Luzinhas de Natal

A câmara vai gastar dez mil euros para colocar luzes de natal que deverão estar a funcionar daqui a duas semanas. A iluminação será colocada em alguns edifícios e nas entradas da terra e das freguesias da Moita e Vieira. Pelo que irá ser gasto e pelo que foi anunciado, não será de esperar que…

Mercado com lugar escolhido

Na proposta de orçamento que foi votada esta semana, vem já prevista uma quantia destinada à elaboração do projecto do mercado. Há dias foi afirmado que o mercado será construído se forem atribuídos os fundos comunitários e que o lugar onde irá ser edificado não está ainda definido. Há, no entanto, coisas que não batem…

Incógnita do orçamento

Depois de ser conhecido que a comissão politica do PSD local teima em manter a posição que inicialmente defendeu, mesmo contra as indicações do partido, a incógnita sobre o que irá acontecer com o orçamento mantém-se. A distribuição de eleitos na Assembleia Municipal pode levar a que o orçamento reprove, mesmo que seja viabilizado na…

Retirada confiança ao Santos

Apesar de terem recebido instruções da distrital para actuarem num sentido, às 12:14, o PSD local dá a conhecer publicamente, em comunicado à população, que retira a confiança política ao Santos. No texto referem que “mesmo assim, e contrariando a decisão da comissão política do PSD local face ao que atrás foi exposto, o vereador…

Pôr ordem no partido

Depois da votação do orçamento e do Santos ter sido o único vereador da oposição a votar a favor, o que se esperava era que o PSD local pudesse retirar-lhe a confiança política. Apesar de no seio da comissão politica local a posição não ser unânime, a vontade da maioria era que o Santos rejeitasse…

Não apareceram!

Há coisas que se entendem, outras nem por isso! Ontem lemos que, a propósito da Carta Estratégica, no âmbito da revisão do PDM, os vereadores foram convidados a participar em reuniões com quem está a liderar o processo de candidatura com vista poderem dar os seus contributos. É a formal normal e lógica de funcionar.…

Dar graxa

Quem não se lembra de, durante a campanha e mesmo já depois das eleições, a Tereza ter sido alvo das criticas por parte do Logrado. Desde ter sido afirmado que não tinha as mínimas condições para continuar na câmara, a existir falta de carácter da equipa do Álvaro, na qual ela se incluía, a ter…

Cinco euros!

À semelhança de muitos dos que aqui vivem, o Aurélio era um dos que queria poder nadar numa piscina nova nos próximos tempos. Poderia ter visto esse objectivo alcançado se ontem o orçamento contivesse uma verba que permitisse a sua construção. Tinha! Cinco euros! Esta foi uma das obras que, à semelhança de outras, tinham…

Os irredutíveis

Durante a reunião de ontem, que durou até perto das duas da manhã, foi possível ver as posições que cada um assumiu. Os que votaram a favor pouco tiveram que justificar. Já os que rejeitaram o orçamento tiveram que mostrar o porquê de o fazerem, o que ficou expresso nas suas declarações de voto. Foi…

Sozinho

Como tinha já sido dado a conhecer, a posição do Santos foi contrária à que a concelhia queria que fosse e aprovou o orçamento. Com o PSD local a sofrer as ondas de choque do que se passa ao nível nacional, a posição que queriam que o Santos assumisse era uma que iria levar ao…

E agora?

O trambolhão que ontem o Vicente deu, com a oposição a chumbar-lhe o orçamento, é um que irá deixar marcas. Os sentidos de voto eram previsíveis e qualquer estava em condições de conseguir antecipar o que iria ser a posição que cada um dos vereadores iria tomar. Cabia, por isso, ao Vicente ter feito o…

Chumbou

A votação acabou já tarde e orçamento não passou. Com os votos do PS e PSD a favor e o PCP, MpM e + Concelho a votarem contra, o primeiro orçamento apresentado pelo Vicente chumbou. Fica por saber se o Vicente vai sentir este chumbo como uma “moção de censura” à sua governação e se…

Os decisores

A decisão pelo “sim” ou pelo “não” de um orçamento municipal é, sem dúvida, aquela que mais peso tem na vida da autarquia e de todos nós. Dessa decisão depende praticamente tudo o que irá acontecer no ano seguinte. Quem já leu o documento fica com a sensação de que aquela é uma matéria que…

