As 115 sombras

Já conseguimos ver o filme que agora está a dar que falar. Apesar dos livros serem melhores, é um filme interessante. Curiosamente, enquanto víamos o filme não conseguimos deixar de pensar no que se passa na câmara e na terra! Não, nada tem a ver com o que estão já a pensar! Quando foi a campanha…

Rotunda de meter medo!

Há uns tempos o Álvaro disse que não queria o circo na entrada da terra porque dava má imagem. É uma questão de opinião. Não deixa, no entanto, de ser estranho que exista uma tão grande preocupação com a imagem e nada seja feito em relação ao que se pode ver na principal rotunda da…

Nós levamos…

Como era previsível, a câmara entregou o transporte das crianças para o desfile de Carnaval à TUMG. Os que mandam deixaram, uma vez mais, para a última da hora a decisão de algo que poderia estar decidido há semanas. Afinal, o Carnaval acontece todos os anos! A competência de quem manda vê-se também nestas pequenas coisas. Apesar…

Braço de ferro

À medida que os dias vão passando, vai-se sabendo cada vez mais sobre o clima que se vive na câmara. Cada vez mais se sente que o ambiente está de cortar à faca apesar dos sorrisos fingidos que tentam colocar. Sabe-se que a governação da câmara com o ambiente que está é praticamente impossível. Só…

Design esquecido!

Há dias foi aprovado o novo programa de apoio ao desenvolvimento industrial. Bom, novo não é porque ele é uma cópia do que o ano passado foi aprovado. Já se previa que não iriam ser abrangidos outros sectores de actividade mas há algo que não entendemos (que a João também referiu ainda que ao de…

Falta de sinalização

Quando, na reunião de câmara da semana passada, ouvimos falar sobre a questão de não existirem placas que indiquem que se entrou na terra, achámos que era um pouco de exagero. Reconhecemos que nunca tíhamos prestado atenção a isso e, depois do que ouvimos, fomos a cada uma das entradas da terra para ver se…

Não os conhecem!

Apesar de ainda não ter sido este fim-de-semana que houve mudanças a nível da câmara, ontem apercebemo-nos de que as mudanças poderão estar a acontecer ao nível de um dos partidos da oposição. Pelo que conseguimos ver, e dá para ver na imagem, o PSD parece estar a receber contributos vindos de fora e novos…

Brincar às casinhas

Depois de tanto que foi escrito, de tantas acusações, de tantas manifestações de sentimentos ofendidos, ficou tudo na mesma! A sensação que dá é a de que ali para os lados da câmara andam todos  brincar às casinhas. Cada um assume os papeis que foram atribuídos no início da brincadeira, mas dali nada se espera…

A exoneração

Um dos problemas que fez tremer a coligação foi a intenção do Álvaro de exonerar o Pedro e o Vítor e Alexandra terem comparecido numa reunião, sem que disso tivessem dado conhecimento aos pareceiros, a defender uma posição contrária à do Álvaro. Isso causou o mal-estar que na altura se soube. O despacho de exoneração está…

Marionetas governam-nos!

Ainda pensámos fazer um boneco que ilustrasse o que se passa na câmara. Não conseguimos! A fantochada é tanta que decidimos ir apenas usar uma imagem daquelas que se encontram com facilidade. Vamos a factos: O Álvaro, no mandato anterior, decidiu entregar a Resinagem a uma das empresas que se sabia fazia parte do universo…

Letra morta

Ontem escrevemos sobre a coerência que existe no seio dos elementos do PS. Nem de propósito, hoje, na reunião, o Álvaro fez questão de mostrar que não é assim! Coerência é algo que não abunda. Quando esta câmara tomou posse colocou-se a questão de poderem gravar-se as reuniões. O Álvaro e o Vicente foram os primeiros a…

Apagado

A reunião de hoje foi, como era previsível, mais quente em alguns assuntos. Visivelmente transtornado, o Álvaro não conseguiu manter o que há tempos impôs (mas a isso voltaremos). O que resultou da reunião foi um evidente puxão de orelhas ao novo assessor do Álvaro. A propósito do programa que a Alexandra quer implementar para…

Abonos de representação

Provavelmente poucos saberão que os eleitos (em regime de permanência) têm direito a receber uma quantia mensal a título de despesas de representação. É um procedimento normal e aplicável em todas as câmaras. Como é óbvio, não se espera que as despesas que façam em representação da autarquia saiam do seu bolso. A parte que…

“Programa excêntrico”

Na última reunião de câmara a Alexandra anunciou a intenção de avançar com um programa turístico que deverá, segundo ela, ajudar a dar a conhecer as potencialidades do nosso pinhal. A ideia até lhe valeu um “+”! Este fim de semana ficamos a saber que este programa é “excêntrico” e que nunca chegará “a ver…

Sentá-los onde?

O mal-estar que existe na coligação deverá estar a criar algumas dificuldades a quem logo tem que organizar o jantar onde todos deverão estar presentes. A questão mais problemática será onde sentar aqueles que, na câmara, não se estão a conseguir entender. A lógica será que todos se sentem à mesma mesa mas até que…