Igualdade, a que preço?

Quando por aí andamos, raras são as vezes que não nos cruzamos com pessoas que pertencem a etnias diferentes. Quando por elas nos cruzamos, não é fácil sentirmos-nos indiferentes. Seja pelo aspecto, pelos modos ou mesmo pelo odor, não é fácil que passem despercebidos. Pensámos que poderão ter sido alvo de tratamento diferente dos demais cidadãos e…

PEC

Enquanto escrevemos este texto, parte do nosso futuro esta a ser decidido. O Conselho de Ministros está agora a decidir o que irá ser o conteúdo do PEC IV. Muito se tem falado sobre isso. Recuos, avanços, diz-que-disse e muito mais. Uma coisa é certa, um qualquer PEC tem que ser apresentado. O de Sócrates ou o…

Eruditos

Não pudemos deixar de partilhar algo que nos parece demonstrativo de alguma prepotência. Promovido pela câmara, irá decorrer um ciclo de concertos eruditos. Isto é, musica para algumas pessoas que gostam e muitas que dizem que gostam porque fica bem, é fino. Mas adiante… No facebook, um munícipe resolveu desabafar e pedir obra em vez de lhe…

Museu do buraco

Na passada semana andou por aqui o secretário de estado das florestas. Pelos vistos, o museu da floresta vai ter aqui a sede nacional. Lembrámos-nos de ir dar uma volta pelas matas, entusiasmados que estávamos com o facto de irmos ter mais um museu. Não temos dinheiro mas pelos menos regalamos as vistas nos museus. Ao passarmos…

Desculpas à câmara

Temos que reconhecer que pudemos ter sido injustos com a câmara. Afinal eles até fazem obras! Quem, como nós, diariamente passa na rotunda do vidreiro não consegue deixar de ver o que ali está. Das muitas vezes que passámos nunca vimos nenhum operário a fazer o que quer que fosse mas isso é um detalhe…

Ano judicial

Com alguma pompa e circunstância, teve hoje lugar a cerimónia de abertura do ano judicial. Um dia depois de sabermos que Sócrates está nos últimos dias de mandato mas que ainda assim será de novo candidato, é importante termos atenção ao que foi dito. “Num tempo em que os portugueses atravessam dificuldades que frequentemente assumem contornos dramáticos, a…

O fim

Ontem assistimos ao que é o anúncio do fim do governo. Sócrates foi claro quando anunciou que se demite caso o PEC 4 não seja aprovado. De Paços já sabemos que não irá aprovar e, perante isto, o cenário de eleições antecipadas ganha de novo forma. A crise política que anda há muito a ser…

Guia turístico

O nosso deputado continua numa vida atarefada. Ele são os passeios à Nazaré. Ele são as visitas à cúpula da assembleia. Ele é agora a visita de mais colegas de partido ao hemiciclo da assembleia. É sempre com prazer que constatamos que o Sr. Deputado continua numa actividade parlamentar activa. Uma coisa é certa! Como também não sabe quais…

Em tempos de crise

Gostamos sempre quando quem nos governa faz exactamente o que nos pedem (exigem). Agora, com a visita do secretário de estado, pudemos ter mais uma vez essa garantia. O custo do combustível cada vez maior. Os encargos fiscais maiores do que nunca. O endividamento a aumentar em cada família. O aperto no cinto cada vez maior. Esta é a realidade com que…

País a parar…

Começou, mais uma vez, o protesto dos camionistas. A continuar, o país irá parar dentro de pouco tempo. É mais uma dor de cabeça que Sócrates poderá não conseguir saber gerir. Somos daqueles que concorda com os protestos, quando legítimos. Custa-nos, no entanto, aceitar o que tem vindo agora a acontecer. Nas noticias lê-se a forma como os…

Enfeites pra secretário ver

Na passada semana, a Marinha foi visitada por um secretário de estado. O das florestas e desenvolvimento rural. Andámos à procura de saber o que veio cá fazer mas nada conseguimos apurar. Presumimos que foi mais uma visita para “inglês ver”. Temos sempre dificuldade em conseguir perceber as vantagens e utilidade destas visitas. Uma coisa…

Gueto português

Faz hoje anos que as forças nazis liquidaram milhares de judeus em Cracóvia com a liquidação do gueto. Anos depois, vivemos por aqui o dia seguinte ao que podia ter sido um dia importante de liquidação de um sistema que teima em nos liquidar. Está, no entanto, tudo igual. Temos os mesmos políticos; as mesmas…

Nem eles sabem

Agora ficámos confusos! Então Sr. Deputado… não sabe contar? 200?! E o resto? E quanto a soluções… então o Sr. e os seus amigos de partido não foram eleitos para apresentar soluções? Afinal estão todos tão à nora como nós. Deveria ter dito isso antes de se candidatar e de se fazer passar por competente. Gostávamos…

E agora?

Estamos aqui a ver nas televisões o que está a acontecer no país. As pessoas juntaram-se ao apelo de mostrarem o quanto estão desagradadas com o que se passa. Mas… e agora?! Como vai ser? Será suficiente apenas usar a palavra como forma de mostrar o descontentamento ou ter-se-á que ir mais longe? Acreditamos que só…