Um olhar pelo tempo

Dependendo do que logo for decidido, o Vicente poderá ter os dias contados à frente da câmara. A partir do momento em que está em funções como presidente sem que para isso tenha sido eleito, a possibilidade de ver hoje o orçamento rejeitado equivalerá à exibição de um cartão vermelho que, necessariamente, deverá levá-lo a…

Apenas para recordar

No dia em que se vota o orçamento apresentado pelo Vicente, é bom recordar o que em 2007 o PS afirmava sobre a entrada do Cascalho para o lugar de Presidente: “A solução que daqui sai não é legítima, nem democrática. É uma solução que resulta da usurpação do poder democrático, correndo até o risco…

O orçamento

Amanhã à noite os vereadores irão discutir e votar o orçamento. É razão para se dizer: já não era sem tempo! Estivemos a dar uma leitura ao que amanhã irá ser discutido e a conclusão a que se chega é que é mais do mesmo. Não se vê que estejam previstas medidas que impliquem uma…

O pânico da direita

Depois de ontem a TAP ter sido privatizada, mesmo estando o Governo em gestão, o Passos quer alterar a constituição para que possa manter-se no poder. Acreditamos que o Ministério Público esteja atento a esta pressa em vender a TAP porque há qualquer coisa nisto que não cheira bem. Um Governo em gestão não pode…

Preocupação ou azia?

Sempre pensámos que o primeiro acto da jovem deputada aqui da terra pudesse ter a ver com assuntos que dizem respeito ao concelho. De algum modo esperámos que alguma questão fosse colocada sobre os problemas da terra. Depois de lermos o que tem escrito no jornal, imaginámos que o foque de atenção estivesse virado para…

À espera

E agora estamos todos à espera da decisão que Cavaco vai tomar. Cabe a ele, infelizmente, a decisão sobre o que será o futuro próximo do país. Não será presidente por muito mais tempo mas ainda está nele a decisão sobre o que irá acontecer. Seja qual for a decisão que tome, ele será sempre…

“Vicentinas”

Há dias, enquanto tomava o café, o adjunto fez referência a uma proposta do orçamento participativo de Amarante que vai gastar quinze mil euros em bicicletas para incentivar os turistas e promover a mobilidade urbana. Sendo esta uma terra que tem na sua história o recurso diário à bicicleta, é uma que poderia ser aplicada…

Sem propostas

Segunda-feira, à noite, o orçamento irá ser discutido. Se da parte dos movimentos não se espera que haja desentendimentos entre o que será a posição do vereador e a dos deputados, o mesmo deverá acontecer com o PCP. Votem contra ou a favor, o voto deverá ser no mesmo sentido num e noutro local. A…

Como é?!

É provável que entretanto seja corrigido mas quem até agora visitou a pagina do Facebook do MpM ficou a saber que o Jorge tem um papel mais activo no movimento do que o que se poderia esperar. Chega ao ponto de o seu nome ser o que consta na identificação. Se alguém tinha dúvidas quanto…

Será só Ignorância?

Pelo que temos lido ao longo da manhã nas redes sociais, é hora do almoço e o Jerónimo deverá estar a preparar-se para almoçar uma criancinha, tendo ontem à noite morto um velho com uma injecção atrás da orelha! Esta é a visão que fica depois de se lerem alguns comentários. A culpa não é…

Mais divergências!

Ontem soube-se da divergência que existe entre o que é a posição da concelhia do PSD relativamente ao orçamento, que terá decidido votar contra mesmo que ainda não se tenha acesso à proposta definitiva, e o que é a posição do vereador. Pelo que agora temos conhecimento, a divergência de opiniões vem desde há mais…

Divergências

Não! O Santos e o Pedro não andaram à pancada mas pouco faltará! Já há alguns dias que se ouve falar que existe desentendimento entre o que é a opinião do vereador e o que pensa o presidente do partido a propósito do orçamento que dentro de dias deverá ser discutido. Se há uns dias…

