Lido por aí CXXI

“No recente debate entre os candidatos à Junta, nos bombeiros, com boa intenção é certo, e até sem maldade, o único que respondeu com verdade, foi criticado. Senão vejamos: Apesar de todos estarem disponíveis a tempo inteiro, as freguesias têm, recentemente, regime remuneratório, a Vieira, pela sua dimensão, só tem direito a meio-tempo, cerca de…

STOP

Algures na Vieira há uma nova forma de regular o transito. Sabe-se que um sinal de STOP obriga a que quem o vê pare. É por isso que um sinal de STOP tem que estar colocado no exacto local onde o condutor deve parar. Quem coloca os sinais achou que quem circula naquela via deve…

Ele há coincidências!!!

Há muitos que dizem que a Cidália, caso ganhe, irá ser uma marioneta nas mãos dos que verdadeiramente mandam no partido. Hoje, no Pilado, a verdade parece ter-se revelado, ainda que contra a vontade de quem conduz a campanha. Por razões que se desconhecem, um dos cartazes de campanha da Cidália rasgou-se e, eis senão…

Meio tempo

Há pouco lemos um texto indignado de defesa da vereadora Cidália porque ontem, no debate, terá sido feita referência ao facto de ela estar a meio tempo. No texto pode ler-se que a vereadora recebe a meio tempo, mas exerce funções como se estivesse a tempo inteiro! Já sabíamos que ela estava a tempo inteiro,…

Ultimo debate

O último debate terminou e, tirando a péssima prestação do candidato da AD, os demais candidatos foram iguais ao que já deles era esperado. Dos que podem disputar o poder, não é fácil dizer-se que tenha havido quem se tenha destacado. As ideias foram as que são já conhecidas. O Paulo não esteve mal, mas…

Nódoa

O último debate terminou e há quem se tenha destacado, pela negativa. O candidato da AD foi o que se esperava. Percebeu-se porque não apareceu nos restantes debates. Foi uma nódoa. Não é fácil classificar o que foi o seu desempenho de outro modo. Destacou-se, não há dúvida! Não esperámos que fosse tão mau. 00…

Assim não!

Hoje tivemos conhecimento que um dos candidatos à câmara por um dos partidos foi alvo de ameaças de morte. Ao telefone pôde ouvir “eu mato-te, eu mato-te“. Pelo que sabemos já foi dado conhecimento às autoridades do sucedido e espera-se que o autor das ameaças possa vir a ser identificado. Não sabemos que motivações estão…

O ausente

O debate de ontem com os candidatos da Vieira trouxe uma novidade. Aquele que nos parece ser o candidato melhor posicionado para vencer as eleições afirmou que, se ganhar, não irá estar em exercício exclusivo de funções na Junta. Não se trata de uma Junta que dê pouco trabalho ou que onde se possam exercer…

Bater no fundo

Não fazemos ideia como será a parte mais funda do planeta, mas imaginamos que não seja agradável. Há, no entanto, várias formas de bater no fundo. Hoje ficaram-se a conhecer quem são os elementos que o + Concelho quer colocar no “conselho consultivo”. A ideia pode até ser boa não fosse o facto de muitos…

Quando o telefone toca

Decidimos fazer uma consulta por telefone para ver o que obtínhamos como resultados. Desde cedo que estamos ao telefone. Escolhemos 500 números de telefone fixo, escolhidos aleatoriamente. 370 da freguesia da Marinha (procurámos que todos os lugares tivessem o mesmo número de chamadas), 130 da Vieira e 50 da Moita. Colocámos as seguintes questões: Está…

Dois erros

A campanha está aí e vale quase tudo, mas não tudo! Hoje é noticiado uma afirmação do Aurélio que diz ter tido “mais de 700 pessoas” no jantar de campanha. Não sabemos se foi má interpretação do jornalista ou exagero do candidato, mas é um facto que não estiveram 700 pessoas, como aliás a nota…

‘Dux’ da CDU

Agora que começou oficialmente a campanha, as diferentes candidaturas começam a divulgar os candidatos. Qual a surpresa quando vemos que um dos candidatos é, aos 37 anos, estudante. Nada há contra quem estuda a vida toda, mas é estranho que alguém que pode decidir o futuro do concelho tenha como ‘profissão’ aos 37 anos a…

Assunto esquecido

Já são conhecidas as ideias centrais de quase todos os que se candidatam à Câmara e Junta. Demos já uma leitura aos seus programas eleitorais e há uma semelhança em todos: há um assunto esquecido. Ninguém fala na questão dos elementos de etnia cigana que habitam no concelho. Sem hipocrisias, ninguém quer ter como vizinhos…

Seca

No debate da semana passada entre os candidatos à Assembleia Municipal o Wilson afirmou que as reuniões da assembleia são uma “seca”. Voltou a fazê-lo na reunião de segunda-feira. Quem o ouve falar poderá até pensar que estamos no meio do deserto! Em certa medida por vezes sente-se que há um deserto de ideias e…

Arranque fraco

Na segunda também a líder o BE esteve aqui no concelho para dar o tiro de partida nestas eleições. Não se pode dizer que tenha sido muita a audiência e muitos os presentes! Se de algum modo ficámos há dias com a ideia de que poderia sair dali uma surpresa, a quantidade de apoiantes que…

Afinal, que se passa?

