É hoje

Todos os anos há dinheiro que vem do ano anterior que tem que ser incluído na verba que o executivo camarário tem para gastar. É como se fosse o momento em que se vai aproveitar o dinheiro que deveria ter sido utilizado no ano anterior, mas que, por incapacidade do executivo camarário executar as obras…

Passado tão presente!

Em 9 de Fevereiro de 2015 escrevemos um texto que continua actual. Republicamo-loporque não há dúvida que os executivos PS estão a mostrar como não se faz! “Quando, na reunião de câmara da semana passada, ouvimos falar sobre a questão de não existirem placas que indiquem que se entrou na terra, achámos que era um…

Outra beldade

Hoje, quando passávamos pelo centro não consigo seguimos deixar de voltar a tirar foto a uma das ‘beldades’ que embeleza o centro. Não temos já esperança de mais alguma vez circular naquela estrada ou mesmo passar nela a pé, mas ficam as lembranças de quando aquela era uma estrada normal. Curiosamente a presidente, em relação…

E o tempo passa!

Conservatórias, o assunto que tem causado algum incómodo. Depois de uma ‘manifestação’ onde funcionários e utentes se mostrarm revoltados contra o estado em que estão as instalações, ‘manifestação’ onde não encontrámos ninguém da câmara, nem mesmo o ‘boby’, a Cidália fez questão de ler um texto, que lhe foi preparado, durante a reunião de câmara.…

Parto difícil!

Foi já há algum tempo que foi decidido, em reunião de câmara, tornar públicos todos os apoios que foram e são concedidos às associações e colectividades, seja por via dos contratos-programa, seja outro tipo de apoios. No site da câmara está já lá colocado o caminho para a página onde se podem encontrar os contratos-programa.…

Honras sem critérios

Vida e morte são algo com o que, queiramos ou não, todos temos que conviver. Há dias faleceu um conhecido artista plástico. Hoje foi um vidreiro. Amanhã alguém mais será tal como ontem. Um dia destes será um de nós. É a vida. Hoje quando se passa pelos outdoors da câmara pode ver-se que há…

Câmara viola a lei!

Há umas semanas instalou-se a polémica relativamente ao que pode ou não ser anunciado em período pré eleitoral. A CNE emitiu um comunicado segundo o qual todos os organismos do Estado e da Adminstração Pública estão proibidos de anunciar a realização de obras futuras ou passadas. A mesma comissão veio depois esclarecer que essa proibição…

É castigo

Temos, ali mesmo no centro da cidade, num dos largos mais conhecidos, um belo exemplo do que é a recolha de lixo. Poderão alguns dizer que é normal que assim seja uma vez que é assim em vários locais, mas não podemos aceitar que o seja. Um concelho que se diz virado para o futuro…

Será desta?

Miguel Araújo, João Só, Virgem Suta e Fernando Tordo estão contratados para vir actuar aqui na terra. Será que é desta que vão fazer os espectáculos fora do exíguo espaço da Casa da Cultura ou já estão a tratar de reservar os bilhetes para alguns?

Que destino dar?

É evidente que há mais do que uma ideia para o que fazer com as instalações da antiga FEIS agora que é da câmara. Não se sabe ainda quais as ideias exactas que cada um dos eleitos tem, sabendo-se apenas que foi afirmado que o que quer que ali fosse feito iria ser submetido a…

Propostas

A reunião de câmara que está a decorrer está a ser repleta de propostas. O Caetano avançou com duas propostas, como se não fosse ele o titular do pelouro. Defende que a FEIS seja já usada para ali serem colocados serviços da câmara e que o mercado seja construído nos estaleiros. Sendo o titular do…

E por falar nisso…

Por falar em estradas cortas, já há mais de um ano que está cortada uma das estradas no centro tradicional, sem que haja perspetiva de que possa ser aberta rapidamente. Será que é pedir muito saber-se quando é que vão resolver o problema?

Fechadas

Nunca, na história dos marinhenses, o “passeio dos tristes” foi tão triste… O canto do Ribeiro, como muitos outros locais da nossa mata, é mágico, e traz à tona, certamente à grande maioria dos Marinhenses as mais belas recordações e memórias de infância, de cada um de nós. Crescemos, corremos, passeámos brincámos, fizemos piqueniques, namorámos,…

Programação

Há quem critique a câmara de forma algo injusta. Nós próprios criticamos, mas temos que reconhecer que, neste caso, não há do que reclamar. Muitos criticam a câmara de não ter planos, de não programar nada e de tudo ser feito em cima do joelho. Pois bem, no que diz respeito à programação da Casa…