentiu-se que foi sempre sem convicção. Ainda assim, parte-se do principio que as regras que foram estabelecidas são para serem cumpridas. Parte-se igualmente do principio que as obras que serão realizadas no âmbito do OP são aquelas…

Impeachment

Hoje decide-se o que vai acontecer no Brasil com a Presidente. Lá está ser julgada por ter, alegadamente, cometido irregularidades. Não sabemos quem tem razão mas parece que se trata de uma forma um tanto ou quanto enviesada de correrem com ela. Basta ter-se atenção aos argumentos que têm sido usados pelos que a querem…

Filme da Treta

Quando agora vemos o que se passa na política local não conseguimos deixar de achar que aquilo a que assistimos é um ‘Filme da Treta’. Os actuais dois protagonistas deste filme parecem estar mais preocupados no que irão ser as eleições do que no que se passa na terra. Por um lado o Vítor tenta…

Lido por aí XLVI

“Política sem decência A propósito de um comunicado da CDU A política sem decência não enobrece os políticos, pelo contrário. Na minha qualidade de Presidente da Câmara Municipal da Marinha Grande podia ser mais fácil responder diretamente às acusações que sem qualquer fundamento me são dirigidas, no entanto, o respeito que me merecem todos os…

Dormir sobre o assunto

A reunião de quinta é extraordinária e foi o motivo que o Vicente encontrou para não agendar a proposta do PCP de revisão do orçamento. De entre as rubricas que constam na proposta de revisão estão a construção do mercado e da piscina (com 2.250.000,00 – mais 1.000.000,00 para 2017 – e 1.700.000,00 euros respectivamente).…

As negociações

Sabe-se que o Vicente deu início a uma nova ronda de negociações com alguns vereadores da oposição. Depois de ter anunciado que não se demitia, a única hipótese que tem é mesmo começando a negociar. Tem que tentar encontrar uma solução de modo a ultrapassar a intenção do PCP de aprovar a sua revisão que,…

Obras para quê?

Somos uma terra onde há edifícios que não se entendem para que existem ou porque foram feitos como foram. O Atrium é o elefante branco que se sabe; a Resinagem está às moscas e fechada quando deveria estar aberta; o estádio é usado quando o rei faz anos e mais existem que têm uma utilização…

Lido por aí  XLIV

《Hoje vi um amigo! Ao longo da vida vamos fazendo amigos. Muitos dos nossos amigos são intemporais, ou seja tenho amigos que conheci em criança e na adolescência e que a vida fez com que nos afastássemos e um dia (nalguns casos décadas depois) a amizade criada e desenvolvida em diversas circunstâncias, desde a escola…

Brincadeira de crianças

Saiu, finalmente, a última parte da explicação do Vicente. Há algumas coisas a destacar  do muito que agora se pode ler. Fica a sensação de que a gestão da câmara é feita como se de uma brincadeira de crianças se tratasse, mexendo-se as peças para onde se quer e quando se quer, sem dar confiança…

Lido por aí XLIII

«Os factos – 3.ª Parte Para onde foi o dinheiro? Basta de demagogia! Somos questionados porque é que o orçamento de 2016 foi alterado diversas vezes, dizendo alguns que não sabem para que ações foi o dinheiro. Mais uma pura manobra de diversão para baralhar as pessoas. Não podem os Vereadores da CDU e do…

Os movimentos

Ontem percebeu-se, finalmente, para onde foram transferidas ou movimentadas as verbas que deveria estar alocadas em obras que deveriam estar já a ser executadas. Não se conseguiu saber tudo mas soube-se que, por exemplo, as obras da Rua das Andorinhas, que foi usada pelo Vicente para levar vários munícipes a uma das reuniões de câmara…

Fazer figas

Nestas horas que faltam até ao início da reunião onde lhe irão tirar poderes, o Vicente deverá estar a fazer figas na esperança de que a oposição possa fazer-lhe um favor. De uma assentada só o Vicente quer que lhe seja aprovado: a requalificação da rua e travessa das andorinhas, requalificação urbana do espaço público, a…

