Quanto tempo?

A coligação entre PS / PCP dura já há mais de um ano. Apesar de terem defendido ideias diferentes durante a campanha, após a coligação tem-se notado existir uma identidade de ideias e procedimentos entre todos. A coligação é, ainda assim, contrária a tudo o que seria esperado. O PS e PCP pouco ou nada…

Silêncio, não!

Hoje deverá sair a primeira edição após o atentado em Paris. Não a iremos ler e sabemos que haverá quem não deixará de falar no que aconteceu na Nigéria e em muitos outros países onde há loucos que não deveriam sequer ter nascido. Haverá também quem fale na hipocrisia dos que mandam e que patrocinam,…

Assim, sim!

Somos às vezes criticados por apenas apontarmos para o que está mal. A razão é simples: poucas são as coisas boas que acontecem. Desta vez temos que dar conta de algo que nos surpreendeu, pela positiva. Dez é um número como qualquer outro mas neste caso representa o número de minutos que a nova directora…

Presumir para decidir

Quando temos conhecimento das decisões que são tomadas pelos que mandam na câmara, a ideia que temos é a de que estão seguros do que fazem. Pensamos sempre que o que decidem é assente em convicções seguras do que estão a fazer. Não é assim! Na reunião que foi feita mesmo ao encerrar do ano…

De fome a fartura

Não, o Vítor não está assim tão disforme nem tão gordo. Apesar de ter inchado um pouco desde que é vereador, ainda não se nota diferença no seu aspecto. Mantém as mesmas sapatilhas de sempre e a mesma aparência. A imagem tem a ver com um dito popular que diz que não há fome que…

Incontactável

A semana passada lemos num dos jornais um texto que fez referência ao papel dos inpedendentes na politica local. Quando eles apareceram, desde o tempo do Artur, que tentaram mostrar-se mais próximos dos munícipes. Esse foi, aliás, um dos argumentos que foi usado nas diferentes acções de campanha que tiveram lugar. Não nos pronunciando sobre…

Servir de bandeja

Todos sabem que “não é com vinagre que se apanham moscas”. A mudança de postura do Logrado assenta nessa ideia. Se até há pouco não conseguíamos entender a razão da mudança, tivemos informação que vem, de algum modo, explicar a razão da alteração se comportamento. O Logrado percebeu que não seria mantendo uma posição de…

O sorteio das nomeações

Quando o Álvaro iniciou este mandato decidiu reconduzir a Tereza e nomeou o Amândio. Nem um palavra disse quanto às razões das nomeações. Escudando-se sempre no argumento de que as nomeações são matéria da sua competência, nunca explicou o porquê de ter colocado ao seu lado quem colocou. Se em relação à Tereza se sabe…

Desculpas? Para quê?

Alguns saberão a que diz respeito o texto da imagem. Quem tiver a agenda cultural de Dezembro verá que está lá isto. Perguntarão alguns porque é que isto aqui aparece? Simples! Era uma das programações culturais para o mês que passou. Seria uma sessão de cinema para os mais pequenitos. O problema foi que a…

Mudam-se os tempos…

“Li atentamente a vossa entrevista ao Dr. Aurélio Ferreira… como tenho lido as notícias e estado atento às movimentações políticas (partidárias e cívicas) com vista às próximas autárquicas. É publicamente conhecida a minha proximidade ideológica e partidária ao PS, nacional e local. A seu tempo, considerei que as eleições autárquicas de 2005 tinham sido decididas…

Competência exclusiva

No final do ano foi escolhida a palavra que os portugueses acham que melhor caracterizou o ano: corrupção. Por cá não nos parece qque o termo tenha aplicação. Ontem ficámos a saber que o que é de maior agrado do Álvaro é o seguinte: “competência exclusiva”. Sabe-se que há assuntos e competências que não podem…

“Je suis Charlie”

