Sempre a mesma coisa

Se fosse só uma vez, ainda se entenderia, mas não, é todos os anos! Sempre que cai um pouco de chuva as piscinas instalam-se aqui no concelho e sempre nos mesmos locais. Poderá dizer-se que os responsáveis não podem prever a chuva e têm razão, mas podem fazer aquilo que se espera que façam: limpem.…

Vergonhoso

Hoje está a ter lugar uma iniciativa da câmara para ‘celebrar’ o que aconteceu há um ano. Hoje os portões do Parque do Engenho estão abertos para meia dúzia de pessoas acompanharem a Cidália numa iniciativa que está, até ao momento, a ser um fracasso. Mas o problema nem está na iniciativa em si. Vai…

Outra mexida

Sem que se perceba o porquê de se manter em segredo para os munícipes, houve já outra mexida no seio da câmara. O ex-chefe de divisão, o Jerónimo, estará de volta para o lugar que era ocupado pela Catarina que há cerca de duas semanas foi afastada. Não se pode dizer que seja uma mexida…

Um belo exemplo!

Há umas semanas o Caetano veio-se queixar para o Facebook por causa de um camião que terá estragado um passeio em S. Pedro. Diz-se que os exemplos vêm de cima e estamos sempre à espera que da parte dos que mandam surjam os exemplos daquilo que criticam ou que querem ver ser bem feito. Ontem,…

Andar ao colo

Há muito que se sabe que a Cidália tem andado com os que mandam no Pinhal do Rei, “como gostamos de chamar”, ao colo. Desde que, há um ano, houve os incêndios que tem andado a desculpar os que mandam e a justificá-los. Hoje pode ler-se que a Cidália continua a querer andar com eles…

O terminal

Não somos de nós bater contra moinhos de vento pelo que, estando assumido pelos eleitos a localização do mesmo, será desnecessário voltarmos a esse tema. Vencidos, mas não convencidos, passamos adiante! Há uma questão que há pouco, em conversa com um amigo, nos foi chamada a atenção. O terminal irá ser usado pela TUMG e…

Os opostos

A reunião desta semana permitiu perceber que há quem esteja desajustado na função que tem. Referimos, naturalmente, à Cidália que, como já há muito se sabe, não tem jeito para o cargo para o qual se candidatou e foi eleita. Sem ela à frente da reunião de câmara, tudo decorreu com uma naturalidade que não…

Eficiência e eficácia

A câmara ficou em primeiro na lista das autarquias com eficiência financeira. Se fosse um concelho com todas as infraestruturas necessárias já feitas, sem dúvida que seria uma boa notícia. Não é o caso. A câmara consegue o prêmio de eficiência, mas está muito longe de obter um de eficácia. Não admira que não seja…

SPAM

Há umas semanas alguns comentadores quiseram fazer do assunto dos textos que são classificados como SPAM uma arma de arremesso contra o que escrevemos. Depois do que ontem se ficou a saber, acreditamos que não mais queiram fazer disso tema. O sistema da câmara que gere os e-mails decidiu classificar como SPAM e-mails de munícipes…

PRÁ FRENTEX…

PRA FRENTEX Quando aqui escrevemos que a CMMG não acompanha a evolução tecnológica que é conhecida e reconhecida à industria deste concelho, afinal estávamos profundamente enganados! Sabiam que a partir de outubro próximo, o município vai presentear os utilizadores dos estacionamentos pagos com uma aplicação para telemóvel a partir da qual poderão efectuar o respectivo…

Contar pelos dedos

Quando se pensa nos projectos que estão pendentes no concelho, fica sempre a ideia de que eles são estudados e que não há, em relação a cada um deles, questões que possam ser colocadas. Um dos que está em curso é o do Interface Rodoviário que querem construir no parque de estacionamento. Questionada sobre a…

Começar pelo telhado

Quando recordamos o que contem aconteceu na reunião de câmara, vem-nos à mente a ideia de começar a casa pelo telhado. Ontem queriam que fossem aprovadas duas verbas para contratar dois avençados. Um por 2000 euros e outro por 1700 euros por mês. O assunto estava incluído no ponto dos “Gabinetes criados no âmbito da…

Só há um culpado!

