Lavar a face

Não raras vezes nos deparamos com uma necessidade imensa de ‘lavar a face’ da presidente. Essa função tem sido desempenhada pelo Nelson. Num misto de chefe de gabinete e presidente da concelhia do PS, tem cabido a ele tentar dar uma imagem da presidente diferente daquela que a maioria dos munícipes vê ser a que…

Quem mente?

Ontem o PS escreveu que “O MPM inviabilizou a venda de um terreno no Casal da Formiga à Vidrala, que a mesma sinalizou como necessário para fazer um investimento de alargamento e modernização da sua produção na Ricardo Gallo. A Vidrala é proprietária de todos os terrenos confinantes; O terreno da CM – recebido em…

Não é bonito!

A câmara organizou o festival do carapau. Uma tenda pequena que bastou para a quantidade de pessoas que por lá passaram. É, no entanto, uma iniciativa que deveria servir para promover a gastronomia e tudo o que é feito na freguesia. Os autarcas acharam, contudo, que era melhor usarem o evento organizado pela câmara e…

Esconder

Já há uns dias falámos no estudo para o comboio de lata e o custo que poderia ter. A comunicação social, a de fora do concelho, abordou o assunto. O PS também! Segundo o partido que governa a câmara o estudo para o comboio, aquele estudo que todos nós pagámos, era para ser mantido em…

Ao serviço do partido

Deixou de haver qualquer espécie de pudor na utilização dos meios da câmara para fins eleitorais do PS e de apoio ao Governo. Entende-se que a câmara pudesse dar a conhecer o investimento feito no concelho. Não o faz. Em vez disso pública um cartaz com os números que o Governo diz existiram a nível…

Dolce far niente

Temos um concelho de excelência em termos empresariais. Muitos dos que estão à frente das empresas dão cartas naquilo que fazem. Estamos no topo em muitas áreas. Na política não seguimos o exemplo. Nem falamos em termos autárquicos. Aí estamos há muito falados! Referimos mesmo aos candidatos que são escolhidos pelos partidos para representarem o…

Quem é responsável?

Há pouco lemos um texto que é o resultado da reunião da concelhia do PS em que se congratulam pelo facto de ir ser colocado aqui o Departamento Nacional das Matas. No texto referem que nunca deveria ter saído daqui e que “não fossem as políticas de abandono da Mata Nacional e de desmantelamento da…

Notas de pesar

Pode dizer-se que a tragédia se abateu sobre a autarquia com o falecimento de uma vereadora. Foi um momento de “profunda consternação e tristeza para toda a Câmara Municipal” como afirmou a presidente em resposta à nossa nota de pesar enviada à autarquia. A câmara esteve ao nível que se esperava ao decretar o luto…

Carimbado

Hoje ficou claro o que há muito se sente no concelho. Desde há muito que se ouvem os comentários de que quem não tem cartão de militante é relegado para um segundo plano, que as oportunidades não são as mesmas e muito mais. É quase como se quem não tem um carimbo na testa que…

As reacções

A demissão da semana passada de um técnico que integrava o Observatório já causou reacções. Hoje o PCP emitiu um comunicado onde reclama por mais condições para o pinhal. A semana passada o MpM também já tinha reagido reclamando por mais e melhores condições. Hoje foi também a vez do PS tomar posição. Também aqui…

São rosas Senhor!

A politica na Vieira sempre foi um caso de estudo. A forma como as coisas acontecem ali sempre foram diferentes daquilo que normalmente acontece noutros locais, pelo menos a partir do momento em que a cor rosa passou a dominar. É uma freguesia onde predomina o caciquismo e onde se sente que ali estamos num…

O peso

Sabe-se que não é possível criar-se a nível autárquico uma ‘geringonça’ como aquela que o Costa conseguiu montar a nível nacional. Nas autarquias quem tem mais votos é quem é eleito presidente de câmara. Aqui na terra sabe-se que nas últimas autárquicas foi a Cidália quem ficou com mais peso em termos de resultado eleitoral,…

Estar acomodado

Não somos dos que dizem que os eleitos com pelouro têm uma vida fácil. Foi para isso que se candidataram, mas reconhecemos que têm uma agenda preenchida que os retira daquilo que o comum dos cidadãos pode fazer, podendo-se dizer que não têm grande possibilidade de ter uma vida pessoal. É o preço de quererem…

Esquecimento

Parece ser quase unânime que a componente fundamental para o sucesso das festas da cidade são as muitas colectividades que ali têm dezenas de voluntários e que permitem que centenas de pessoas ali possam comer, beber e conviver. Sem as colectividades não existiriam festas. Naturalmente que se não houvesse quem pagasse por tudo aquilo também…

Sem regras

A existência ou não de regras na atribuição dos apoios a clubes e colectividades tem sido um dos assuntos que tem levado a que uma das forças eleitas tenha, desde o anterior mandato, optado sempre pela abstenção. Não vamos falar do que pensamos sobre a sua posição porque já antes o fizemos. Ao longo dos…

Prece

Hoje pode ler-se o apelo que o Nelson faz para que se vote PS nas europeias. Na qualidade que tem de presidente da concelhia, é um apelo mais ou menos esperado. Cremos, no entanto, que, depois do que tem sido a governação da autarquia, o que deveria ter feito não seria um apelo, mas mais…