Apontar o dedo

Hoje pode ler-se a opinião do ex-presidente da câmara e o descontentamento que mostra em relação ao PS e às governações que lhe sucederam. Sem que tenha entrado no assunto que o poderia machucar, o Atrium, elencou uma série de coisas que foram mal feitas e continuam a sê-lo. Sem que seja novidade para ninguém,…

Lido por aí CXXX

“Espero que o diploma que a vencedora do Orçamento participativo de 2017 recebeu, valha mais que aquele que me entregaram em 21 de outubro de 2016, pois, nem as Certidões e Diplomas assinados pelo Presidente da Câmara da Marinha Grande, a garantir que a Remodelação da EB do Pilado se realizaria em 2017, nos valeram.…

Sem endereços

Na época de Natal enviamos sempre aos eleitos e pessoas que nos visitam os votos de boas festas. Enviamos também para outras entidades e há alguns que respondem. Este ano quisemos fazer o mesmo e, como é normal, fomos ao site da câmara procurar os endereços dos eleitos. Queríamos enviar para todos. Não pudemos! Quem…

O tanque

Ainda de volta do que são as obras projectadas pela Cidália para este mandato, parámos no que poderá vir a ser a futura piscina e no quanto ela irá custar. O PS está na câmara há oito anos e não avançou nada quanto a esse assunto. Questionámo-nos em relação ao motivo e uma das razões…

Férias

Ontem foi o ultimo dia de férias para as crianças. Última oportunidade para que pudessem desfrutar de alguma coisa de diferente aqui na terra. Graças à decisão da Cidália de conceder tolerância de ponto, ontem o Pai Natal fechou a sua casa e foi de férias para outras paragens. No programa das actividades de Natal…

Insistir no erro

Pior do que cometer erros é insistir cometê-los. Já antes escrevemos sobre isso, mas o assunto não perde actualidade no momento em que quem manda insiste em esbanjar o dinheiro que pagamos com os nossos impostos para beneficiar apenas alguns. Neste caso são 250 os beneficiados. Na câmara continua a politica de permitir que apenas…

Poluição

A semana passada perdeu-se definitivamente a oportunidade de serem aproveitados os mais de nove milhões de euros que estavam disponíveis para a construção de tratamento que iria permitir diminuir a poluição do Lis. Os donos das pecuárias vão assim continuar a ter a desculpa, se é que isso se pode chamar, para despejar no rio…

Zero

O ano novo começou e esperamos que seja melhor do que o que terminou. Se aqui na sede do concelho a passagem se fez sem que nada acontecesse, nas praias houve celebração. Em S. Pedro tudo correu sem grandes novidades. Na Vieira foi o mesmo com algo que não pode deixar de ser notado. Noutras…

NOTICIAS CÁ DA TERRA

Foi aqui falado há dias, o “amadorismo” ou a “falta de profissionalismo”, como queiram, por parte do órgão do município encarregue da comunicação. É triste que apenas se fale do concelho pelos piores motivos! Foram noticia o caso dos incêndios, a agressão a dois GNR na Vieira e ontem um caso de uma mulher que…

Sem avanços

Quem não conhecer e olhar para a imagem poderá pensar que é uma retirada de um qualquer território em guerra. Não é o caso. É apenas um dos exemplos daquilo que se consegue encontrar no centro tradicional. Poderá dizer-se que a câmara não tem culpa da inacção dos proprietários e esse argumento até poderia ter…

Porta do cavalo

Os vereadores têm andado numa azáfama em reuniões. Só este mês foram já sete. Subsídios e mais subsídios, tudo para que se tente até ao último dia do ano gastar a maior quantidade de dinheiro que for possível para diminuir o saldo de caixa. Hoje mesmo vai haver mais uma reunião para que sejam atribuídos…

Balanço

Final do ano e, como é normal, ganha-se embalo para se fazer o balanço. Como todos os anos há coisas boas e coisas más. Infelizmente as más sobrepõem-se às boas. Pelo lado positivo tivemos eleições que decorreram dentro do espírito democrático a que nos habituámos; tivemos Festas da Cidade que, sendo copy / paste das…

Pago à peça

Como é óbvio, hoje em dia o Facebook é uma ferramenta de informação interessante. Lá pode ler-se tudo, desde as coisas mais absurdas a algumas interessantes. Da parte dos organismos estatais ou autárquicos, é o único local onde alguns acham que se pode difundir informação. Ter uma página bem arrumada é o primeiro sinal de…

Um dia, quem sabe!

Quando há umas semanas foi aprovado o novo regimento da câmara no que diz respeito às reuniões do executivo, ficámos convictos que iria passar a ser feita a transmissão em directo. O termo ‘live streaming’ traduz-se em disponibilizar sinal de video e audio que permite que se assista ao que está a acontecer quase em…

A mensagem de Natal

Na sexta a Cidália divulgou a sua mensagem de Natal através do Facebook. Começou por dirigir-se às “estimadas” e “estimados” (fazendo questão de por o “estimadas” em primeiro – se tivesse sido homem a fazer o oposto seria machista!) como se “munícipes” não fosse um substantivo de dois géneros! Num texto com nove parágrafos, cinco…

Tolerância

A Cidália decidiu dar tolerância de ponto amanhã e no dia 2 de Janeiro. Vão ser mais dois dias em que a câmara estará fechada. Que leva a que se conceda tolerância de ponto no dia seguinte ao Natal ou ao ano novo? Até se entende que alguns estabelecimentos comerciais estejam fechados porque estiveram a…