Ontem a reunião extraordinária correu mal para a Cidália. Não conseguiu ver satisfeitas as suas pretensões. Mas, no meio de tudo isso, há apenas uma entidade a culpar: ela própria. Ontem iria ser discutida a terceira revisão ao orçamento. Uma revisão ao orçamento mais não é do que uma mudança radical ao orçamento que foi…

Rejeitado

Para a reunião de hoje estava para discussão e aprovação a “Construção do Centro de Interface de Transportes Urbanos e do Terminal Rodoviário da Marinha Grande, Pedido de autorização prévia da Assembleia Municipal para a assunção de compromissos plurianuais”. A oposição votou contra. O PS já veio dizer que a rejeição foi “um travão neste projeto –…

Jobs for the boys

As reuniões à porta fechada são sempre usadas para discutir e aprovar matérias mais sensíveis, aquelas que alguém não quer que os munícipes tenham conhecimento em directo. Hoje houve reunião extraordinária para aprovarem mais uma revisão ao orçamento. A falta de capacidade de prever o futuro e planificá-lo leva a que se tenha que andar…

Abandono

Há dias líamos que a terra tem um ar de abandono. Porque será?! Quando hoje se entra, vindo do sul, mesmo antes de chegar à rotunda depara-se com um matagal de ervas e silvas. É logo um dos cartões de visita com que os visitantes se deparam. Quando depois passam junto ao estádio, o que…

Erros do passado

Há dias a Cidália deu a conhecer os últimos desenvolvimentos sobre a questão da transferência das conservatórias. Só para o ano haverá novidades, se as houver. Hoje lemos uma notícia que dava conta de ter sido aprovado em Torres Novas um acordo com a Agência para a Modernização Administrativa que permitira a instalação de uma…

MG Factory & Market

Ao que parece está tomada a decisão pelo executivo camarário e já aprovada pela A.M., da compra pelo município das antigas instalações da FEIS. Quando alguém adquire algo, é porque tem em mente certamente qual o destino a dar a esse bem. No entanto não se conhece qual a intenção clara e objectiva por parte…

Sem respostas

Reunião após reunião, as Cidália, Caetano e Célia vão empurrando as respostas às perguntas que lhe são feitas para momento posterior. Como já antes escrevemos, fica-se sempre sem saber quais são afinal as respostas que têm para dar para as perguntas que lhes são feitas. Hoje começaram as AAAFs e CAFs e no início do…

As diferenças

Leiria foi, segundo vinha noticiado, um de dois municípios a criar um plano de adaptação às mudanças climáticas. Claro que o outro não foi o nosso. Enquanto aqui fazem planos para abater árvores, por lá prevêem a “criação de zonas de ensombramento na cidade e de um espaço verde na Quinta do Alçada”. Enquanto aqui…

Marcado

Está a ser reparada a estrada ao lado das tendas onde funciona o mercado. É, sem dúvida, uma necessidade. É, no entanto, a melhoria das condições de acesso àquele espaço com vista uma eternização do problema. De acordo com o programa do PS, o novo mercado municipal seria construído durante este ano e o próximo.…

IMAGINE-SE…

Imagine-se que a Marinha Grande (MG), era todo gerido por pessoas, como as que dirigem o concelho…! Imagine-se que as empresas da MG eram geridas pelos mesmos. Imagine-se que as associações e os clubes da MG eram geridas por aqueles que dirigem o município. Já estamos a imaginar que não existiam… não podiam! Se assim…

O milagre da adjudicação

Na semana que passou as crianças não tiveram direito ao acompanhamento depois das aulas. Já se escreveu muito sobre isso, mas há algo que não deixa de ser merecedor de mais um reparo. Na quinta a câmara deu a conhecer que a “componente de apoio à família e a dinamização das bibliotecas escolares se iniciam…

Iluminar o sol

Dia após dia é sempre a mesma realidade. Horas e horas a iluminar o sol. Poderá ser que não haja quem, no meio de tanta gente, se lembre de ajustar os relógios? Quando se fala em serviços que funcionam mal, há sempre quem venha defender, mas há factos que demonstram o contrário. Este facto leva-nos…

Mercado

“O que tem um mercado municipal que ver com startups?! Alguns dirão que nada! Eu direi que é uma forma criativa de reinventar estes espaços tradicionais configurando-os com o que são as mundividências contemporâneas no contexto das Cidades. Porque um Mercado Municipal no centro de uma Cidade moderna, industrial, do séc. XXI não pode ser…

Encher o depósito

Há coisas que se não fossem vistas, ninguém acreditaria. Hoje deflagrou um incêndio. Felizmente a actuação dos bombeiros permitiu que fosse rapidamente debelado. Não adianta fazer muitos comentários ao estado das matas e à inacção do Estado, porque isso levar-nos-ia para o que já todos têm conhecimento, com excepção dos que decidem. Depois do que…

Já arde!

