Ignorância

O melhor é manter os munícipes na ignorância. É impressão ou a senhora vereadora está arrogante, num misto de incompetência e incapacidade de dar resposta? A senhora vereadora não deve estar habituada a transparência, ainda que isso seja algo que dê trabalho.

Obras… sem data prevista

Na reunião da semana passada ficou-se a saber que há obras que não ão avançar tão depressa. Melhor do que o que possamos escrever sobre isso, há que deixar os eleitos dizerem-no eles próprios. De notar que a adutora, que era para começar em breve, segundo disse o Caetano há umas semanas, não tem projecto sequer ainda! Um dia ficamos mesmo sem águas!

Que fez ela?

Hoje está a tentar bater-se um recorde para o Guiness. Não sabemos bem qual o retorno que isso trará para o concelho, mas é algo que está a acontecer aqui. Alguns tiveram essa ideia e colocaram-na em prática. Como não podia deixar de ser, a presidente esteve lá. Até aí nada de mal. Estar presente…

Outro desaparecimento!

Há um bocado lemos um texto do PS que ‘atacava’ o comandante dos bombeiros pelas afirmações que surgiram no jornal. Houve depois alguns comentários. Agora como ver o estado da discussão e não é que não conseguimos encontrar a publicação. Quase parece que foi apagada! Será que anda alguma o da de mudança de textos…

Vergonhoso

Apenas há eleitos porque o 25 de Abril teve lugar. Tal como nós, eleitores, a liberdade para poderem representar os eleitores apenas existe graças ao 25 de Abril. Esperava-se que os eleitos honrassem o lugar que os munícipes lhes deram estando presentes para celebrar o dia mais importante da democracia Portuguesa. Não foi o que…

36 horas

Depois de ter saído a agenda municipal onde vêm publicitadas obras que nos parece ir contra o parecer da CNE, solicitámos informação àquela entidade. Na sequência disso, a Cidália foi notificada às 16:57 para, em 36 horas, dizer de sua justiça. Agora há que aguardar.

Ao serviço da máquina

25 de Abril é o marco a partir do qual todos passaram a ser tratados de forma igual, independente das suas convicções. Não é assim em todo o lado, apesar de alguns baterem com a mão no peito arrogando-se paladinos da liberdade. Na sessão solene que teve lugar no salão da câmara, reservado apenas a…

As muletas

O executivo PS não se pode queixar de não andar a ser ajudado. No mandato anterior era o vereador eleito pelo PSD quem fazia o jeito de deixar passar muita coisa com o argumento de que não pretendia obstaculizar. Este mandato as muletas da Cidália estão com o PCP. Reclamam, mas quando se trata de…

Sem planificação

Já lá vai o tempo em que para se saber como iria estar o tempo, passe a repetição, se tinha que adivinhar. Há muito que se consegue saber o que vai acontecer na semana que vem, se vai chover ou fazer sol. Na câmara ainda devem estar agarrados ao ‘borda d’agua’ para poder fazer a…

Fraco

As comemorações do 25 de Abril são sempre assinaladas com um discurso por parte de quem preside a autarquia. Este ano a Cidália fez o que deverá ter sido o discurso mais fraco de que temos memória. Notou-se que foi um discurso apenas para preencher o espaço dedicado a isso. Sem entusiasmo e sem nada…

Fazer óó

Ali na zona industrial da Vieira quem manda esqueceu-se que os candeeiros iluminam melhor quando estão em pé. Ali está um cá defeito há semanas a fazer óó e quem manda nada fez para reparar. Até podiam fazer como na sede do concelho em que trocam candeeiros verdes por novos em cinzento! +10 Seguir (…

O risco

Nos últimos anos, quando se trata de algumas comemorações do 25 de Abril, a Alexandra tem sido uma das pessoas que tem ido cantar num dos eventos que tem tido lugar. Este ano é, mais uma vez, ‘cabeça de cartaz’ juntamente com outro membro da lista. Até aqui, nada de novo. Apesar de não ser…

Não há!

Há umas semanas a Cidália disse que tinham pensado, o ano passado, não fazer o orçamento participativo, mas lá decidiram fazer à última da hora. Este ano não disseram nada e nada está anunciado. Presume-se que decidiram não fazer nada, sem dar cavaco a ninguém. Mas entende-se que não o façam. Seria mais uma forma…

De novo!

Uma vez mais a câmara decide divulgar, com carácter institucional no seu site, um atleta em desprimor de tantos outros. Há filhos e enteados! O mais curioso é que no agradecimento o atleta disse dava “uma palavra de agradecimento a todas as empresas que têm estado connosco”, sem que tenha feito qualquer referência ao patrocínio…

É hoje

Todos os anos há dinheiro que vem do ano anterior que tem que ser incluído na verba que o executivo camarário tem para gastar. É como se fosse o momento em que se vai aproveitar o dinheiro que deveria ter sido utilizado no ano anterior, mas que, por incapacidade do executivo camarário executar as obras…

Passado tão presente!