Como era previsível 

O que tínhamos já escrito é já público. Na quinta vão ser discutidas duas propostas apresentadas pelo Aurélio e uma apresentada pelo Logrado. As outras ficaram pelo caminho pelo facto de não ter enviado a fundamentação necessária. Vão também ser discutidas as propostas que o Vicente tem em carteira para tentar levar os seus adversários…

Contra-ataque

No dia em que o Vicente irá estar sob fogo, com parte dos poderes a serem-lhe retirados, vamos todos poder ler as obras que ele diz que estão já em curso. Acreditamos que iremos também ler aquelas que ele diz que não podem ser feitas por culpa da oposição. De uma forma um pouco despudorada,…

Lido por aí  XLI

《O que o +Concelho não aceitou! Perante os recentes acontecimentos na Câmara Municipal o Partido Socialista vê-se forçado a dar conhecimento público dos termos da proposta para um acordo político de governação até ao final do mandato com o grupo +Concelho, representado nas negociações pelo seu Vereador eleito, Eng.º Carlos Logrado. Do mesmo resulta claro…

Afinal, onde foi?

A terra hoje é notícia, com chamada de primeira página, não porque tivemos um atleta dos jogos olímpicos (ele foi pelo Benfica e não por um clube da terra, lembram-se?) mas porque a ‘geringonça’ aqui da terra falhou. Não se pode dizer que o jornal pegue na notícia no momento certo, já que a coligação…

Os apoios

Houve sempre uma distinção entre a forma como agem os militantes do PS, dependendo da freguesia de onde são. Sem que isso se traduza em algo de mau, é uma realidade que não se pode ignorar. Depois da conferência de imprensa do Vicente e do que escreveu – e estamos ainda à espera que alguém…

Vicente é candidato

Na conferência de imprensa de ontem o Vicente mostrou que não está cansado de levar pancada. Ainda que se possa criticar o seu apego ao poder, a sua ausência de estratégia para o concelho (que curiosamente ontem se fartaram de dizer que têm) e a forma pouco hábil como gere conflitos, de falta de persistência…

‘Rédea curta’

O Vicente não deixou ontem muita margem de manobra a si próprio. Manifestou a intenção de dialogar mas começou logo por mudar a localização da conferência de imprensa para o seu gabinete, em vez de ser no salão nobre como estava previsto, quando se apercebeu que o Logrado iria assistir. Mercê disso, o Logrado ficou…

Como vai ser agora

Agora que a turbulência do dia de ontem já passou é possível já perspectivar o que irá acontecer. A decisão do Vicente de não se demitir e de cumprir o mandato até ao fim é uma que lhe irá custar caro e irá sentir que foi uma decisão que lhe causará algum amargo de boca.…

A conferência do Vicente

Vicente disse que esteve sempre disponível para receber propostas mas que nunca foram apresentadas pela oposição. Que o que estava em causa era a revisão orçamental. Disse que estavam e continuam disponíveis para as propostas que possam vir a ser feitas. Não se incomodam de retirar algumas das propostas deles. Todos os investimentos são projectos…

Última hora

O Vicente poderá anunciar remodelação do GAP depois da Tereza e do Nelson terem colocado os lugares à disposição na sequência do chumbo da segunda proposta de rectificação do orçamento, o que poderá permitir uma nova ronda de negociações com a oposição. 00 Seguir ( 0 Seguidores ) X Seguir E-mail : * Seguir Deixar de…

Em chamas

Hoje vive-se uma realidade nova na terra. Não temos recordação de alguma vez isto ter acontecido. Pior do que presidentes que são afastados pelas máquinas partidárias ou a câmara ser governada por quem não foi eleito é estar-se como agora se está. O punho do símbolo do PS está em chamas e isso fez com…

Soma e segue. Mais um!