Afinal ainda há qualquer coisa para arder no Pinhal do Rei, “como gostamos de chamar”. Será que os corações daqueles que têm andado a bajular os senhores do ICNF estão neste momento descansados e de consciência tranquila?

“São tão maus”

“(…) Calculem agora os leitores a tristeza que sinto hoje pelo abandono, o ausência de bom gosto e de bom senso que se verificam um pouco por todo o local. A praia este ano deixou de existir, será culpa da natureza, mas certamente culpo de quem deixou que os toldos ocupassem todo o espaço até…

Rigor!

Um dos momentos altos da reunião de ontem teve lugar quando a Cidália quis interromper a reunião. Apesar de ter mandado cortar a imagem, a reunião não foi interrompida porque houve quem se levantasse contra essa intenção. Tirando a incapacidade de gerir a reunião, assumido pela própria presidente, é interessante ver-se a ânsia com que…

Porque?

Desde há muito que se fala na ausência de regulamentos que permitam a atribuição sem dúvidas das verbas que as associações e colectividades necessitam. Ontem a Cidália finalmente reconheceu que têm que apresentar o tão falado regulamento. Ora se até já ela acha que o regulamento é necessário, porque não o apresentam?

Competências

Está ainda por decidir que competências irão passar, se algumas, para a câmara. Há 15 dias a Cidália foi questionada sobre esse facto e optou por nada dizer, relegando o assunto para mais tarde. Ontem, na reunião, ficou-se a perceber qual a posição que irá ter. Num dos assuntos que estava em discussão, a Cidália…

Pela boca morre o peixe

Ontem a Célia assumiu que diariamente vai “ajudar os pais” na venda do peixe na “banca da gata” e que pode volta das nove e pouco regressa e só depois vai para a câmara. Ficou-se a saber que, para além das férias, é uma actividade que exerce diariamente. Na defesa que fez de si própria,…

Pior é impossível

Sobre a reunião de ontem muito há a dizer, mas há algo que nos surpreendeu! O problema que está na ordem do dia, a incapacidade de contratar a empresa para a ocupação dos tempos livres das crianças, pensámos que tivesse tido causa no facto de a vereadora responsável pelo pelouro ter estado o verão na…

(In)COMPETENCIA

Quando alguém daqui a algum tempo e por qualquer motivo decidir ouvir as gravações das reuniões do executivo actual, vai “assustar-se”! Assustar-se porquê? Começa por haver tanta pergunta com resposta por dar! Os concursos públicos lançados por este executivo, são de uma incompetência…atroz! Não duvidamos, da boa vontade da Sr.ª Célia… mas não basta vontade!…

“Seguinte”

“Raramente venho a este serviço do GAM. Hoje precisei de comprar senhas de refeição para a minha filha. Quando cheguei o dispensador das senhas estava avariado e no seu lugar estava uma bobine de senhas de papel. Estavam à minha frente umas 15 pessoas. Entretanto começo a ouvir funcionárias a chamar “seguinte” ou “seguinte para…

O problema

Todos os executivos camarários são confrontados com diversos problemas. Uns de fácil e rápida solução, outros nem tanto. Este executivo não tem tido mais problemas do que o que é normal. Poderá dizer-se que houve o incêndio, mas isso nem é da responsabilidade ou competência da câmara. Serviu sim para ser desculpa para muita coisa!…

De novo, o lixo

A câmara entregou a recolha do lixo a uma entidade privada. Não se espera que tenha os meios para fazer a recolha do lixo, daí que seja lógico que tenha que o fazer por intermédio de empresas especializadas. Acontece que o que se vê, mais do questões de falta de civismo, é mesmo falta de…

A luz

Gastaram-se umas centenas para que em S. Pedro se começasse a poupar electricidade. Foi, como é óbvio, uma decisão acertada. Não há que gastar onde se pode poupar. Não se percebe é porque motivo as luzes no parque Mártires estão acesas durante o dia! Tem sido assim desde há dias. Será que é para compensar…