Em 9 de Fevereiro de 2015 escrevemos um texto que continua actual. Republicamo-loporque não há dúvida que os executivos PS estão a mostrar como não se faz! “Quando, na reunião de câmara da semana passada, ouvimos falar sobre a questão de não existirem placas que indiquem que se entrou na terra, achámos que era um…

Outra beldade

Hoje, quando passávamos pelo centro não consigo seguimos deixar de voltar a tirar foto a uma das ‘beldades’ que embeleza o centro. Não temos já esperança de mais alguma vez circular naquela estrada ou mesmo passar nela a pé, mas ficam as lembranças de quando aquela era uma estrada normal. Curiosamente a presidente, em relação…

O PS esclarece

“Esclarecimento Face às notícias veiculadas em público importa esclarecer que: O Partido Socialista da Marinha Grande não emitiu qualquer parecer/opinião ou formalizou qualquer discussão sobre a questão «Mercado Municipal»; A opinião PESSOAL do Presidente da Concelhia sobre o futuro do Património FEIS não consubstancia per si uma posição oficial dos Órgãos do Partido sobre que…

A evidência

Desde há muito que se diz que a Vieira tem condições que não existem na sede do concelho; que tem mercado e piscina; que o PS gere aquela freguesia como se fosse uma coutada sua ou mesmo que o caciquismo lá ainda impera. Pela primeira vez (que nos recordemos) isso é assumido publicamente. Hoje o…

Mais uma!

Depois de sabermos que o Caetano quer usar a Feis para ali colocar serviços camarários, é a vez de surgir o Aurélio com a ideia de dar um uso àquele espaço. Longe da ideia que pareceu defender durante a campanha, junta-se àqueles que acham que devemos ter mais um museu. Depois de afirmar que devemos…

Pagar com cravos

Há coisas que nunca conseguimos perceber. Raras são as vezes em que se vê serem anunciados eventos em que os promotores assumam que se paga com dinheiro. Lembramos do tempo de escola em que se fazia isso por brincadeira e porque havia também a ideia de que não se podia cobrar por causa das finanças.…

E o tempo passa!

Conservatórias, o assunto que tem causado algum incómodo. Depois de uma ‘manifestação’ onde funcionários e utentes se mostrarm revoltados contra o estado em que estão as instalações, ‘manifestação’ onde não encontrámos ninguém da câmara, nem mesmo o ‘boby’, a Cidália fez questão de ler um texto, que lhe foi preparado, durante a reunião de câmara.…

Parto difícil!

Foi já há algum tempo que foi decidido, em reunião de câmara, tornar públicos todos os apoios que foram e são concedidos às associações e colectividades, seja por via dos contratos-programa, seja outro tipo de apoios. No site da câmara está já lá colocado o caminho para a página onde se podem encontrar os contratos-programa.…

Honras sem critérios

Vida e morte são algo com o que, queiramos ou não, todos temos que conviver. Há dias faleceu um conhecido artista plástico. Hoje foi um vidreiro. Amanhã alguém mais será tal como ontem. Um dia destes será um de nós. É a vida. Hoje quando se passa pelos outdoors da câmara pode ver-se que há…

Câmara viola a lei!

Há umas semanas instalou-se a polémica relativamente ao que pode ou não ser anunciado em período pré eleitoral. A CNE emitiu um comunicado segundo o qual todos os organismos do Estado e da Adminstração Pública estão proibidos de anunciar a realização de obras futuras ou passadas. A mesma comissão veio depois esclarecer que essa proibição…

Quem vencerá?

Segunda percebeu-se que há algo de errado no seio do executivo permanente. Em condições normais todos falariam a uma só voz. Não foi o que aconteceu! O Caetano surpreendeu todos com a sua ideia para dar ocupação a parte das instalações da FEIS e para a localização do mercado. Se a proposta viesse de um…

É castigo

Temos, ali mesmo no centro da cidade, num dos largos mais conhecidos, um belo exemplo do que é a recolha de lixo. Poderão alguns dizer que é normal que assim seja uma vez que é assim em vários locais, mas não podemos aceitar que o seja. Um concelho que se diz virado para o futuro…

Será desta?

Miguel Araújo, João Só, Virgem Suta e Fernando Tordo estão contratados para vir actuar aqui na terra. Será que é desta que vão fazer os espectáculos fora do exíguo espaço da Casa da Cultura ou já estão a tratar de reservar os bilhetes para alguns?

Que destino dar?

É evidente que há mais do que uma ideia para o que fazer com as instalações da antiga FEIS agora que é da câmara. Não se sabe ainda quais as ideias exactas que cada um dos eleitos tem, sabendo-se apenas que foi afirmado que o que quer que ali fosse feito iria ser submetido a…

Puxar o tapete

A semana passada fez manchete o facto de o Nelson, presidente da concelhia do PS, achar que o mercado ficaria bem nas antigas instalações da FEIS. Apesar de ter sido tentado dar a ideia de que é opinião da concelhia, sabe-se há muito que é uma opinião pessoal do presidente. Foram já alguns os textos…

Esteja atento

Há momentos que ficam na memória. Hoje, na reunião de câmara, depois de, em vários momentos, ter perdido a calma de de estar por muito tempo a falar ao mesmo tempo que os demais vereadores falavam entre si, incapaz de disciplinar a reunião, a Cidália puxou de um dos velhos trunfos que tem. Quando nem…

Propostas

A reunião de câmara que está a decorrer está a ser repleta de propostas. O Caetano avançou com duas propostas, como se não fosse ele o titular do pelouro. Defende que a FEIS seja já usada para ali serem colocados serviços da câmara e que o mercado seja construído nos estaleiros. Sendo o titular do…

E por falar nisso…

Por falar em estradas cortas, já há mais de um ano que está cortada uma das estradas no centro tradicional, sem que haja perspetiva de que possa ser aberta rapidamente. Será que é pedir muito saber-se quando é que vão resolver o problema?

Para quando?

Diz-se que uma imagem vale por mil palavras. Temos vindo a ser iludidos com a ideia de que um dia o problema das conservatórias aqui na terra irá ter solução. Se tivessemos uma autarquia forte com o poder central há muito que a população teria sido convocada para demonstrar o seu descontentamento com o que…