Para quê?

No jantar de Domingo a Cidália disse uma coisa com a qual não é possível discordar. Contou a história do local onde o jantar estava a ter lugar e que, apesar de ser a FAE, é conhecido como sendo a FAG. A história contada assim poderá ser entendida como um elogio à FAG e a…

Zona residencial ou industrial?

Tem sido tema de debate as palavras de António Costa sobre o desenvolvimento industrial do concelho, ligando-o de algum modo à actual gestão autárquica. Gostaria de perguntar qual foi o papel do município neste desenvolvimento. É este o apoio que têm dado a que pretende instalar-se no concelho? A fotografia mostra-nos uma zona residencial ou…

Miopia

Ontem o Costa afirmou que “Há 20 anos, Marinha Grande era sinónimo de crise. Vinte anos passados felizmente a Marinha Grande tem hoje uma taxa de desemprego que é bastante inferior à da média nacional. É hoje dos concelhos que tem uma economia mais sólida, que mais contribui para as exportações e que mais contribui…

Abandono

Há quatro anos, mais ou menos por esta altura, havia quem andasse a pintar os muros para tentar ganhar votos. Hoje isso não acontece. Pelo que nos foi relatado, e também dado a conhecer à câmara, aquele espaço é hoje um local ao abandono onde, à noite e a coberto das ramagens, o consumo de…

É assim por cá

Há uns dias reproduzimos a resposta que foi dada pela veterinária da câmara relativamente à recolha de animais abandonados. Nada foi feito. Hoje foi-nos enviada a foto e relato do que aconteceu entre os animais que a veterinária disse que iriam ser recolhidos assim que possivel e cães pertencentes a membros de etnia cigana que…

Basta querer!

Hoje lembrámos de uma anedota. Alguém pede a um técnico de informática para lhe ir arranjar o computador. O técnico vai e em 3 minutos resolve o problema. Espantado o dono pergunta quanto é o serviço. O técnico responde que são cinco mil euros. O dono fica indignado com o preço por o serviço ter…

Deixar andar

A Cidália deu a conhecer que quer colocar as futuras piscinas nas instalações da antiga FEIS. A questão está em saber como! No final do ano passado houve uma pressa enorme em comprar as instalações. depois das trapalhadas sobre as quais há data falámos, nada foi feito. O dinheiro foi retirado para outros fins. Mais…

Mais uma

Mais uma obra que vai ter inicio quando as aulas estão para começar. No texto pode ler-se que “o Pavilhão é utilizado sobretudo pela população estudantil da Escola Básica Nery Capucho, que aí desenvolve as suas atividades desportivas durante o ano letivo, ao abrigo do contrato de desenvolvimento desportivo”. Mais um exemplo do que poderia /…

Incompetência

Hoje aconteceu aquilo que nenhum candidato deseja, nem mesmo para o seu mais próximo concorrente. A ruptura de água para S. Pedro veio pôr a nu o que tem sido a incompetência do executivo. Mais ou menos quando vemos as crianças fazerem asneiras, o que hoje aconteceu equipara-se a uma grande asneira de quem tem…

Imprevisível?!

“Esta situação imprevisível provocou a interrupção do abastecimento público de água à localidade de São Pedro de Moel” pode ler-se no comunicado da Câmara. Pelo que apurámos, tratou-se do rebentamento do depósito que abastece aquela praia. A pedra de toque está no termo “imprevisível”! Para a Câmara é uma situação imprevisível que aconteça o que…

Melhorou

Se ontem quem passasse no Atrium corria o risco de chegar a casa com um tijolo na cabeça, hoje foram colocadas protecções para que os que ali passam não sofram a negligência de quem administra aquele espaço. Melhorou, mas é estranho que a protecção civil, responsabilidade da câmara, tenha demorado tanto tempo até fazer algo…

Dia de S. Nunca

Em Janeiro do ano passado foi aprovada a minuta do contrato de arrendamento que deveria levar a que as conservatórias fossem para o Atrium. Mais tarde, em Outubro, foi feita um pequeno aditamento. À data a Cidália disse que “Sinto-me confortável na tomada desta decisão uma vez que é tão só a alteração de cláusulas a…

Morte lenta

O Atrium está em morte lenta. Depois de ter sido chumbado para lá o mercado, de as lojas terem estado a fechar, não se vislumbrar para quando a abertura das conservatórias naquele espaço (quase parece que foi um jeitinho que o Governo do Costa fez ao executivo para dizerem que afinal aquilo tem um destino…

Obras e aulas

Pode ler-se que “A Câmara Municipal da Marinha Grande aprovou na sua reunião de 17 de agosto a adjudicação da requalificação da Escola Básica Guilherme Stephens, que irá representar um investimento superior a 400 mil euros”. A notícia continua dizendo que a obra irá demorar 150 dias. Sendo uma obra pública, só por milagre demorará…