As despesas

O orçamento é importante porque nele se consegue prever o que a câmara irá fazer. Depois de uma leitura rápida no que são as obras que estão previstas, há algumas que se destacam. Está previsto gastar-se 1.200.000 euros na remodelação da adutora para a Marinha e 600.000 euros na que liga a S. Pedro; para…

Ministro da (des)Informação

Quando foi a guerra no Iraque houve um personagem que não deixou de dar nas vistas, o Ministro da Informação. Era aquele que aparecia nas televisões a dizer que “Nossa avaliação inicial é que todos vão morrer” ou que “Deus vai assar seus estômagos no inferno nas mãos dos iraquianos” ou mesmo que “Eu triplo garanto, não…

Prenda de Natal

O orçamento passou na câmara com a oposição da dar ‘carta branca’ para que a Cidália possa fazer aquilo que se comprometeu fazer. Foi a forma de não se vincularem a nada, sem que fiquem com o carimbo de que dificultaram a vida a quem tem por função governar. Foi a decisão previsível de quem…

Sem votos de Natal

Tirando um conto de Natal, este ano os nossos autarcas não tiveram tempo para nos desejarem, e referimos aos munícipes, um feliz Natal. Não sabemos se isso tem a ver com linhas editoriais ou se foi mesmo uma opção dos autarcas. De certo modo esperávamos que, pelo menos agora, se lembrassem de desejar àqueles que…

Orçamento à porta fechada

É indiscutível que o orçamento é o principal documento que uma câmara tem que discutir e aprovar. Dele irá depender todo o futuro da câmara e do concelho. Amanhã irá haver reunião em que o orçamento irá ser discutido e votado. Vai sê-lo à porta fechada. Os munícipes, principais interessados daquilo que irá ser discutido…

Limpeza

Durante a campanha a Cidália disse que nos primeiros cem dias iria fazer uma limpeza na câmara. O termo não foi esse, mas o sentido que se deu à sua vontade entronca nesse conceito. Nunca mais se soube nada sobre essa intenção de reorganizar os serviços, mas na entrevista do Telmo na semana passada ficou-se…

A casa do Pai Natal

Ontem, para além de termos ido ver como estava a funcionar a pista de gelo, passamos também pela casa do Pai Natal. Estávamos à espera de ver, pelo menos, o que o ano passado se podia ver. Animadores a pintar as caras das crianças, animadores vestidos com trajes natalícios, entretimentos para as crianças e tudo…

Confusão

A imagem possivelmente diz pouco a quem não foi já à pista de gelo. São os patins que quem la vai para tentar patinar tem que andar à procura para poder conseguir entrar na pista. Não há qualquer espécie de organização. Os patins estão espalhados pelos chão, os capacetes não dão para todos os que…

A creche

Desde há muito que se fala na creche da Ivima. Não tem saído do papel, mas da reunião de câmara o assunto foi falado. Em cima da mesa foi colocado o problema de as instalações estarem com humidade e da conveniência de ir colocar crianças num local que poderá não ser o mais aconselhado para…

Acampamento nómada

Numa reunião com elementos da câmara surgiu uma ideia, apoiada em parte pelos demais elementos da oposição, que nos parece desprovida de sentido. Talvez por em Ourém estar habituada a lidar com o problema dos refugiados, uma vereadora sugeriu que se avançasse com a criação de um espaço onde os nómadas, e referimos aos de…

Maré de azar

Às vezes ficamos com a sensação de que a Cidália foi atirada aos tubarões. Pouca coisa lhe corre bem. Foi o incêndio do Pinhal do Rei, “como gostamos de chamar”, foi o desabamento em S. Pedro, é a pista de gelo que está com água, é a candidatura do seu candidato à concelhia que não…

Pista encerrada

A pista de gelo está encerrada. O motivo tem a ver com facto de o gelo ter derretido e o gelo se ter transformado em água! A justificação que foi dada foi a de que tinha estado lá um grupo de meninos muito grande e que, por esse motivo, o gelo tinha derretido!!! O facto…

Minimalismo

Quem tem internet, quem vê televisão, quem lê os jornais não pode deixar e achar que aqui, no concelho, se vive numa realidade à margem de tudo o resto. Referimos, como é óbvio, ao Natal. É confrangedor ver as notícias sobre o que há nutras terras e ver o que se passa aqui no concelho.…

Não bate certo!

Hoje a Cidália afirmou, para todo o país ouvir, que quando liga para Lisboa, ouvem-a. Disse que um dos problemas que existem é não haver uma data para que as medidas sejam postas em prática por parte do ICNF. Hoje foi aprovada uma proposta de vários partidos que prevê a reflorestação. Pode ler-se que “O…

Cidália na rádio

A Cidália esteve na rádio há minutos. Do que disse pode-se retirar algumas informações. Referiu que “pedimos ao senhor secretário de estado que os recebesse (ao ‘o pinhal é nosso’)”, que “quando liga para Lisboa, ouvem-na”. Referiu que “adiantámo-nos ao ICNF no sentido de fechar as estradas” e que “nós gostaríamos sempre que os passos…

Orçamento 2018

Na página do Facebook do MpM o Aurélio está a pedir contributos para o orçamento que deverá ser discutido um dia destes. À primeira vista a ideia parece ser interessante não fora o facto de ser difícil para qualquer munícipe dar sugestões ou contributos quando não se sabe ao certo quais irão ser as orientações…

Armadilha

Em S. Pedro o chão fugiu debaixo dos pés e, à boa maneira portuguesa, foi uma sorte ter acontecido agora. Se tivesse sido no verão, com a estrada cheia de carros e pessoas a passar, poderia ter sido um prejuízo bem mais avultado em termos materiais e até de vidas. Claro que ainda não se…