Não foi numa sala esgotada que ontem o Jerónimo deu início à campanha da CDU. Foi um arranque de campanha que não encheu o coração de quem ali esteve. Outrora as alas da sala estariam cheias, mas desta vez até lugares vazios havia. Numa sala com capacidade limitada aos 250 lugares, nem esses foram preenchidos!…

Programas eleitorais

Solicitámos às diversas candidaturas (ou seus representantes) que nos fossem facultados os programas eleitorais. Alguns programas já o foram, outros obtivemos o que conseguimos. À medida que foram facultados ou obtidos, serão adicionados. Podem ser lidos neste link. A ordem dos programas tem apenas a ver com o momento em que foram por nós obtidos.…

Esquecimento

Está já anunciado que dia 27, 4 dias antes das eleições, vão ser feitos dois espectáculos gratuitos, um nos jardins e outro na Casa da Cultura. Pelo que foi possível apurar, esses espectáculos são subsidiados e fazem parte de um pacote que foi aprovado e que obriga a que um número determinado de concertos seja…

Liberdade ou nem por isso

Há pouco fomos alertados para o que, nos dias de hoje, é impensável acontecer. A candidatura do BE está a ser vitima de apagões em alguns grupos do Facebook. Naturalmente que os administradores dos grupos são livres de fazerem o que querem com eles, mas é sintomático de uma ausência de democracia e de liberdade…

Reunião para embalar

Ontem teve lugar a última reunião da Assembleia Municipal neste mandato. Pode-se dizer que foi uma para adormecer. O Zé Luís fez um pouco de campanha; o Pedrosa defendeu a Cidália aproveitando para atacar a Alexandra, justificando desse modo a inércia que existiu na cultura durante estes quatro anos; o Wilson parece insistir em querer…

Imbróglio

Estamos a menos de 11 dias das eleições e a umas duas semanas da tomada de posse do novo executivo que sair das eleições. Há, no entanto um imbróglio que não sabemos como irá ser resolvido. Como se sabe, as reuniões de câmara têm lugar de 15 em 15 dias e as actas são posteriormente…

Por usar

Há muitas semanas que quem passa pelo ‘barraco da música’ vê a obra concluída. Poderia dizer-se que falta isto ou aquilo, mas aparentemente tudo está feito. Ainda assim, não lhe é dado uso. Não é estranho que uma obra da câmara não seja concluída dentro do prazo porque não temos lembrança de que alguma o…

Não há almoços grátis

A imagem de capa do Facebook da câmara foi actualizada há pouco com o que parece ser a programação para o dia 27. Não está nada na agenda cultural do mês pelo que ou se trata de engano ou de um espectáculo surpresa! Mas a surpresa vem quando se vê esta alteração de capa duas…

O plágio

Quando há umas semanas se teve conhecimento de qual ia ser o slogan da campanha da Cidália houve algo que nos soou a familiar. Quando ouvimos os slogans de campanha esperamos sempre por algo inovador, algo que tenha a ver com a terra ou que seja próprio dos candidatos. Há pouco percebemos porque motivo o…

O perigo à porta

Ontem aconteceu o que há muito era previsível. Uma árvore caiu em cima de um carro que passava no Canto do Ribeiro. Dirão alguns que foi apenas azar, mas é mais do que isso. A entidade responsável por cuidar das matas não o faz. A câmara preocupa-se em colocar asfalto nos locais onde o rali…

Os candidatos à Assembleia

O debate entre alguns dos candidatos para a Assembleia Municipal pode dizer-se que foi o primeiro debate a sério, onde os candidatos se confrontaram. Quase pareceu que estávamos a ouvir discutir-se política. A não comparência da candidata da AD, apesar do comunicado enviado, mais esta ausência mostra o desinteresse pelo concelho. Dos presentes há alguns aspectos…

Ingovernabilidade

Se por um lado a Cidália pede que lhe seja dada maioria, sabe-se que esse é um cenário altamente improvável. Estivemos a fazer várias simulações tendo em conta o método de hondt e uma maioria, seja para quem for, exige que esse partido ou movimento consiga obter os mesmo votos que em 2009 o PS…

Situações caricatas

Há imagens da campanha que são estranhas. Naturalmente que os candidatos se devem dar todos bem, devem ser amigos e deixar as lutas partidárias de lado quando se trata das suas vidas particulares, mas há situações que nos deixam intrigados. No fim-de-semana houve duas imagens que levam qualquer um a pensar o que é que…

As escolhas estranhas

Nas muitas dezenas de nomes que compõem as listas dos diversos concorrentes aos diversos órgãos pelas diversas candidaturas, há aqueles que surgem sem que se perceba o motivo. Há mudanças de camisola desde há quatro anos para o dia de hoje, há quem marque jantares para que pessoas que não se falavam voltem a falar…

Por adivinhação

Nem sempre temos necessidade de usar a TUMG, mas, de quando em vez, lá tem que ser. Como frequentadores esporádicos dos serviços daquela empresa, não conhecemos as linhas, por onde passam e quais as paragens que nos podem interessar. Fizemos o que é normal fazer-se: fomos ao site da TUMG. Mais valia não termos ido!…

Quem vê caras…

Há uma ideia mais ou menos generalizada que a candidata do PS é um doce de pessoa, tão doce que até adoptaram como slogan o coração. Mas o povo diz que quem vê caras não vê corações e parece ser o caso! Aqueles que estão mais ligados ao desporto e acompanham o que aqui acontece…

Recusa de instalações

Dia 19 o Jerónimo vem cá dar um apoio à candidatura da CDU. Como se sabe, todos os locais públicos são susceptíveis de serem usados nas campanhas eleitorais. Já antes a Cidália tinha feito queixa à CNE pelo facto de a Alexandra ter distribuído propaganda na câmara. Teve como resposta que todos os locais são…

Debate sem surpresas

Sem surpresas, o debate que hoje teve lugar com alguns dos candidatos à Junta da Marinha alicerçou a posição da Isabel. Todos os candidatos foram unânimes em atribuir culpas ao Vicente e à Cidália por aquilo que a Junta não fez, pelas verbas que não foram entregues e pelas obras que a Junta não conseguiu…