Um dia depois do atentado que está a movimentar o mundo ocidental, é-nos deixada, às 16:42, uma mensagem privada a propósito do post “Os apoios e a falta deles” com o seguinte teor: “Anónimo??? pensas que destabilizas quem tem luz própria… perdes do teu parco tempo. Alimenta-te de “comida” saúdavel. Que te faça crescer enquanto…

Os apoios e a falta deles

Apesar dos muitos erros que vão sendo cometidos pelos membros do executivo camarário, não consideramos que algum deles faça as coisas por maldade ou com intenção clara de prejudicar. Tendo esse pressuposto em mente, a questão, mal explicada, de alguns apoios que não são atribuídos sempre nos fez alguma confusão. Quando se trata da utilização de…

Cuspir no prato

Há uns dias lemos uma publicação de indignação por a um “sem abrigo” ter sido aplicada uma coima (com despesas) de 112,50€ por estar a arrumar carros junto de um supermercado. Quando lemos o texto pensámos que seria por questões de dinheiro que ele tinha sido escrito. Mas que importa a um “sem abrigo” que…

Perdeu a língua!

Quando o Logrado apareceu na vida política, a ideia que pareceu querer transmitir foi a de que iria ser uma pedra no charco. Quis dar a ideia de que tudo iria passar a ser diferente. Depois de eleito, durante as primeiras reuniões (aquelas em que esteve presente) a sua postura foi a das eleições. Chegou…

Só porque sim!

Quando olhamos para as decisões que são tomadas pela câmara esperamos sempre encontrar um fundamento. Justificar o porquê de ser decidida alguma coisa é a única forma que os munícipes têm para poderem saber qual a razão que sustenta essa decisão. Tínhamos assistido à reunião de câmara que deliberou atribuir apoios a alguns clubes. Apesar de…

É só coincidência!

Alguns ainda se recordarão desta imagem. Foi há quase dois anos, depois do temporal que se abateu sobre a terra e deixou a mata irreconhecível. Nessa altura um grupo de munícipes tentou mobilizar os políticos e a população para o problema. O resultado foi o que se vê. Estiveram presentes os que mais tarde vieram…

Má gestão dos cemitérios

Continuamos a ser uma terra que tem uma atenção especial com os seus mortos. Ainda que para muitos possa ser um assunto irrelevante, não o deveria ser para quem manda. Não, não vamos voltar a falar no jazigo que, um ano depois, está ainda sem solução. Esse será um assunto que irá ser arrastado até…

TUMG levada ao colo

 Quem procurar um pouco encontra isto: “As empresas locais, tanto nas relações com os sócios como com terceiros, estão sujeitas às regras gerais da concorrência, nacionais e comunitárias, e devem adotar mecanismos de contratação transparentes e não discriminatórios, assegurando igualdade de oportunidades aos interessados, nos termos legalmente previstos“. Este texto é tirado de uma das…

Haja paciência

Conseguir-se chegar lúcido a uma idade avançada deverá ser uma benção. Alguns conseguem, outros vão envelhecendo sem perceberem que o tempo deles já passou. Soares faz-nos lembrar a Heminia Silva. Quando já não cantava mas apenas fazia uso do nome, sempre que tinha possibilidade de chegar a um palco quase que era necessário que a tirassem…

Sem programação

No final do ano, a câmara deu um novo visual ao site institucional. Tivemos a esperança que a falta de informação actualizada fosse algo que tivesse apenas a ver com a mudança de visual e que em poucas horas tudo seria ultrapassado. Não foi! Mas esta falta de informação levou-nos a tentarmos ir saber o…

As contas

O ano começa e com ele deveria começar uma nova vida. Para alguns assim será mas não acreditamos que alguma coisa mude no que diz respeito a quem manda. Não sabemos como foi a passagem de ano dos que mandam porque, como nada foi organizado por eles, também não tivemos interesse em sabê-lo. Sabemos que…