É a terceira vez que um orçamento chumba às mãos do Vicente. A votação que hoje iria decidir se os vereadores davam ou não uma oportunidade ao Vicente de poder tentar por as contas da câmara certas levou a que fosse chumbada a segunda proposta de revisão. Não é nada que não se estivesse à…

Últimas

Sabe-se que o PS tem estado com dificuldades nestes últimos meses. Têm sido dois mandatos onde os problemas são muitos. Um presidente que sai; um que fica mas que não consegue dialogar com a oposição; um orçamento que não consegue ser rectificado; coligações que não se conseguem manter; uma ‘presidente’ que tem mandado sem que…

Câmara doente

Esta questão da rectificação ao orçamento vem mostrar uma coisa: a câmara está doente. Os que mandam estão politicamente moribundos e os que foram eleitos não sabem para que lado cair para poderem fazer valer os seus argumentos. O Vicente não teve a capacidade para expurgar a câmara do que estava mal e hoje é…

A resposta!

«1. Nota introdutória Um orçamento anual deve expressar com clareza o que se pretende realizar nos próximos anos económicos e quais os recursos financeiros necessários para o cumprimento das acções nele previsto. O orçamento assenta em três elementos fundamentais: económico, político e jurídico. O primeiro, porque apresenta uma previsão de receitas e despesas; o segundo porque…

Lido por aí XXX

«O Partido Socialista da Marinha Grande denuncia publicamente a subversão das regras democráticas por parte da Oposição numa clara tentativa de fazer refém da sua vontade o Presidente da Câmara Municipal e o Executivo Municipal. O Partido Socialista vê-se obrigado a recordar que foi o Partido mais votado nas últimas eleições democraticamente realizadas, e que…

Navegação à vista

Uma câmara é como um barco, tem que ter um bom timoneiro sob pena de encalhar a qualquer momento. Quando não há planos em relação ao destino há que fazer uma navegação como fizeram os nossos descobridores, sempre com terra à vista. A câmara é cada vez mais um barco sem timoneiro onde os que…

Dar-lhe música

Os dotes artísticos que conhecemos ao Santos restringem-se à pintura. Não sabemos se música está dentro das coisas que sabe fazer. O que sabemos é que, pela música que lhe têm dado, ele deveria já ter aprendido alguma coisa. Referimo-nos ao facto de, desde há seis anos, lhe terem andado a fazer promessas sem que…

Trocados

Desde as últimas legislativas que surgiram dois termos novos na política: geringonça e caranguejola. Por cá tentou-se por a geringonça a funcionar mas rapidamente se percebeu que iria dar em nada. Ainda assim durou dois anos. Depois tentou-se uma coisa que não se percebeu bem o que era mas que também deu com os burros…

Apertado

Os dias vão passando e o Vicente vai ficando cada vez mais apertado. O PCP saiu com o comunicado que se pôde ler que o forçou a ter que dar uma resposta que vem extremar as posições e impossibilita qualquer espécie de acordo. Ninguém entenderia que, depois dos dois comunicados dos partidos, houvesse entendimento entre…

Não as pensa!

Depois do que hoje se pode ler sobre o que o Logrado disse em entrevista, há razão para dizer que eles às vezes não as pensa! Segundo ele, a câmara tem que ser exorcizada e de lá retirado o Vicente e a Tereza. Se à primeira vista não temos como discordar da ideia de afastar…

Apertar o cinto

O PCP esta semana acusou o Vicente de não saber gerir o dinheiro da câmara. O Logrado veio dizer que ele está a mais. O Aurélio recusou aprovar a rectificação ao orçamento. Há munícipes que ameaçam fazer greve de fome por causa de questões de dinheiro. Parece assim haver um grande problema em torno da…

Resposta do PS

«Resposta do Partido Socialista às declarações públicas do PCP MENTIR COM MEIAS VERDADES A contestação à volta da aprovação da revisão orçamental da Câmara Municipal não passa de puro jogo de algumas forças políticas de oposição no executivo municipal. Porquê? Porque todas as rubricas contempladas nesta revisão orçamental já estavam incluídas no orçamento original de…