Caiu a máscara

Ao longo do último ano têm tentado passar a imagem e que a Cidália está bem relacionada com os que mandam no Governo. As vindas de vários Ministros e Secretários de Estado tem-lhe permitido alimentar a ideia de que a têm em consideração e que o que ela diz é ouvido em Lisboa. Hoje caiu…

JPP e as FAKE NEWS

O ilustre deputado municipal JPP (sociólogo), vem mais vez enaltecer a “sua” dama e de um modo, que vai lá…vai! Se não soubéssemos quem é um e outro, ainda podíamos (podíamos?), acreditar em tamanhos elogios. Diz o digníssimo deputado na sua crónica no Jornal da Marinha Grande, que a Sr.ª presidente é uma mulher (isso…

Solução difícil

A Cidália estará a procurar encontrar uma solução para conseguir que a oposição lhe deixe passar o orçamento. Não cremos que vá ser fácil conseguir uma vez que, depois do que foram as declarações de voto da oposição, não vemos como poderá ser possível conseguir uma mudança de posição, a menos que dêem o dito…

As citações

Há coisas que acontecem que não podem deixar de ser consideradas como estranhas. A câmara é, teoricamente, ‘gerida’ pelos eleitos, sendo a Cidália quem manda (ou devia mandar). Todas as informações que saem da câmara são feitas pelos que lhe dão apoio, não sendo, no entanto, expectável que estejam à espera que ela diga alguma…

Culpa sua

A ausência de uma estratégia para o concelho determinou que a Cidália visse o seu orçamento chumbado. É o primeiro que apresenta desde que se pode avaliar o seu mandato e a posição da oposição foi clara: chumbo. Naturalmente que ainda há tempo para que possa ser novamente apresentado e para que tente passar, mas…

As versões

A Cidália andou a varrer o gabinete e correu com o adjunto. De certo modo aconteceu com este o que antes tinha acontecido ao primeiro adjunto do ex-presidente Álvaro. Pediram apoio para a campanha e tiveram-o. Como compensação entraram nos gabinetes como adjuntos. Um ano depois, são afastados, como que se o preço da ajuda…

Prazo de Garantia

Recuperamos aqui um texto do “Curioso” escrito a 25 de setembro de 2012,  O referido artigo tinha como título “Empresa do Regime na Resinagem”! Clique para ler Ora o vereador Aurélio já  colocou a questão da “Garantia” desta obra que termina ou terminou precisamente estes dias por diversas vezes e muito bem, à senhora Cidália,…

Até aos ossos

Não há reunião de câmara que não tenha peripécias. A de hoje foi rápida, mas ainda assim teve algo que não pode deixar de ser entendido como uma brincadeira de miúdos. A certa altura, quando se falou dos incêndios e do que a Cidália, enquanto presidente da câmara, fez ou deixou de fazer entrou em…

Sem questões

Há alguns séculos era normal os professores falarem e não ser possível sequer questionar o que diziam. Era o tempo dos dogmas, do magister dixit! Séculos depois é possível ver os bustos que foram feitos a todos esses professores com as suas verdades insofismáveis. Hoje em dia são já poucos os que se comportam como tal,…

Desinteresse

Quando estar a trocar SMS ou falar pela internet é mais interessante do que estar atento ao que o orador da Faculdade de Arquitectura da Universidade de Coimbra diz sobre o tema do pinhal! Ainda bem que é um dos assuntos que a presidente tem no coração e sobre o qual tem muita preocupação! Imagine-se que…

Braços abertos

A Cidália lembrou-se que seria boa ideia o Governo mandar o ICNF aqui para o concelho e toca de sugerir isso hoje na sessão de apresentação das propostas para o pinhal. Gostávamos que uma vez que fosse a presidente sugerisse algo que fosse realizável ou que não fosse apenas para ‘encher pneus’. A ideia de…

Andar ao colo

Há muito que se sabe que a Cidália tem andado com os que mandam no Pinhal do Rei, “como gostamos de chamar”, ao colo. Desde que, há um ano, houve os incêndios que tem andado a desculpar os que mandam e a justificá-los. Hoje pode ler-se que a Cidália continua a querer andar com eles…

Os opostos

A reunião desta semana permitiu perceber que há quem esteja desajustado na função que tem. Referimos, naturalmente, à Cidália que, como já há muito se sabe, não tem jeito para o cargo para o qual se candidatou e foi eleita. Sem ela à frente da reunião de câmara, tudo decorreu com uma naturalidade que não…

Os corações

Já há muito que não víamos a Cidália com tanto coração. O que falta por dentro, quis pôr por fora. Não nos cabe comentar a falta de gosto da presidente, mas não pudémos deixar de ver na fatiota que a presidente escolheu para se deixar fotografar o antípoda do que tem sido a sua governação.…

Não aprendem!

A Cidália vai, uma vez mais, dar palco o presidente do ICNF. A lucidez que o Caetano teve quando na reunião assumiu que algo está mal, parece não ser contagiante e a Cidália vai outra vez esticar o tapete vermelho a alguém que tem mostrado não estar a fazer os mínimos. A subserviência contínua e…

Problema identificado

A reunião de segunda não contou com a presença da Cidália durante grande parte do tempo. O Caetano assumiu a presidência e ficou identificado o problema das reuniões. É a Cidália. As diferenças foram evidentes. A presidente é o único problema que leva a que as reuniões sejam o circo que semana após semana se…

Contar pelos dedos

Quando se pensa nos projectos que estão pendentes no concelho, fica sempre a ideia de que eles são estudados e que não há, em relação a cada um deles, questões que possam ser colocadas. Um dos que está em curso é o do Interface Rodoviário que querem construir no parque de estacionamento. Questionada sobre a…

Competências

Está ainda por decidir que competências irão passar, se algumas, para a câmara. Há 15 dias a Cidália foi questionada sobre esse facto e optou por nada dizer, relegando o assunto para mais tarde. Ontem, na reunião, ficou-se a perceber qual a posição que irá ter. Num dos assuntos que estava em discussão, a Cidália…

(In)COMPETENCIA

Quando alguém daqui a algum tempo e por qualquer motivo decidir ouvir as gravações das reuniões do executivo actual, vai “assustar-se”! Assustar-se porquê? Começa por haver tanta pergunta com resposta por dar! Os concursos públicos lançados por este executivo, são de uma incompetência…atroz! Não duvidamos, da boa vontade da Sr.ª Célia… mas não basta vontade!…