Conta-gotas

Cada dia que passa vai-se percebendo mais que tudo está a ser feito à medida que se vai andando, sem qualquer planeamento ou organização. Referimos, como não poderia deixar de ser, ao que se passa na Câmara em relação à celebração do Natal. Começou-se sem que nada fosse anunciado. Passou-se para a fase de conceder…

Perdão

Há momentos em que os autarcas deviam ter a humildade de saberem pedir desculpa aos munícipes, aos que os elegeram. Quando são eleitos não é para que governem o concelho como se se tratasse dos seus quintais se tratasse. As decisões que tomam afectam as vidas de quem aqui vive e não podem ser tomadas…

A moda

Não é ainda público o que a câmara quer fazer com os quase cem mil euros que vão gastar este mês para assinalar o Natal. Se tivermos em conta que a câmara do Porto gastou, pelo que ontem ouvimos na TV, cento e quarenta mil, ou será muita coisa ou muito bem paga por ter…

Saber estar

Ontem houve entrega de prémios de mérito aos alunos. Além dos alunos apareceram lá a Cidália e a Célia. é uma novidade em relação aos mandatos anteriores e quanto a isso nada há a comentar ou criticar. Só fizeram senão bem. A parte caricata surge quando a Célia sobe ao palco e afirma que subiu…

Ofuscar

O que há dias escrevemos sobre o que parece poder vir a acontecer, está mais próximo de se concretizar. A Célia parece estar a começar a tapar as luzes sobre a Cidália. Apesar da sua notória falta de experiência em assuntos relacionados com a câmara e com as pastas que lhe foram entregues, mostra vontade…

Peditório

A Cidália disse que não havia necessidade de se apelar à ajuda popular porque estava já tudo previsto com dinheiro que viria de apoios comunitários. Pelos vistos só ela pensa assim porque a sua vereadora deu a conhecer a “lista das necessidades para este fim de semana” onde se incluía, entre outras coisas “Cimento; Ferro; Telhas de…