A medalha

Há dias um atleta, campeão de judo, ofereceu a medalha a uma jovem desportista aqui da terra. Foi um gesto bonito que serve de encorajamento e exemplo para todos os atletas mais jovens. Parece-nos que, quanto a isso, não há discussão. O atleta é de S. Tomé e Príncipe e veste a camisola de um…

Bichano

Fez ontem dois anos que o incêndio devastou o pinhal do Rei, “como gostamos de chamar”. Não adianta escrever-se sobre o assunto. É demasiado penoso fazê-lo e pouco há a dizer que todos já não saibam. Ainda assim há quem o faça. A Cidália foi uma das que decidiu escrever e, em vez de por…

Fazer escolhas

Apesar de algumas vezes sentirmos vergonha alheia, não é sobre os gostos da presidente que vamos escrever. O assunto tem mesmo a ver com capacidade de decidir e de escolher. Qualquer bom gestor tem que tomar dezenas de decisões ao longo do ano. Umas são boas, outras nem tanto, mas em todas as situações há…

O espelho

Se normalmente, quando a presidente se olhava ao espelho apenas se via a si, a partir de ontem passou a ver algo mais. Passou a ver um reflexo não de si própria, mas o de uma passagem de incapacidade que lhe foi passada pelo próprio partido. Depois da votação de ontem, ao contrário do que…

O espanto

Na Assembleia Municipal de segunda surgiu um momento engraçado. A propósito de um questão colocada pelo Filipe (àquelas poucas que respondeu já que deixou outras tantas por responder) a Cidália começou a dar uma explicação sobre o mercado e a sua localização. Já há uns dias tínhamos escrito aquilo que a Cidália disse daí que…

Rolo da massa

Na reunião da semana passada a Cidália perdeu uma vez mais as estribeiras com a vereadora Ana. Ficámos mesmo com a dúvida se dali não iria sair um rolo da massa para que a vereadora se calasse! Aproveitou o momento para não dar resposta às questões que foram colocadas, ficando a dúvida se aquele momento…

A empregada

Quem concorre a umas eleições fá-lo, em principio, para servir aqueles que votam nesse candidato, mas também para que sirva todos os que não confiaram nesse mesmo candidato e votaram em algum outro. Aqui na terra, há dois anos, 4940 pessoas escolheram a Cidália, mas 10.888 escolheram outras pessoas. Significa isso que a candidata, quando…

Maquilhagem

É deveras interessante ver-se que há cargos que são desempenhados não tanto para o interesse público, mas são o mais para para defesa de pessoas. Ao longo deste mandato tem-se notado que o gabinete da presidência da câmara está colocado ao serviço da limpeza da imagem da presidente. Parece que a função primordial dos dois…

Lágrimas de…

Pode até ser que sejam lágrimas sentidas aquelas que hoje a Cidália deitou no Parlamento enquanto era ouvida. Temos, no entanto, alguma dificuldade em acreditar que o sejam. É natural que ali elas dessem jeito não apenas para evitar que pudesse haver uma segunda ronda de questões como para que pudesse obter a simpatia dos…

A audição

Afinal está tudo bem! Tirando a dramatização final com o choro, como não podia deixar de ser, o que a Cidália foi fazer à AR traduz-se em nada. Não respondeu ao que lhe foi perguntado. Não se conseguiu ficar a perceber qual tem sido o papel do Observatório e qual o seu papel enquanto coordenadora…

A audição

Já é conhecida a data em que a Cidália e o membro do Observatório vão ser ouvidos no parlamento na Comissão de Agricultura e Pescas. Dia 3 de Julho, a partir das 9h00 vão ter que responder aos deputados da Nação. Vai ser interessante poder acompanhar as justificações que irá dar a tudo aquilo que se sabe que não tem sido feito.