Os votos de ano novo

“Caros Munícipes, Têm sido poucas as vezes que perco tempo  a escrever umas linhas para poder dizer o que penso mas, como estamos no último dia do ano, não poderia dormir descansado sem que fizesse o que muitos esperam de mim. Sei que nas eleições prometi que iria fazer muita coisa. Eu sei disso. Sei…

Uma opinião

“Caro(s) Curioso(s). Não percebi se o post da semana passada era bluff ou se estavam mesmo com intenção de fechar a praça. Seja lá como for, fizeram bem em não fechar. No meio de muita confusão, desinformação, má língua e outras coisas tais, também há informação interessante que nunca saberíamos se não fosse por aqui.…

De sonho a pesadelo

Quando hoje acordámos ficámos sem perceber muito bem se o que tínhamos vivido era sonho ou realidade. Acontece às vezes sentirmos isso. Desta vez a sensação com que acordámos foi a de que tínhamos passado o ano no centro tradicional porque a câmara se tinha dado ao trabalho de organizar algo para que ali se juntassem…

Previsões para 2015

Amanhã começa mais um ano. Costuma-se dizer que “ano novo, vida nova”. Não nos parece que assim vá ser. Inspirados com o que parece ser a nova vocação da chefe de gabinete do Álvaro, ler (sem jeito, diga-se), lembrámo-nos de quem lê o futuro nas bolas de cristal e fomos tentar fazer as previsões para o…

Personalidade do ano

Estamos a chegar ao fim do ano e, como é natural, é altura de se fazer o balanço. Houve coisas positivas outras negativas. Momentos felizes e momentos de desespero. Momentos em que o mundo parecia ter um brilho anormalmente bonito, outros em que as nuvens pareciam esconder o mais persistente dos raios de luz. Houve…

Esquecimento convevinente

Quem tem conta no Facebook este ano não conseguiu passar ao lado da ideia idiota que eles tiveram se criar uma apresentação onde aparecem as fotos que foram sendo publicadas, culminando com a frase de que foi um excelente ano. Se o executivo da câmara, que manda, tivesse conta no Facebook o que não iria…

Risco de multas

Haverá já quem tenha recebido um papel destes em casa depois de ter facilitado quando deixou o carro num dos parques pagos aqui da terra. Já aqui falámos nisso mas hoje, quando deixámos o carro estacionado num dos locais onde não deve ser cobrado o estacionamento e nos cruzámos com um dos que habitualmente anda…

Transparência do Design

Recordam-se da classificação que a câmara teve que a colocou entre as mais transparentes? Recordam-se do fracasso do evento do Desgin? Assim à primeira vista, uma coisa nada tem a ver com outra, mas tem. Até hoje ainda não conseguimos ver qual a utilidade daquele evento. Foi uma semana de conferências frequentadas por jovens e…

Porta a fechar

Foi notícia a semana passada que a Porta Azul não fez o almoço de Natal e que vai reduzir serviços. Pelo que vem noticiado, tudo isso deve-se ao facto de, como já se sabe há muito, a câmara não ter entregue o subsídio anual. Ou seja, confirma-se que a instituição é dependente dos subsídios e…

Carta ao Pai Natal

O Natal já passou e a curiosidade sobre o que tenham sido os pedidos que o Álvaro fez ao Pai Natal não desapareceu! A curiosidade não irá ser satisfeita! Mas, por falar em curiosidade, há meia dúzia de dias ele afirmou que o assunto do mercado iria ser discutido depois no Natal. O Natal já…

Tarde de cinema

[sociallocker id=”5306″] Hoje, por ser dia de Natal e para não estarmos a escrever sobre o que se passa por cá (ou melhor, o que não passa), deixamos apenas a comédia que ontem estreou e que deu origem às ameaças da Coreia em relação aos EUA. Divirtam-se. (Não está legendado) [/sociallocker] 00 Seguir ( 0 Seguidores )…