Tudo igual

Há dias o Caetano afirmou que o assunto dos camiões que diariamente passam em Picassinos iria ser resolvido. Até começámos a imaginar o que iria ser os camiões estacionados no local que o vereador disse que iriam ficar em fila de espera. Hoje tivemos que passar por aquela estrada e está tudo igual. Os camiões…

Dia da Criança

O Google hoje lembra todos os que ali vão que é o Dia da Criança. Nós recordamos que a única vez que o Dia da Criança foi esquecido aqui no concelho, desde há muitos anos, foi no ano em que a Cidália tinha responsabilidade pelo pelouro. Naquele ano, em 2012, a Cidália “informou que tendo por…

Sem soluções

Há muitos e muitos meses que o assunto é falado: o acesso às conservatórias. Muitas e muitas promessas de solução têm sido avançadas, mas de concreto não se tem visto nada. Ontem, finalmente, ficou clarificado e ficou às claras o que os políticos têm andado a tentar-no impingir. Não há verba descongelada para as obras.…

Opinião que conta

“Que avaliação faz do actual executivo socialista na Câmara da Marinha Grande? Tenho uma visão de Autarquia que é diferente dos processos autárquicos que se têm vindo a desenvolver na Marinha Grande. Desde os mandatos de Álvaro Órfão nunca mais existiu uma Autarquia com sentido de governo local. É uma Autarquia que vai gerindo os problemas que vão acontecendo sem sentir que governa o…

Sem actualização

Sempre que há eleições, espera-se que os órgãos autárquicos actualizem as informações que são disponibilizadas aos fregueses. Uma das informações que deveria ser actualizada de imediato é a que diz respeito aos elementos que fazem parte dos diversos órgãos. Só assim os fregueses poderão saber a quem pedir contas. Fomos dar uma vista de olhos…

A contabilista

Na reunião de segunda voltaram a falar no assunto da Lara, pelo facto de a Cidália lhe ter tirado a palavra. A vereadora leu uma declaração que soou não ser um texto da sua lavra e nele é feita uma referência a uma informação dos técnicos. Claro que não foi dado a conhecer aos munícipes…

Mamarracho

Já quase a atingir a maioridade está outra pérola na Vieira. Uma obra embargada há mais de 15 anos. Desta vez a Junta pouco ou nada tem de responsabilidade no que ali se vê há anos. Bem no centro da vila, um mamarracho vive ali há uma série de anos sem que a câmara faça…

Desleixo

A Vieira Praia é, como se sabe, terra de pescadores. Em 1907 o ‘Salsinha’ naufragou e foi feito um monumento aos que pereceram nesse naufrágio. Está li bem de fronte ao mar um monumento que, como muitas outras coisas, mostra sinais de desprezo. Há mais de três anos que ali vemos um monumento cujas letras…

Mais do mesmo

Mais uns exemplos do ‘bom trabalho’ que está a ser feito na Vieira, a poucos dias da abertura da época balnear. Mas entende-se que não será fácil a um Presidente que não está a tempo inteiro fazer aquilo que dele se espera. Resta aos fregueses irem levando o problema com muita calma. Quem sabe quando vier cá mais um Ministro ou Secretário de Estado as relvas sejam cortadas e os passeios e estradas limpos.

Guilhotina

Poucas são as vezes em que, depois de uma reunião de câmara, não ficamos surpreendidos com alguma coisa. Foram mais algumas desta vez. Uma foi o facto de a Cidália ter-se colocado na posição de vitima, que está ali a por o pescoço na guilhotina enquanto os outros se limitam a por a língua. Não…

Desprezo

A época balnear está para começar e deveria, pelo menos nesta altura, estar tudo pronto a que pudesse estar já tudo como se fosse um espelho. Não é assim. Pela Vieira há muitas ruas onde o estado de desprezo é por demais evidente. A Célia, natural daquela freguesia, deveria por os olhos naquilo que por…

Sem luz ao fundo do túnel

Quando comentamos o que se passa somos acusados de só vermos o mal e não dizermos nada sobre o que se faz de bem. Acreditem os que nos lêem que tentamos, tentamos mesmo ver coisas boas. É difícil encontrar. Hoje foi mais um exemplo do que é a incompetência dos que nos governam. Quem ler…

Questão de fé

Há quem tenha fé e, quanto a isso, nada há a dizer. Ou se tem ou não. Há quem acredite no poder divino, outros não acreditam em nada. Hoje percebeu-se que governar a câmara também é uma questão de fé! A propósito da ausência de areia em S. Pedro, a poucos dias do início da…

Oito minutos

Durante as reuniões de câmara a Cidália faz questão de chamar o regimento da câmara para limitar a possibilidade dos vereadores da oposição falarem durante o período de antes da ordem do dia. Diz o regimento que “cada membro da câmara” tem direito a “oito minutos” para falar. Significa isto que esses oito minutos são…

E se derepente…

Há uns anos havia um anúncio a um perfume que começava por “e se derepente…” é no final sabia-que era Impulse. Hoje ficamos sem saber se foi impulse ou se há alguma outra razão, mas é estranho ver-se quem esteve a negociar uma possível coligação entre PS é PCP aparecer nos noticiários no congresso do…