Rescaldo

Hoje teve lugar a última reunião do executivo. Notou-se à saída que nem tudo está bem. Os vereadores que vão deixar de o ser despediram-se, mas nem todos se despediram deles! Numa reunião destinada a aprovar as actas que estavam em falta, o assunto dos incêndios foi falado. Agora o rescaldo passa por começar a…

Ajudar quem precisa

Agora que já chove e nada mais há para arder, há que pensar no dia seguinte. Há munícipes que sofreram prejuízos, perderam o que tinham ou parte do que tinham. Todos estamos solidários com quem sofre neste momento. Mas solidariedade é melhor quando isso se traduz em ajuda. Pouco podemos fazer, mas parece-nos que poderemos…

Sem contactos

Amanhã vai poder ler-se que a Cidália admite distribuir pelouros pela oposição e que ela, o Curto e o Pedrosa estão encarregues de fazer os contactos. Pelo que conseguimos saber, até hoje nenhum contacto foi ainda estabelecido com os eleitos que irão estar na oposição. Ainda que possa ser feito algum contacto, até ao momento…

O trauma dos oitocentos

Desde o 25 de Abril de 1974, que na Marinha Grande, por razões diversas, o PS e o PCP sempre andaram de costas voltadas. Ora por isto, ora por aquilo, sempre se foram assumindo como “inimigos” de estimação, salvo breves entendimentos, esporádicos, pontuais e minados pela desconfiança. Agora que houve nova consulta popular, fomos dar…

A espera

Os munícipes votaram e escolheram quem querem para os governar. Partir-se-ia do principio que os eleitos iriam decidir o que irá acontecer no futuro. Não está a ser assim! Como se sabe, neste momento há a dúvida sobre o que irá acontecer em termos de distribuição de pelouros. Irá o PS fazer como fez neste…

Que solução?

Com a tomada de posse dos novos eleitos a dever ter lugar até ao final do mês, não há ainda informações sobre o que poderá vir a acontecer. Está nas mãos da Cidália oferecer pelouros, mas dependerá sempre da disponibilidade dos eleitos da CDU e MpM aceitarem o que lhes possa vir a ser oferecido,…

Desvirtuação

Está a votação o orçamento participativo deste ano. São apenas cinco propostas. Das cinco apenas uma se pode dizer que seja a que integra o espírito do que são orçamentos participativos, as tais coisas supérfluas que a câmara não tem que pensar fazer, mas que são necessidades que os munícipes têm. A câmara continua a…

O recado

Não se sabe ainda o que irá acontecer depois da tomada de posse do novo executivo. A Cidália falou que apenas com uma maioria se pode governar e sabe-se que parte da responsabilidade de o actual executivo ter tido durante anos tudo concentrado nela e no Vicente se deve à forma de ser deste. Já…

Sem decisões

As eleições já la vão e a última vez que o executivo reuniu foi na semana anterior à escolha do novo executivo. Até à tomada de posse o executivo mantém-se em funções e há assuntos que não podem ficar parados à espera que o novo tome posse. Estranhamente temos informação de que o executivo não…

Vieira sem água

Quem é da Vieira e precisa de tratar de um qualquer assunto relacionado com as águas tem necessariamente que se deslocar à sede de concelho. Hoje, quando um de nós teve necessidade de tratar de um assunto relacionado com águas, teve que vir à Resinagem tratar do assunto. Isto porque, para quem não é de…

E os cães?

Antes da campanha ter começado, o candidato da AD afirmou ter a solução para resolver o problema com cães que deambulam pelo pinhal. A campanha iniciou e não se conseguiu perceber qual era afinal a solução milagrosa. Como não foi eleito, o que se poderia esperar era que apresentasse a solução para que a câmara…

Limpeza

Na semana passada ficou-se a conhecer qual a prioridade que a nova Presidente tem na agenda para os primeiros 100 dias. Já escrevemos sobre isso, mas temos esperança de que possa mesmo conseguir, ainda que nos pareça que são 100 dias que poderiam ser evitados. Ainda assim, será bom para o município que isso possa…

O dia seguinte…!

  E agora? É pergunta que se impõe fazer no momento. Como irá ser governado o concelho? À partida não vejo que possa haver  uma “geringonça” a governar! Não acredito que a Denguncho vá querer estar sob a alçada da Cidália! E o MpM… será difícil devido à personalidade do seu líder, também não me…

Uma vez é de vez!

Parte do concelho está sem água porque houve mais uma ruptura na adutora. Uma vez é de vez e o concelho ficará sem água semanas porque nada foi feito para sequer estudar o problema. E que foi feito neste mandato para resolver o problema? Conversas e intenções. O corte é ainda parcial, mas poderá não…

O estudo da base

Foram divulgados os resultados do estudo para a adaptação da BA5 ao tráfego civil. Foram precisos quase 75.000,00 euros para apresentarem “como principais conclusões” que “apesar de existirem diversas infraestruturas aeroportuárias na Região Centro, nenhuma está aberta ao tráfego comercial civil. A Base Aérea de Monte Real encontra-se numa localização privilegiada com boas acessibilidades e…