Por reparar

Passou já quase um mês desde que o incêndio queimou a mata nacional. Não se vê ainda nada ser feito por parte das entidades com responsabilidade no assunto, mas não é apenas o ICNF que parece estar parado. Quando se passa pela estrada que liga a Vieira à praia é possível ver as barreiras de…

Sem fiscalização

Ontem a câmara emitiu um comunicado dando conta de que foram “recebidas na Câmara Municipal várias trabalhadoras contratadas pela empresa Know How, Lda” e que foram “apresentar várias situações de alegado incumprimento, no âmbito da sua relação laboral” sendo que essa empresa tem por função a “monitorização do fornecimento de refeições escolares”. Já antes nos…

Afinal…

Hoje pode ler-se no site da câmara um apelo “à participação de TODOS, para estarem presentes neste evento no próximo dia 14 de Novembro pelas 20:45h no Estádio Municipal Dr. Magalhães Pessoa em Leiria” Refere que “Não podemos esquecer as tragédias de Junho e de Outubro”. Refere-se lá que os “fundos angariados com esta iniciativa solidária…

Por ordem na casa

Se que haja um pulso forte na gestão da câmara não será possível conseguir mudar o que quer que seja. Mais difícil será se quem manda não consegue impor-se. A questão da mudança da reunião de câmara vem mostrar que o pulso forte parece existir apenas para que seja imposta a vontade da Presidente. Conhecem-se…

CDU com pelouros

Pelo que foi possível saber, no PCP foi convocada uma reunião de urgência que tem por objectivo discutir a distribuição de pelouros na câmara. Sem que haja ainda grande informação, parece que a reunião urgente surge na sequência de contactos que têm vindo a ser estabelecidos desde há algum tempo entre os dois partidos. É…

Como vai ser?

Sexta começa a saga da aprovação dos apoios por parte da câmara. Ainda sem que haja alteração do regulamento que prevê a atribuição dos apoios aos clubes, vai continuar a ser aquilo que os eleitos quiserem que seja, sem que os clubes, associações e colectividades possam saber com o que podem contar ou quando poderão…

ACM com problemas

Quando se pensava que tudo estaria já resolvido, eis que na próxima sexta irá a reunião de câmara o “incumprimento do contrato programa relativo à colocação de dois relvados sintéticos de futebol sete nas instalações” que são suas“. Já antes ouvimos falar na possibilidade de a direcção do clube desistir de lutar para resolver os…

Desnorte

No final do mês passado, a câmara deu a conhecer que a “como resultados práticos destas diligências, salientou que todo o valor obtido com a madeira ardida será investido no Pinhal do Rei“. Hoje foi publicado um comunicado do grupo de cidadãos que tem andado a movimentar-se em torno deste assunto que põe em causa…

Depois de casa roubada…

Agora tudo se parece centrar na questão do pinhal. Depois da casa roubada, tudo anda preocupado com o que se passa nas matas. Se da parte da sociedade civil é normal que assim seja, quando vem da parte dos políticos temos sempre que ter em conta outros elementos que não apenas o sentimento de perda…

Soma e segue

Desde há muito que o ‘barraco’ da música deveria estar concluído. A questão da sua entrega uma única entidade naturalmente que irá dar que falar, mas, para já, a questão principal tem a ver com o facto de ainda não estar concluída e entregue à câmara. Quem ali passa e vê aquele mamarracho fica sem…

Beija-mão

É normal haver uma mudança de cadeiras sempre que um novo ‘governo’ toma posse. Por razões que são compreensíveis, quem entra num qualquer governo, seja nacional, seja local, deverá colocar nos lugares de chefia pessoas que confie. Ainda que isso possa soar mal, é algo contra o qual dificilmente se consegue discordar. Não se pode…

Atrasos

No mandato anterior a publicação das actas das reuniões de câmara começaram mais ou menos sem grandes atrasos, mas eles foram aumentando à medida que os meses iam passando. Faz hoje uma semana houve a primeira reunião do actual mandato e ainda não há acta publicada porque ela terá que ser aprovada na próxima reunião.…

Sem dinheiro

Na primeira reunião de câmara, destinada a dar poderes à Cidália, teve lugar a primeira confusão deste mandato. A Cidália queria que, à semelhança do que aconteceu noutros mandatos, lhe fosse dada carta branca para que pudesse decidir assuntos até ao valor de 350 mil euros. A oposição não foi na conversa e limitou-lhe os…

Partilha de ‘pontos’

Ontem ficou-se a conhecer a proposta que a Cidália fez a uma das forças da oposição. Depois de alguns considerandos, a proposta passou por propor uma “participação numa governação partilhada relativamente aos pontos 1, 2, 5 e 6 do seu Programa Eleitoral”. Apesar de em momento algum ser feita referência a uma entrega de pelouros, para que…