Lido por aí CXVI

«Boa sorte sr. Constâncio mas desta vez estamos em lados opostos. Fico triste que tenhas aceite pois és muito útil nestes momentos mas os mesmos que te batem palmas agora foram os mesmos que diziam que não há fumo sem fogo. Mas como na política a memória é curta e só tem validade enquanto dá…

A surpresa

É inegável que a surpresa de ontem foi o regresso à vida politica activa do ex-vereador Constâncio. Goste-se ou não, ninguém fica indiferente ao que foi e ao que é. Já por aí andam comentários sobre a oportunidade e inconvenientes da escolha e, acima de tudo, o que terá levado a que tenha querido regressar.…

Lido por aí XCVII

«A Câmara Municipal da Marinha Grande aprovou por maioria, com 5 votos a favor e 2 votos contra, na sua reunião extraordinária realizada no dia 1 de março, iniciar o procedimento de elaboração do projeto para a construção do futuro Mercado Municipal. Na referida reunião, foi analisado o relatório final do estudo de mercado encomendado…

Lido por aí LI

“SÃO ROSAS SENHOR, SÃO ROSAS. O título remete-nos para uma lenda, em que, por milagre, D. Isabel transforma pão em rosas. A proposta de um Orçamento Rectificativo alternativo, apresentado pela CDU, para ser concretizado até final deste ano, assenta na crença de que a lenda pode ter sido uma realidade e os milagres são possíveis.…

Lido por aí XLVIII

“CENTROS EDUCATIVOS A RAZÃO DE UM DIVÓRCIO ANUNCIADO Num tempo em que não existia rede de transportes municipais, em que as crianças não tinham acesso a cantinas escolares, em que as famílias não dispunham das facilidades de transporte próprio como têm hoje, a Câmara da Marinha Grande, presidida por Emílio Rato, tinha, como vereador da…

Lido por aí XXVI

«“Houve fraude, com dolo, no despacho do então Presidente para inviabilizar o Mercado no Atrium”. Quem o garante é Armando Constâncio, antigo vice-presidente da Câmara da Marinha Grande no executivo liderado pelo socialista Álvaro Órfão, que aponta a denúncia do caso ao Ministério Público como a caminho a seguir. O antigo autarca refere-se ao despacho…

Lido por aí XVI

«”alocando a componente de financiamento própria a estas obras que, por vezes, condicionam investimentos prioritários (não financiados) para o concelho, como sejam o mercado”. Acabo de ler isto numa declaração de voto do vereador Aurélio Ferreira, produzida para justificar o voto CONTRA o orçamento Rectificativo. Estando, na generalidade, de acordo com a substância das razões…

Lido por aí XI

“A PROPÓSITO DE UM “ARTIGO” PUBLICADO NO JORNAL DA MARINHA GRANDE. Caro Artur Oliveira. Ao ler o que publicou no Jornal da Marinha Grande e que aqui é replicado, confesso que, perante tanta ignorância, má fé e graves insinuações, nem sei por onde começar. Mas vou fazer uma terceira tentativa, porque já estivemos em dois…

Lido por aí IV

“Enquanto autarca, com responsabilidades políticas, acompanhei o Sr. Presidente da Câmara numa negociação muito difícil com o IGFSS, para a CMMG adquirir a parcela de terreno conhecida como feira dos porcos. O valor de mercado era muito maior do que o que foi acordado porque foi garantido que o terreno se destinava à ampliação da…

Lido por aí III

“Como já começámos a dar nomes às decisões, façamos um retrospectiva até Julho de 1993, quando Álvaro Órfão, já como candidato a Presidente da Câmara para o quadriénio 1994/1997, numa sessão de promoção da candidatura no SOM, após ter falado aos apoiantes, se dirigiu a mim e me disse que gostaria muito de contar comigo…

Lido por aí II

“Já cheguei a um ponto em que excedi os limites que impus a mim próprio. Esta questão, que tem exactamente os contornos que o Rui acaba de descrever, a ser resolvida, como parece ser a decisão tomada, através da construção de um “novo” mercado “moderno”, vai estoirar com cerca de 2.000.000,00€, que seriam suficientes para…

Fim do + Concelho

Na sexta o Constâncio foi à rádio. Numa entrevista muito ao seu jeito, disse o que achava sobre vários assuntos. Ainda com o osso entalado na garganta em relação ao mercado, deixou o aviso para a responsabilidade que poderá existir e ser pedida aos que hoje decidem se avançarem com a colocação dos serviços das…

Frente a frente

Depois do Natal deverá começar a ser discutido o assunto do mercado. Claro que não está dito quando será essa data e isso poderá ser num qualquer dia de um qualquer mês depois do dia 25. Vamos, no entanto, acreditar que o que o Álvaro anunciou vai ter início ainda este ano ou, quanto muito,…

Quem o tramou

A ideia que tínhamos de que alguns antigos políticos querem continuar a manter-se à tona da água confirmou-se esta semana. Sem que se perceba a razão, o Constâncio decide fazer uma “carta aberta”. Até aqui nada de novo. A necessidade de continuar na vida politica activa é algo que se tem vindo a notar nos…

“Coragem política”

Há um ano atrás escrevemos sobre a poluição visual que existe ali na rotunda mais conhecida e movimentada da terra. Nessa altura lemos aqui o Constâncio escrever que “No local referenciado no post do “Curioso”, independentemente do que estiver colado naqueles painéis, eles nunca lá deveriam estar. Se houvesse coragem política, que também faltou de 2001…

Por artes mágicas

Uma das coisas que tem sido dita pelo grupo do Logrado é que não irão colocar antigos autarcas em lugares elegíveis. Vão criar um grupo de aconselhamento, que quase nos faz lembrar o Conselho Leonino, que, apesar de não mandarem, são quem manda! Isto vem a propósito de agora, como que por artes mágicas, o Constâncio…