A moção do PEV

Nas eleições legislativas, realizadas no passado dia 4 de outubro, foram escolhidos 230 deputadas e deputados para a Assembleia da República. Do resultado eleitoral, decorreu uma nova correlação de forças no parlamento português, traduzida, de forma muito clara, na rejeição das políticas praticadas na legislatura anterior. Com efeito, no decurso da campanha eleitoral, PSD e…

A moção do PCP

O XX Governo Constitucional não tem legitimidade política nem constitucional. A coligação PSD/CDS perdeu as eleições de 4 de outubro. De facto a votação obtida traduziu-se na perda de mais de 700 mil votos (tendo a coligação no seu conjunto ficado abaixo da votação que o PSD sozinho havia obtido em 2011), na redução de…

A moção do BE

Considerando que o resultado das últimas eleições legislativas demonstrou uma enorme vontade de mudança e abriu a possibilidade da sua concretização, criando uma legítima esperança num novo ciclo político. Considerando a derrota da coligação de direita, que perdeu mais de 700 mil votos e a maioria absoluta na Assembleia da República, tendo passado de 132…

A moção do PS

Exposição de motivos I. Entre 2011 e 2015, o governo da XII legislatura usou o programa de ajustamento negociado com a troika como pretexto para implementar uma agenda radical e experimentalista, que foi muito além do que o programa previa, não por necessidade, mas por uma consciente e deliberada opção ideológica. O corte nos rendimentos…

Bem feito!

Hoje Passos deverá cair. Bem feito! Ontem assistimos a um programa na televisão e ouvimos algo que não tínhamos dado grande atenção à data. Fomos hoje ler alguma coisa sobre isso. Além de outras coisas, o Governo injectou 1.100 milhões de euros num dos bancos que, pelo que se sabe, está falido. A justificação foi…

Procura-se

Nesta altura, o orçamento já devia ter sido apresentado, discutido e votado na câmara. Tal como nos anos anteriores, isso não aconteceu. Tem, no entanto, havido reuniões entre o executivo permanente e os vereadores da oposição. Com isso poderão conseguir obter-se um texto que, quando for a votação, possa passar sem grandes dificuldades. As propostas…

A nova coligação

  Ontem parece ter ficado decidido que amanhã o Governo irá cair. Uma coligação, ainda que apenas no parlamento, entre PS e PCP é algo que nunca pensámos que fosse possível. Ainda é cedo para se poder saber se irá funcionar ou não mas esta aproximação irá ficar para a história. Parece que estamos a…

Fumo branco

Para os que duvidavam que o acordo seria alcançado, nos quais nos incluímos, eis que ele surge. Agora há apenas que esperar pelo dia 10 para que o Governo caia. A questão agora está em saber o que Cavaco irá fazer. 00 Seguir ( 0 Seguidores ) X Seguir E-mail : * Seguir Deixar de…

Remar em hora de trabalho

Ontem o adjunto foi assunto em todos os jornais. Não vamos voltar a falar do conteúdo do que escreve até porque isso é já algo muito falado. Estamos, quanto a isso, à espera que possam surgir posições públicas dos vereadores com os desmentidos. Não deixámos de ir ler tudo que o que tem sido escrito…

Como seria?

Temos curiosidade em saber o que irá acontecer dia 10. Vai cair o Governo ou não irá passar a moção / moções de censura que têm sido anunciadas? O BE diz que já terminou as negociações, embora o PCP nada diga e o PS esteja com os problemas internos. Aconteça o que acontecer uma coisa…

Duas dúvidas

Na semana passada a Maria que quer ir para Belém veio fazer uma acção de campanha aqui à terra. Como é normal, foi recebida pelo Vicente ou não fossem ambos do mesmo partido. A visita deixou-nos duas dúvidas. A Cidália, que está a meio tempo na câmara, esteve presente enquanto vereadora ou enquanto presidente da…

Debaixo do mesmo tecto

Ainda a propósito do que se passou na passada semana sobre o que o Nelson escreveu, hoje pode ler-se num jornal uma afirmação do Aurélio que diz que lamenta que o adjunto esteja no mesmo espaço que eles (vereadores). Sabe-se que poderá haver a intenção do Vicente em distribuir pelouros noutros vereadores, entre os quais…