Sem mãos a medir

O Álvaro veio ontem, finalmente, dar a conhecer qual a sua decisão. Com a desculpa de que o quis fazer apenas depois da reunião e a dar a conhecer primeiros aos membros do executivo, lá veio dizer que vão ficam com ele a generalidade dos pelouros. Está-se mesmo a ver que ele não irá ter…

Assim se vai por aqui

A reunião de ontem foi estranha. Depois da PCP ter batido com a porta à governação, esperava-se que houvesse mais discussão. Nada. Os eleitos do partido parecem estar a acatar as ordens de não fazerem ondas para já e de deixaram a poeira assentar. Quase que se pode dizer que o momento alto foi quando…

Primeira reunião

Está a decorrer a primeira reunião desde que a coligação caiu. É a primeira desde que o Vítor e a Alexandra ficaram pendurados ao lado dos demais elementos da oposição. Depois de tudo o que aconteceu, do muito que foi dito, hoje estão todos a comportar-se com uma cordialidade que não é mais do que…

(S)Em Manutenção

Há uns dias o Álvaro afirmava que “mais que qualquer outra Cidade do país, a Marinha Grande é a Cidade das Bicicletas. Todos os que são da minha geração, e alguns mais novos, ainda se recordarão decerto dos milhares de bicicletas que diariamente circulavam por toda a cidade, por todo o concelho. Temos uma orografia…

Novos pelouros

Foi já tornado público a distribuição de funções na câmara depois da queda da coligação. O Vicente passa a ter, além do que já tinha (recursos municipais e desenvolvimento de infraestruturas) a área administrativa e modernização, que inclui os recursos humanos e modernização administrativa; a área de relações externas, que inclui o apoio à AM,…

Nada de nada!

Passaram já vários dias desde que a coligação terminou. Depois das diversas acusações que foram feitas, aqueles que foram eleitos seguem um caminho de total alienação em relação aos que os elegeram. Ninguém sabe o que se passa e as férias parecem ser a desculpa para tudo. É como se a terra tivesse parado nas…

Os Centros avançam

Pelo que se pôde ler há pouco, a câmara negociou e terá conseguido um investimento de três milhões e meio de euros e irá manter a candidatura para mais cinco. Se a isto juntarmos o facto de o Vicente ter já informado que irá manter a candidatura para a construção de Centros Escolares, não parecem…

O futuro

Da ronda de conversas que o Álvaro está a ter com os membros da oposição, falta ainda tê-la com o Santos. Não se espera, no entanto, que daí venha a resultar alguma alteração ao que se prevê que irá acontecer. Com o pelouro da educação já entregue, os restantes mantêm-se ainda nas mãos do Álvaro.…

As ausências

Agora que se está a iniciar um novo ciclo no que diz respeito à gestão camarária e em que os vereadores da oposição poderão ser chamados a intervir de forma mais activa, fomos dar uma vista de olhos ao que foi a sua intervenção ao longo dos últimos dois anos. Fomos ver quantas vezes os…

Técnico de profundidade

Com os pelouros ainda por entregar, e ainda sem que tenha tido lugar a reunião com o Logrado, estivemos a pensar quais seriam aqueles pelouros que poderiam ser entregues aos vereadores da oposição. Há um que se destaca: o que faz a gestão do técnico de profundidade e dos cemitérios. Parece-nos  que esse pelouro poderia…

Segunda reunião

A primeira reunião já terminou. Foi entre o Álvaro e o Aurélio e, pelo que conseguimos saber, não houve feridos. Para o fim de semana está prevista a segunda reunião entre o Álvaro e o Logrado. Se com o Aurélio não houve sangue, também não se prevê que isso venha a acontecer com o Logrado.…

Fora e dentro

Começou hoje a ronda de contactos entre o Álvaro e os eleitos da oposição. Não se prevê que dali saia alguma coisa, ainda mais depois de lermos a posição do Aurélio, mas há que esperar. Acreditamos que o mais certo será que o PS fique com todos os pelouros. Para a semana já se saberá.…

Apareceu!

Uma semana e muito depois, o Álvaro deu sinal de si. Num comunicado publicado às 14.10, o Álvaro dá a saber que irá continuar no lugar para o qual foi eleito. Sem deixar de atribuir as culpas para a queda da coligação à Alexandra, assume, no entanto, uma posição de quase mendicidade. Deixa o pedido…

Sem solução

Depois da queda da coligação, esta semana foi a primeira vez que o PS reuniu. Não se esperava grande desenvolvimento mas esperávamos que o Álvaro aparecesse já com uma ideia sobre o que fazer no futuro. Qual Cristo que transporta uma cruz pesada, o Álvaro apresentou-se apenas com mais do mesmo. Nem uma solução apresentou…

Que futuro?

Com a queda da coligação e sem que haja qualquer espécie de comunicação por parte dos que foram eleitos, desconhece-se qual será o futuro da terra. Muitos cenários são possíveis e, como é evidente, não irá ser perguntado aos eleitores o que pensam sobre isso. Os partidos e movimentos independentes irão actuar de acordo com…