Isenção

Se nos parece descabido que possa querer-se incluir a isenção de IMI, para as situações em que as habitações ou edifícios arderam nos fogos, no Orçamento do Estado, já nos parece que fazia todo o sentido que as câmaras levassem às respectivas Assembleia Municipais a proposta de isentar aqueles que tudo ou quase tudo perderam…

A moda

Não é ainda público o que a câmara quer fazer com os quase cem mil euros que vão gastar este mês para assinalar o Natal. Se tivermos em conta que a câmara do Porto gastou, pelo que ontem ouvimos na TV, cento e quarenta mil, ou será muita coisa ou muito bem paga por ter…

Sem pressas

Está quase a fazer dois meses que os incêndios destruíram o pinhal. Ontem podia ler-se que “as instruções que o Secretário de Estado deu à Câmara na pessoa da Presidente Cidália Ferreira e ao INCF na pessoa do seu diretor geral, foram para prepararem os meios no sentido de, dentro de 15 dias, estarmos todos…

Andar aos papéis

Já com muitas semanas de mandato, nota-se ainda que os eleitos andam aos papéis, sem saberem muito do que se passa à sua volta. Um dos que se nota bem que anda à nora com os assuntos que tem em mãos é o Caetano. As obras na escola da Fonte Santa que não foram feitas…

Falta de competência

Em Leiria é assim que já se celebra o Natal. É tal e qual como cá! Não se vê nada ser feito, nem mesmo se vêem trabalhos para que possa aparecer alguma coisa. Ainda assim, na quinta foi pedido o reforço do orçamento para as despesas com o Natal. Já chega quase aos 100.000 euros.…

Desabafo II

Ao longo deste anos tem sido interessante lermos as criticas que nos fazem de que estamos errados, de que somos parciais e de tanta coisa mais que quem nos lê têm podido ler. Hoje dedicamos o texto aos que nos criticam pelas criticas que fazemos. Até vamos alterar a forma como habitualmente escrevemos! Assumimos sempre…

Abrir a porta

De algum modo tem havido a intenção dos apoiantes do executivo de mostrar que tudo o que tem acontecido tem sido por iniciativa de quem manda. A vinda dos Ministros e Secretários de Estado; as reuniões que têm tido lugar e até os convites com algumas entidades tem querido ser atribuída aos ‘bons contactos’ da…

Fim de ano

Ontem, na reunião de câmara, a propósito dos 30.000 euros que vão ser dados para a passagem de ano, não se adiantou muito em relação ao que estava programado. Surgiu um nome de um grupo, mas não saiu mais nenhuma informação. Não deixa de ser estranho que os 17.000 euros que estariam previstos para contratar…

Sem médicos

Têm vindo cá ‘personalidades’ do Governo. A Cidália até usa esse argumento para mostrar que está bem conectada com os que mandam no país. É verdade que têm cá vindo muita gente do Governo, apesar de não se sentir ainda os efeitos dessas visitas. Não deixa de ser estranho que, estando a Cidália tão conectada…

Natal por cá

Ontem a Célia disse, em tom jocoso, que não havia Natal, mas que estava cá ela. Não cremos que seja ela a Mãe Natal, mas sabe-se já que vai haver alguma coisa. Vão ser mais de 50.000 euros para o Natal e mais 30.000 para a passagem do ano. E perguntarão o que vai ser…

Aprovado

Ontem esteve em discussão o novo regimento das reuniões de câmara. A proposta foi aprovada. As reuniões passam a ser à segunda-feira, às 14.30. As sessões são todas públicas e os munícipes que queiram intervir poderão fazer a inscrição até à sexta-feira anterior às 12.30. As actas de reuniões têm que ser aprovadas obrigatoriamente na…

Orçamento

Hoje há reunião de câmara onde deverá ser estabelecido o novo regimento pelo qual se irão reger as regras de funcionamento das reuniões de câmara. Acredita-se que a proposta passe sem grandes dificuldades. Depois será interessante ver se os serviços irão dar cumprimento. Mas a questão da proposta de regulamento leva-nos a algo que já…

Desabafo

Escrevemos já uma quantidade enorme de posts. Já perdemos a conta à quantidade de palavras já escritas. Já andamos aqui há alguns anos e, de entre as informações que conseguimos dos que são nossos amigos, há muita informação que obtemos sem que os que estão na vida pública se apercebam disso. Sem falsas modéstias, sabemos…

1342 dias!

Foi há 1342 dias que o assunto do jazigo que foi construído para além das medidas normais, apesar dos serviços camarários terem sido alertados para o facto antes da conclusão da construção, foi falado. Foram 1342 dias durante os quais nada foi resolvido. Foram 1342 dias durante os quais o ex-presidente prometeu soluções, disse que…